Paris no inverno o que fazer

Quem gosta de viajar para cidades frias nas férias de dezembro e janeiro, deve ir para Paris. O destino é lindo em qualquer momento do ano, mas no natal e em janeiro ele ganha aquela ar europeu clássico, e você pode variar entre passeios em áreas fechadas, como museus, ou ao ar livre . Fizemos esse guia completo de Paris no inverno para que a sua viagem seja inesquecível (leia mais sobre Paris nesses posts: guia completo de Paris para adultos e crianças e 40 lugares legais e diferentes em Paris)

 

Clima de Paris em janeiro:

Prepare-se para pegar frio, mas essa é a ideia de ir para Paris no inverno, certo?. As temperaturas na cidade variam entre 0º e 7º C no primeiro mês do ano. A boa notícia é chove pouco nesse período.

E se você está pensando em pegar neve em Paris, não se anime muito. A cidade fica linda no inverno, com a paisagem acinzentada e as arvores secas, mas a chance de pegar neve não é das maiores. Se acontecer, aproveite!

paris em janeiro

As árvores e folhas secam dão uma tonalidade a cidade de Paris no inverno

Onde se hospedar em Paris:

Opções de hotéis não faltam em Paris, mas a região do Le Marais, Quartier Latin e arredores são nossas preferidas. As ruas ficam incrivelmente lindas com o clima de inverno e neles ficam alguns dos lugares mais charmosos para tomar um café ou chocolate quentinho e aproveitar a viagem.

No Marais, 0 Pavillion de la Reine é um hotel boutique de luxo localizado na Place de Voges (diárias a partir de 320 euros). É lindo, claro, tem jardim com obras de arte espalhadas, quartos super amplos e bicicletas para os hóspedes. Já ficamos nele, e achamos ótimo.

Também no Marais, e bem perto do Beaubourg, fica o Les Bains, que tem uma longa história antes de virar hotel. Antes de ser o que e hoje, ele foi uma termas1 em 1886, e nos anos 70 foi sala de concerto de rock (com presença de nomes como Bono Vox, Bowie e Jagger. O que explica muitos quartos decorados com  discos de vinil e fotos de personalidades do rock

Já no Quartier Latin, tem um hotel que eu acho lindo, o d’Aubusson. Ele fica numa casa do século XVIII que pertenceu à escritora Simone de Beauvoir, bem pertinho do Boulevard Saint Germain e da Notre Dame, numa área rodeada de cafés e restaurantes. O ambiente tem vigas expostas, tapeçarias e muitos objetos de desin.

Pros lados da Notre Dame, tem também Hotel Le Notre Dame Saint Michel, com uma vista espetacular. Todos os quartos foram reformados recentemente e receberam uma decoração contemporânea, com quadros antigos e elementos geométricos, incluindo também ar-condicionado, cofre e amenidades gratuitas. As acomodações superiores tem vista exclusiva para a Catedral de Notre Dame (veja nesse post mais opções de hoteis em Paris).

Hotel em Paris: Esse foi nosso quarto no Pavillon de La Reine. Janelões com vista e dois ambientes

Onde ficar em Paris: o quarto do Les Bains.

Onde ficar em Paris: o quarto do Les Bains.

Hoteis no Marais

Hoteis no Marais: o d’Aubusson, numa casa que pertenceu a Simone de Beauvoir

Atividade em Paris no inverno

Atividade em Paris no inverno: Vista do Hotel Le Notre Dame Saint Michel

paris e arredores em janeiro

Paris em janeiro: Decoração dos quartos do Hotel Le Notre Dame Saint Michel

O que fazer em Paris em Janeiro:

Paris tem uma infinidade de atrações o ano inteiro. Em janeiro, em pleno in inverno, a temperatura pode afastar um pouco as pessoas das ruas, mas isso não significa que a programação ficará menos interessantes. Por isso, separamos as atividades em duas categorias, as feitas a céu aberto e as feitas em lugares fechados.

Paris em dezembro: as feiras de Natal

Os mercados de Natal começam a pipocar no fim do novembro, e são várias feirinhas espalhadas pela cidade. Mas são dois os principais:

  • um  fica entre a Place de La Concorde e o início da Champs Elyseés
  • o outro é o Christmas Market do Champs de Mars (com vista pra torre, barraquinhas de madeira e pista de patinação). Se estiver muito frio, aproveite um vinho ou chocolate quente.
feiras de natal em Paris

Feiras de natal em Paris

Patinação no gelo em Paris: dezembro, janeiro e fevereiro

Olha que mágico patinar no gelo em Paris! As pistas mais icônicas são a no alto da Torre Eiffel (Funciona até 19/02. Custa 25 euros incluindo entrada e elevador), a do Grand Palais des Glaces (de 15/12 a 02/01, fica do lado do Louvre, e custa entre 12 e 27 euros). Além da do Christmas Market, que falei acima.

Patinação no gelo em Paris: a pista da Torre Eiffel

Patinação no gelo em Paris: a pista da Torre Eiffel

Paris no Inverno: a pista de patinação no gelo do Grand Palais de Glace

Paris no Inverno: a pista de patinação no gelo do Grand Palais des Glaces, que de noite ganha DJ e iluminação

Passeio de barco no inverno pelo rio Sena

Esse passeio é uma delícia de fazer, até porque há barcos fechados A dica é ir pela manhã, apreciando a arquitetura de Paris e a vista de alguns dos monumentos mais importantes da cidade. Se você preferir ver a cidade iluminada, a dica é ir no fim do dia.

