Roteiro pela Europa: Londres, Paris e Amsterdã

Vista dos canais de Amsterdã

Qual o melhor roteiro pela Europa? Que cidades conhecer, quanto tempo ficar? Essa dúvida é recorrente e nós montamos um roteiro completo de 12 dias pelas três cidades mais lindas do velho continente, Londres, Paris e Amsterdã. Fique de olho em todas as dicas e leia também os posts relacionados que estão no fim do texto.

Roteiro Europa: dia 1 em Londres

Caminhar à beira do Tâmisa é o primeiro a se fazer em Londres. É perto do rio que ficam algumas das construções mais importantes e icônicas da cidade. Desça na estação de Tower Hill, bem em frente da Torre de Londres e da Tower Bridge (veja nesse post várias dicas sobre o que fazer em Londres no verão).

Atravesse e vá caminhando pela margem, em direção a Millennium Bridge, um dos cenários de Harry Potter, e o Shakespeare’s Globe.

Do outro lado da ponte fica também a Catedral de St. Paul, uma das principais construções religiosas de Londres.

A caminhada continua até chegar na London Eye, Big Ben e Parlamento e a Abadia de Westminster. É na Abadia que acontecem, por tradição, os casamentos reais. Não deixe de conhecer, mas tenha em conta que fecha por volta das 17h, dependendo da época.

Dica:  caso você ainda tenha se achado pela cidade, fizemos um post sobre  onde se hospedar em Londres bairro a bairro.

A London Eye no fim da tarde, com uma luz deliciosa

A London Eye no fim da tarde, com uma luz deliciosa

O que fazer em Londres: Tower Bridge se levanta para barcos grandes passarem.

O que fazer em Londres: Tower Bridge se levanta para barcos grandes passarem.

Dicas de Londres: Millennium Bridge, cenário do filme Harry Potter.

Dicas de Londres: Millennium Bridge, cenário do filme Harry Potter.

Roteiro Europa: Catedral de St. Paul, em Londres.

Roteiro Europa: Catedral de St. Paul, em Londres.

Viagem Londres: Big Ben e o Parlamento de Londres.

Viagem Londres: Big Ben e o Parlamento de Londres.

Atrações em Londres: A linda Abadia de Westminster.

Atrações em Londres: A linda Abadia de Westminster.

Roteiro Londres: dia 2 com museus e bate-perna pela cidade

Os museus mais legais para conhecer em Londres são o Natural History Museum, de história natural, e o Science Museum, de tecnologia. Em uma manhã dá para visitar os dois e de divertir em família.

De tarde, desça na estação Covent Garden, para conhecer um dos bairros mais charmosos da cidade. As ruas aqui são cheias de cafeterias, restaurantes e lojas.

A ideia é seguir caminhando até Piccadilly Circus, praça cheia de letreiros e bem movimentada. No caminho fica a Leicester Square, com teatros, pubs e cinema (se quiser esse roteiro mais detalhado, veja nosso post sobre Londres a pé).

A movimentação leva até a Regent Street, onde se concentram as maiores grifes do mundo, mas também tem lojas fast fashion.

Se estiver com crianças, vá até a Hamsley’s, a maior loja de brinquedos do mundo. O dia termina na Oxford Street, para quem quer esticar as compras.

O que fazer em Londres: visitar o Museu de História Natural.

O que fazer em Londres: visitar o Museu de História Natural.

As crianças adoram o Science Museum, em Londres.

As crianças adoram o Science Museum, em Londres.

Dicas Londres: a animada Covent Garden.

Dicas Londres: a animada Covent Garden.

Roteiro Europa: charmoso mercado em Covent Garden.

Roteiro Europa: charmoso mercado em Covent Garden.

Atrações em Londres: Piccadilly Circus.

Atrações em Londres: Piccadilly Circus.

Juju e Rico na Regent Street, em Londres.

Juju e Rico na Regent Street, em Londres.

Roteiro Londres, Paris e Amsterdã: dia 3 com Harry Potter

Se você é fã da saga Harry Potter, tenha um dia para visitar os cenários dos filmes, tanto na cidade como nos estúdios da Warner Bros. O passeio é o  Studio Tour London – The Making of Harry Potter, com sets de filmagens reais. A casa dos Wesleys, do Hagrid, o Beco Diagonal, e a ponte de Hogwarts são os destaques.

