Quando custa viajar para Paris

Quanto custa viajar para Paris? É uma pergunta comum para quem tem o sonho de conhecer a cidade luz mas acha que ir para lá está bem acima do orçamento. Sim, é um destino que pode sair caro, mas também há maneiras de economizar.

Nesse post separamos todos os gastos que são necessários para chegar até lá, se hospedar, comer, se locomover e conhecer os principais pontos turísticos, tudo separada por três tipos de viagem, econômica, moderada e de luxo. Com certeza uma delas caberá no seu orçamento.

Qual a moeda utilizada em Paris?

Quando se pensa em Europa a primeira coisa que pensamos é no euro. Sim, essa é a moeda oficial da França, utilizada em todo o território e também em Paris. Por ser muito utilizada, é fácil encontra-la em praticamente todas as casas de cambio, aeroportos e também bancos.

A dica para conseguir uma boa conversão, já que o euro é mais valorizado que o real, é pesquisar as taxas cobradas nas casas de cambio e bancos. A única opção que não vale fazer a troca são nos aeroportos, que cobram mais taxas.

Moeda oficial da França

Moeda oficial da França: O euro

Vale a pena levar dinheiro ou usar o cartão internacional?

Para evitar perrengue, tenha as duas formas em måos: dinheiro e cartão. Mas use cartão o mínimo possível, já que sobre ele incide a cobrança de 6,38% de IOF e a cotação utilizada é a que estiver valendo no dia do fechamento da fatura (que pode subir em relação à data da sua viagem)

Eu costumo usar sempre dinheiro, e deixo o cartão para emergências.

Quanto dinheiro levar para Paris

Quanto dinheiro levar para Paris: dá para fazer saques com o cartão de crédito internacional.

Quanto custa uma passagem aérea para Paris?

Os preços das passagens para Paris costumam variar bastante, já que a capital francesa é um destino disputado. Em épocas de alta temporada, como Ano Novo (final de dezembro), primavera e verão (maio, junho, julho e agosto) os valores aumentam e os voos custam entre R$2.900 e R$4.000 reias.

Entretanto, nos demais meses é possível encontrar boas promoções. Em março, abril, setembro e outubro são quando os valores diminuem mais, chegando até mesmo a R$2000.

Além do mês da viagem, os valores variam também de acordo com o tipo de voo. Viagens diretas, sem conexão, costumam ser mais caras do que as que fazem parada em outros países antes de seguir para Paris. Empresas como British Airlines, TAP, KLM, Alitalia e Iberia fazem promoções que incluem paradas nos respectivos países de origem.

Como encontrar passagens mais baratas para Paris:

Pesquisar preço é sempre fundamental para pagar menos, independente da época do ano. Então, indicamos os buscadores Skyscanner e o Google Flights. Eles selecionam todas as tarifas para as datas desejadas, sinalizando preços baixos de voos com ou sem paradas.

Quanto custa viajar para Paris: o melhores preços de passagens aéreas são de marco, abril, setembro e outubro.

Quanto custa viajar para Paris: o melhores preços de passagens aéreas são de marco, abril, setembro e outubro.

Quanto custa se hospedar em Paris?

Paris é uma cidade muito visitada e por isso os hotéis e pousadas não costumam ser dos mais baratos. Isso não significa que não seja possível encontrar bons hotéis com bons preços.

Quanto mais próximo dos principais monumentos de Paris (arrondisements 1, 2, 3, 4, e 5)  mais caro será o valor da hospedagem. Para economizar, opte por lugares menos turísticos e que tenham estações de metrô perto. Os preços serão menores e o transporte vai facilitar o deslocamentos para todos os pontos da cidade.

Fizemos uma lista com a média de preços referente a cada tipo de hospedagem, levando em consideração acomodações para casais ou famílias de até 4 pessoas:

  • Hotéis de 3 estrelas ou redes mundiais: diárias de 120€ à 300€ (R$540 à R$1.350).
  • Hotéis 5 estrelas ou boutique: diárias a partir de 350€. (a partir de R$1.575).
  • Aluguel de apartamento: na mesma faixa dos hotéis 3 estrelas, diárias de 120€ à 300€ (R$540 à R$1.350), dependendo da localização e tamanho do imóvel.

Onde se hospedar em Paris:

Separamos aqui alguns hotéis para mostrar que dá para encontrar ótimas opções dentro dos valores que listamos antes. Na categoria 3 estrelas, gostamos do Hotel Bonaparte (diárias a partir de R$800), no 6º arr. Além de ser clássico e confortável, a localização é ótima, perto de tem 3 estações de metrô e do Jardin de Luxemburgo.

Outro é o Hotel Du Quai Voltaire (diárias a partir de R$680), em frente ao rio Sena e ao Museu do Louvre. Para quem preferir redes famosas de hotéis, o ibis Styles Paris de Cambronne (diárias a partir de R$956) fica à uns 15 minutos de caminhada da Torre Eiffel e de estações de metrô.

Já para quem não abre mão de luxo e quer hotéis de altíssima qualidade, sugerimos o Hotel Lutetia (diárias a partir de R$3.400) , em um antigo prédio parisiense em Saint-Germain-des-Prés, e o Brach Paris (diárias a partir de R$2.250), no 16º arr. e que tem um terraço incrível com vista para a Torre Eiffel.

Leia também: Onde ficar em Paris melhor localizacao

Hotéis baratos em Paris

Hotéis baratos em Paris: o Bonaparte tem ótimo custo benefício.

Hotéis de luxo em Paris

Hotéis de luxo em Paris: o Lutetia é um dos mais sofisticados da cidade.