Paris em janeiro

Passeio de barco por Paris no final do dia

Iluminação noturna em Paris:

Se caminhar durante o dia é uma experiência incrível, a noite é ainda mais especial no inverno. A cidade de ilumina em todos os cantos. A Champs-Élysées ganha decoração especial de natal, que fica ainda na primeira quinzena de janeiro, mas inúmeros outros bairros seguem a tradição e enfeitam a região.

Paris no Natal: a Champs-Elysees toda iluminada

Paris no Natal: a Champs-Elysees toda iluminada

Presépio na Notre Dame:

O presépio da Notre Dame é um clássico, e fica montade de dezembro até fevereiro. Ele é enorme, e ocupa toda a lata esquerda da Catedral até o altar. A área externa da Catedral também fica linda nessa época do ano, que show de luzes na fachada.

paris no inverno o que fazer

Paris no inverno o que fazer: o presepio da Catedral Notre Dame

Andar de bicicleta:

Sim, mesmo com frio, andar de bicicleta é uma delícia. Nós já fizemos e adoramos. Elas ficam em locais próprios para aluguel. Nós escolhemos a Paris Velo Sympa, que tem o modelo tandem, de dois lugares, para ser ainda mais legal. Os valores são a partir de €20 euros por dia.

passeio para fazer em janeiro em Paris

Eu e Juju se divertindo com a magrela em Paris

Lugares fechados para ir no inverno em Paris: os museus

Paris é uma capital cultural, e há muitos museus para visitar, programa que fica ainda mais interessante no inverno. Os que gosto mais são Louvre, d’Orsay e Pompidou. Sendo que ao pátio em frente ao Pompidou é sempre uma festa, seja inverno ou verão, com músicos e artistas.

  • Museu do Louvre: Ponto turístico clássico perfeito para ser visitado no inverno. Todas as instalações do museu são internas, bem longe do frio das ruas. Como a coleção histórica e artística  do Louvre é extensa, você passará algumas horas lá dentro. A entrada custa €17 por pessoa.
  • Museu d’Orsay: É um museu de arte que abriga obras dos séculos XIX e XX. O legal do prédio é que lá já foi uma estação de trem, desativada em 1973, mas a estrutura foi completamente preservada, com teto alto e feito parcialmente de vidro. A entrada para o Museu de Orsay custa €12,40 por pessoa.
  • Centro Georges Pompidou: O prédio é um verdadeiro caldeirão cultural. Nele ficam o Museu Nacional de Arte Moderna, a Biblioteca Publica, e o IRCAM, um centro musical e de pesquisas acústicas. O site oficial do Centro Georges Pompidou atualiza as exposições e eventos que aconteceram em cada mês do ano e a entrada custa €14 por pessoa.
Paris em janeiro

Paris em janeiro: O patio em frente ao Centro George Pompidou, também conhecido como Beaubourg

paris no inverno de janeiro

Um dos corredores do Museu do Louvre

Parc la Villete

Parc La Villete fica no bairro de mesmo nome e reúne um Museus de Ciências, um espaço para exposições, shows e um playground infantil para crianças de até 13 anos. Há também workshops de música e artes A estação mais próxima é a de Porte de Pantin. As entradas e eventos tem preços variados que podem ser consultados no site do parque.

visitar Paris em janeiro

Juju e Rico em um dos museus do Parc La Villete

Roteiro Paris no inverno: o labirinto sob a cidade

Apesar de famosas, as Catacumbas de Paris não são muito procuradas pelos turistas. Consistem em 1,5 km de tuneis subterrâneos que são verdadeiras catacumbas, com paredes de ossos. Se você for corajoso e quiser conhecer um pouco da história do lugar, vale a pena os 45 minutos de passeio. As entradas para as Catacumbas de Paris custam, por pessoa,  5 euros.

Paris no inverno

Um dos trechos das Catacumbas de Paris com paredes de ossos

Janeiro em Paris: Onde comer no inverno

Fondue combina com frio, ainda mais em Paris. O Le Refuge des Fondusé um restaurante intimista que fica nas proximidades da Basílica de Sacré Cœur e serve um dos melhores fondues da cidade e vinhos em mamadeiras. Não acaba por ai. Há apenas duas grandes mesas e para chegar nas cadeiras encostadas na parede é preciso passar por cima delas.

Onde comer em Paris no inverno: refuge des fondus

Onde comer em Paris no inverno: vamos de fondue?

Dicas para aquecer Paris no inverno: doces e chocolate quente

O chocolate quente e os doces do Angelina são famosos e ótima pedida para aquecer o dia. Peça o  Africano, feito com três tipos de cacaus diferentes originados da África. Experimente. O valor é de €8,2 e serve até duas pessoas. Vale também comer os macarrons do Angelina.

Dicas de Paris: Angelina

Dicas de Paris: Angelina para doces e chocolate quente

A melhor sopa de cebola de Paris

Não tem lugar no mundo melhor para comer uma sopa de cebola que Paris, e não tem época melhor que o inverno. No quesito melhor lugar pra comer a sopa, o Au Pied de Cochon é um clássico. A sopa é feita com cebolas gratinadas, e eles usam apenas as doces e brancas, e ainda   gruyère, ervas aromáticas e vinho francês.

E vamos de lareira?

Esquentar o inverno em Paris com num restaurante cozy com lareira é um charme a mais. No Quartier Latin, numa pequena casa escondidinha numa rua sem saída, você pode viver uma experiência como essa. O Le Coupe Chou tem 4 lareiras, e um menu bem francês (entrada+prato+sobremesa) por 30 euros. E olha que bacana: o restaurante é dirigido pelo diretor do Theâtre du Palais Royal.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.