Já em Londres, faça o Harry Potter Walking Tour of London, que explora as ruas que foram usadas nas filmagens. Por conta própria ainda dá para ir na Kings Cross, a famosa plataforma 9 3/4.

O que fazer em Londres: Cenários reais de Harry Potter na Warner Bros.

O que fazer em Londres: Cenários reais de Harry Potter na Warner Bros.

Diversão em família nos estúdios da Warner Bros, em Londres.

Diversão em família nos estúdios da Warner Bros, em Londres.

Dicas Londres: Plataforma 9 3/4 na Kings Cross.

Dicas Londres: Plataforma 9 3/4 na Kings Cross.

Dia 4: Palácio de Buckingham e Abbey Road

No ultimo dia de Londres, comece pela Trafalgar Square, logo em frente à National Galley e à igreja de St. Martin. Seguindo, passará  pelo Jame’s Park até avistar o Palácio de Buckingham e, se for verão ou primavera, ver a troca de guarda.

Siga em frente até chegar no Hyde Park para relaxar.

Se quiser, aproveite para conhecer o Palácio de Kensington e tomar um chá da tarde no The Orangery, dentro do palácio.

Palácio de Buckingham, residência da Rainha do Reino Unido.

Palácio de Buckingham, residência da Rainha do Reino Unido.

Dicas Londres: Relaxar no charmoso Hyde Park.

Dicas Londres: Relaxar no charmoso Hyde Park.

Viagem para Europa dicas – Dia 5: Roteiro clássico por Paris

O mais rápido e prático é de trem de Londres para Paris, num trajeto que dura cerca de 2h20 (se quiser dicas de onde ficar, veja nosso post com os melhores hoteis de Paris bairro a bairro)

Paris é uma cidade para ser conhecida a pé, então comece descendo na estação do Trocadero, onde tem uma vista privilegiada da Torre Eiffel. Siga até ela, suba se quiser, e depois anda as margens do Sena até a Ponte Alexandre III.

Atravesse a ponte para chegar no Jardins de Tuileries. O Museu do Louvre fica logo ao lado e a visitação leva boa parte do dia.

Saindo de lá, retorne em direção a Champs-Élysées, rua das grifes francesas. Se cruzar até o final, chegará no incrível Arco do Triunfo. (veja aqui nossos posts com um roteiro de 3 em Paris a pé e 40 atrações para conhecer em Paris).

O que fazer em Paris: Vista da Torre Eiffel a partir do Trocadero.

O que fazer em Paris: Vista da Torre Eiffel a partir do Trocadero.

A arquitetura histórica da Ponte Alexandre III, em Paris.

A arquitetura histórica da Ponte Alexandre III, em Paris.

Roteiro Europa: Jardins de Tuileries, em Paris.

Roteiro Europa: Jardins de Tuileries, em Paris.

Dia 6: Paris

Tire o dia para explorar os bairros mais descolados da cidade. O ponto de partida é a ele da La Cité, onde fica Catedral de Notre Dame (em tempo: há sempre belíssimos concertos na Saint Chapelle, que fica nessa mesma vizinhança. Fique atento à programação)

Atravesse a ponte em frente ao Hotel de Ville e siga reto para o Centro Pompidou,e emende no bairro Marais, com ruelas charmosas como Rue de Rosiers, lotada de lojas,  galerias de arte e ótimos restaurantes. (veja nesse post mais dicas sobre o que fazer em Paris, e nosso roteiro de doces)

Antes do final do dia, pegue o metrô e desça na estação Anvers. Lá, suba até a Igreja de Sacré Cœur e veja um pôr-do-sol espetacular.

O que fazer em Paris: Catedral de Notre Dame.

O que fazer em Paris: Catedral de Notre Dame.

Dicas de Paris: Hotel de Vill, a prefeitura da cidade.

Dicas de Paris: Hotel de Ville, a prefeitura da cidade.

Roteiro Londres, Paris e Amsterda: o bairro Marais é um dos mais charmosos e culturais de Paris.

Roteiro Londres, Paris e Amsterda: o bairro Marais é um dos mais charmosos e culturais de Paris.

Roteiro Paris: Centro Pompidou cheio!

Roteiro Paris: Centro Pompidou cheio!

Final do dia para ver o pôr-do-sol na Sacré Coeur, em Paris.