Quanto custa o transporte em Paris: metrô, ônibus, Uber e Taxi.

Antes de falar dos valores, vale a pena deixar claro que o aluguel de carro em Paris é totalmente desnecessário. A cidade tem linhas de transporte público (metrô, ônibus e trem) que são muito eficientes, baratas e fáceis de utilizar. Além disso, os valores das corridas de taxi e Uber também são bem amigos, dispensando o uso de um veículo próprio. Vamos aos valores:

  • Ônibus: 2€ (valor por trecho)
  • Metrô: €1,90 (valor por trecho). Vejo o mapa do metrô de Paris aqui.
  • Taxi: média de 8€ a 20€. Dá para fazer uma simulação do valor no site Taxi-Paris.
  • Uber: média também de 8€ a 20€. A versão “pool” (compartilhada) é um pouco mais barato, de 5€ a 10€. Basta entrar no aplicativo e fazer a simulação.

Quem quiser uma forma diferente de se locomover por Paris pode optar pelas Vélib, bicicletas alugadas com diferentes pontos de retirada e devolução. Precisa fazer o cadastro no site e escolher o plano que se encaixa melhor no roteiro. O passe de 24H custa 5€ e o passe de 7 dias custa 15€. Ou de patinete.

Como se locomover em Paris

Como se locomover em Paris: é claro que nos escolhemos as magrelas para explorar a cidade.

Quanto custam os passeios em Paris?

O bom de Paris é que tem muita coisa que pode ser visitada de graça. Parques, praças e igrejas (incluindo Notre Dame) são completamente gratuitos. E a cidade é para ser conhecida a pé, então vale aproveitar. Já os museus são pagos e nós vamos listar os valores dos principais aqui (valores por pessoa).

  • Torre Eiffel: 16,30€ para subir de elevador até o segundo andar e 25,50€ para subir de elevador até o topo. Se subir de escada, o valor até o segundo andar é de 10,20€ e até o topo com elevador na segunda parte é de 19,40€.
  • Museu do Louvre: 17€ por pessoa. Vale comprar pelo site para evitar filas.
  • Museu D’Orsay: entrada 12,40€ e audioguia por 6€.
  • Centro Pompidou12,40€ incluindo o museu e a vista de Paris.
  • Los Invalides: 11€ e 9€ nas terças a partir das 17hs.
  • Museu Rodin: 13€ incluindo a visitação ao jardim.
  • Passeio de barco no rio Sena: a partir de 15€ somente pelo passeio ou 59€ com jantar. Uma as empresas que oferecem o serviço é a Bateaux Parisiens, mas perto da torre há vários atracadouros que vendem os bilhetes na hora.

E uma dica: todo primeiro domingo de cada mês os museus tem entrada gratuita. Vale a pena verificar no site oficial para confirmar, caso a sua viagem caia em um desses dias.

Torre Eiffe

Torre Eiffe

A linda Place Vendôme

A linda Place Vendôme

Atividades pagas em Paris

Atividades pagas em Paris: Em frente ao Museu do Louvre.

O que é o Paris Pass: vale a pena?

O Paris Pass é um cartão turístico que permite a entrada em mais de 60 atrações da cidade luz e os arredores. São monumentos, museus, galerias de artes e outras tantas atrações que podem ser visitados inúmeras vezes durante os dias de validade, sem pegar longas filas. As opções são de 2, 3, 4 ou 6 dias, validos a partir do primeiro dia de uso.

Mas vale a pena comprá-lo em vez de optar pelas entradas individuais de cada atração? Vale se você tiver disposição de aproveitar o máximo dos dias escolhidos para conhecer as atrações incluídas no passe. Isso significa acelerar um pouco o roteiro e incluir mais de duas visitas por dia. O legal é que ele evita filas, economizando tempo.

Agora, se o seu estilo de viagem for mais low, talvez valha mais a pena comprar individualmente os ingressos para as atividades que deseja fazer. Deixamos aqui a tabela com os valores do Paris Pass para comparação com as tarifas que colocamos anteriormente.

Paris Pass

Paris Pass: Tabela de preços.

Quanto custa comer em Paris?

Esse tópico vai depender da sua disposição para gastar. Paris tem lugares para todos os bolsos, indo de barquinhas de rua à restaurantes com estrela Michelin. Fizemos aqui uma média de preços para se ter uma ideia de quanto custa comer em Paris.

Levamos em consideração os valores incluído um menu (entrada, principal, e sobremesa) ou um prato principal mais acompanhamento, bebida e as taxas locais. Vale lembrar que os valores podem sofrer alteração de um ano para o outro, então deixamos o link de todos os restaurantes para conferir previamente.

Restaurantes em Paris

Restaurantes em Paris: Em cada esquina um café para conhecer.

Seguro viagem para Paris: é obrigatório?

Paris é um dos países que fazem parte do Tratado de Schengen e isso significa que todos os visitante precisam ter o seguro de saúde (incluído no seguro viagem) com cobertura de pelo menos 30.000€ (ou o equivalente em dólares) para gastos médicos em geral.

Então sim, o seguro é obrigatório. Você p0de usar o seguro do seu cartão, ou contratar um.

Nesse caso, recomendo os da GTA Assist,que dentre as seguradoras, é uma das que têm o melhor serviço .

Se quiser conferir valores e comprar online, pode fazer a busca também pelo site da Seguros Promo, que funciona como um buscador super completo. Basta botar os dados da viagem e escolher aquele que mais se encaixa para você.

Leias mais sobre Paris:

Paris no inverno o que fazer

40 Lugares diferentes em Paris, bairro a bairro

O que fazer em Paris: um guia para adultos e crianças

Rota de Doces em Paris

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.