Final do dia para ver o pôr-do-sol na Sacré Coeur, em Paris.

O que conhecer na Europa: Dia 7 em Versailles

Versailles foi a concretização da luxuria francesa em uma época de crise social no país. Hoje, esse legado está aberto para o público, completamente conservado e com detalhes de como era a vida imperial.

Para conhecer, pegue em Paris o RER na estação Champ de Mars e desça na Gare de Versailles.

O que fazer em Paris: O imenso Palácio de Versailles.

O que fazer em Paris: O imenso Palácio de Versailles.

No verão, os jardins de Versailles, em Paris, ficam lindos.

No verão, os jardins de Versailles, em Paris, ficam lindos.

Dicas Paris: o interior do Palácio de Versailles.

Dicas Paris: o interior do Palácio de Versailles.

O que fazer em Paris: dia 8

Uma atração imperdível em Paris é o  Atelier dês Lumières,   uma imensa exposição de arte digital imersiva, que ocupa um antigo galpão industrial  abandonado no 11 arrondisement.

Lá, as paredes e o chão são cobertos por imagens que flutuam e transmutam sob o ritmo de uma trilha sonora feita sob medida, embrulhando o espectador dentro das obras. Sim, é loucura pura.

Os ingressos são vendidos apenas pelo site, as visitas são concorridas e com hora marcada, e para esse segundo semestre de 2019, estão em cartaz Van Gogh e Rêve de Japan. Se eu disser que ficamos com os olhos cheios de lágrima, vocês acreditam?

Outra atração fora do tradicional e que achei bem interessante é o  Rivoli 59, uma ocupação artística de um prédio inteiro na badalada Rue de Rivoli.

O imóvel passou anos abandonado, até que um grupo de pintores, escultores, gravadores e afins transformam o endereço numa meca vibrante de manifestações originais e alternativas.

Por fim, se quiser explorar uma área mais nova, o Parc La Villete é bem bacana.

É lá que ficam a Cité des Sciences et de l’Industrie, a Philharmonie de Paris (veje se há apresentações na data da sua viagem) e o playground Le Jardin des Dunes et des Vents.

Roteiro Europa com Paris e Londres: Juju e Rico no Parc de la Villette

Roteiro Europa com Paris e Londres: Juju e Rico no Parc de la Villette

Lugares diferentes em Paris: Parc de la Villette.

Lugares diferentes em Paris: Parc de la Villette.

Dicas de Paris: Philharmonie de Paris.

Dicas de Paris: Philharmonie de Paris.

Roteiro Amsterdã: dia 9

Amsterdã (veja aqui nosso roteiro completo de 7 dias em Amsterdã e Bruges) é uma cidade rica em arte e cultura, por isso, o primeiro dia é conhecendo alguns dos principais museus. Antes, tome um café da manhã reforçado no Vlaamsch Broodhuy.

Siga para o Van Gogh Museum explore as obras do pintor holandês. Depois, relaxe no Vondelpark, um dos maiores parques urbanos da cidade.

Termine o dia na Leidseplein, uma praia animada, rodeada de lanchonetes, cafeterias e cinemas, como o Amsterdam Dungeon.

O que fazer em Amsterdã: café da manhã típico na Vlaamsch Broodhuy.

O que fazer em Amsterdã: café da manhã típico na Vlaamsch Broodhuy.

Roteiro Europa: Van Gogh Museum, em Amsterdã.

Roteiro Europa: Van Gogh Museum, em Amsterdã.

Atrações em Amsterdã: Vondelpark.

Atrações em Amsterdã: Vondelpark.

Qual melhor roteiro pela Europa – Dia 10: Bicicleta por Amsterdã

O transporte mais utilizado da cidade é a bicicleta, então aproveite a magrela para conhecer outras regiões de Amsterdã. Você pode alugar a bike em qualquer loja, e o preço varia entre 14 e 17 euros por dia.

Comece pela Central Station e vá em direção dos canais de Jordaan. Dê uma parada no Winkel 43, e coma a melhor torta de maça do mundo, antes de seguir pedalando.

Volte para a área central para conhecer a Dam Square e o Red Light District. No bairro dos coffewhops, há um dos mais lindos conjuntos arquitetônicos de Amsterdã, que reúne pérolas como a a Oudekerk.

Finalize o dia explorando as  e as charmosas 9 Streets, recheadas de brechós, lojas de designers e cafés.

Roteiro pela Europa: As ruas tranquilas de Jordaan.

Roteiro pela Europa: As ruas tranquilas de Jordaan.

As 9 streets são cheias de cafés e lojas locais

As 9 streets são cheias de cafés e lojas locais

Europa dicas: as charmosas 9 Streets em Amsterdã.

Europa dicas: as charmosas 9 Streets em Amsterdã.

A Oude Kerk, no Red Light District, em Amsterdã

A Oude Kerk, no Red Light District, em Amsterdã

Roteiro Amsterdã: e a Dam Square

Roteiro Amsterdã: e a Dam Square

Dia 11: Amsterda

Uma viagem para Amsterdã não estaria completa sem um passeio de barco para conhecer os canais. Mas, pra sair do comum, recomendo que você mesmo alugue seu barco e saia por aí.  É bem mais interessante que sair nos barcos turísticos.

E qualquer pessoa pode dirigir:  não é preciso licença para navegar, e tendo internet 3g no celular  você não se perderá pelo anel de canais (nossa dica é alugarem no Canal Motorboat, e custa 120 euros por 3 horas, e atrás da Centraal Station)

Para navegar, os canais mais bonitos são Herengracht, Prinsengracht, Keizergracht & Singel. A Curva Dourada, no Herengracht, entre Leidsestraat e Vijzelstraat, também é imperdível.

Depois que largar o barco, coloque no seu GPS o The Mills, e rume para onde ele apontar. Você vai se deparar com uma área super divertida, cheia de lojas, gente e bagunça. Emende indo bater perna na Spui (coloque assim mesmo no GPS), outra rua que acho linda. Você pode jantar por aqui mesmo, na Tratoria Caprese, um italiano bom e justo.

Alugue seu próprio barco em Amsterdã

Roteiro pela Europa:  visual do passeio de barco por Amsterdã

Roteiro pela Europa: visual do passeio de barco por Amsterdã

Dicas Europa: Passeio pelas canais de Amsterdã.

Dicas Europa: Passeio pelas canais de Amsterdã.

Ruas mais lindas de Amsterda

Ruas mais lindas de Amsterda: a Spui

Roteiro pela Europa – Dia 12: Último dia em Amsterdã

Você já terá passado pelo pelo letreiro, mas o último dia é dedicado a ele e também ao museu Rijksmuseum. São muitas obras e muito o que ver. Dedica uma manhã e começo da tarde para conhece-lo por completo.

De tarde, rume para o norte, onde a cena hipster acontece. Há vários estúdios, pistas de skate e cafés diferentes para conhecer. Os imperdíveis são The Noorderlicht Café e Pllek.

Roteiro pela Europa: O letreiro de Amsterdã e o Rijksmuseum.

Roteiro pela Europa: O letreiro de Amsterdã e o Rijksmuseum.

Dicas Europa: Cenário hipster no norte de Amsterdã.

Dicas Europa: Cenário hipster no norte de Amsterdã.

Fim da viagem no The Pllek, em Amsterdã.

Fim da viagem no The Pllek, em Amsterdã.

Onde ficar em Londres, Paris e Amsterdã

Os melhores bairros de Londres para se hospedar são Soho e South Kensington.

Neles, respectivamente, gostamos do Ham Yard Hotel e do  Cheval Thorney Court at Hyde Park.

Leia também, Onde se hospedar em Londres: guia dos melhores hoteis e regiões.

Onde ficar em Londres: Ham Yard Hotel.

Onde ficar em Londres: Ham Yard Hotel.

Em Paris, gostamos do Hotel Les Tournelles e Hotel Saint-Louis- Marais, em Marais, e do Select Hotel, no Quartier Latin.

Para outros hotéis em Paris, leia também o post Melhores lugares para se hospedar em Paris.

Onde ficar em Paris: Hotel Les Tournelles.

Onde ficar em Paris: Hotel Les Tournelles.

Já em Amsterdã, nosso hotel favorito é o Pulitzer Amsterdam, perto das charmosas 9 Streets.

Para saber outro lugares para ficar, leia o nosso post Onde ficar em Amsterda: Os melhores bairros e hotéis,

Onde ficar em Amsterdã: Pulitzer Amsterdam.

Onde ficar em Amsterdã: Pulitzer Amsterdam.

Leias mais sobre a Europa:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.