Roteiro viagem Bahia: de Salvador a Caraíva

carro-bahia

As belezas do litoral baiano são inconfundíveis. Praias paradisíacas com mar esverdeado, areias claras e rica vida marinha fazem da Bahia um dos destinos mais procurados e badalados do nordeste. Mas com um litoral tão extenso, a melhor maneira de curtir todos as principais cidade e vilarejos pegar a estrada de carro de ir parando pelo caminho. Nesse post, montamos um Roteiro de viagem pela Bahia, com a rota de carro pra você ir de Morro de São Paulo até Caraiva, parando pelas praias mais bonitas da Bahia. 

Roteiro viagem Bahia: pegando a estrada

1- Morro de São Paulo, ponto de partida da viagem

Nosso Roteiro viagem Bahia começa pelas belezas de Morro de São Paulo. A cidade fica em uma ilha a 64 km de Salvador e só a duas maneiras de chegar até lá, de avião ou catamarã. A melhor opção é deixar para fazer o aluguel do carro somente em Valença, depois de aproveitar alguns dias em Morro e seguir viagem.

Para chegar até lá, saindo de Salvador, você pode ir de:

  • Catamarã saindo de Salvador: elas saem do Terminal Marítimo em frente ao Mercado Modelo em Salvador, e levam cerca de 2h30-3h para chegar. O preço varia de acordo com as operadoras locais, mas custam a partir de R$97. As empresas que trabalham com catamarãs são: Biotur e a Farol do Morro. As lanchas rápidas são das empresas Ilha Bela e Lulalu.
  • Saindo de Valença: barcos convencionais e lanchas fazem o trajeto para Morro de São Paulo diariamente de hora em hora. Desde as 7hrs da manhã até as 18hrs da noite. O barco convencional faz o trajeto em 1h40min e a lancha rápida em 40mints. Os valores são R$7,00 e R$14,00 respectivamente por pessoa por trecho. Se for alugar carro em Salvador e deixar em Valença, tenha em mente que terá que pagar a diária do estacionamento (carros não entram em Morro), e o valor ‘de cerca de R$20/dia.

Morro tem uma praia mais linda do que a outra, e daqui você pode ir ainda para Boipeba e Moreré, dois lugares de praia mais intocadas. Então, se puder, tire pelo menos 5 dias para ficar em Morro, e estique até esse outro lado.

Em Morro mesmo, são quatro praias numeradas e cada um tem um estilo. Se você quer um lugar sossegado, bom para mergulho, vá até a terceira e a quarta praia (sim, elas são identificadas por ordem numérica). Elas são perfeitas para a prática de snorkel e, em maré baixa, foram piscinas de águas cristalinas e muita vida marinha.

A primeira praia é a mais procurada pelos surfistas. O mar é mais agitado e ela é muito frequentada por moradores locais. Já a segunda praia é o point de agito da vila. É lá que se encontram os restaurantes e pousadas mais famosas de Morro, e ao anoitecer, os luaus e festam tomam conta da orla até de manhã.

Morro é uma área urbanizada já, com muitas casas, pousadas, ruas calçadas (mas onde não entra carro), bares e restaurantes. E é bem gostosinho. Inclua na sua programação ver o por-do-sol na Fortaleza de Tapiranga, que tem um visual lindo.  Os muitos aventureiros também podem considerar fazer a tirolesa.

Já em Boipeba e Moreré, a calma impera. Para chegar aqui, tem que pegar um trator-jardineira em Morro. E pra essas bandas, procurar uma rede e relaxar é máxima.  O roteiro paradisíaco de Moreré e Boipeba inclui piscinas naturais de águas transparentes e cheias de peixes que surgem quando a maré baixa, e praias repletas de coqueiros. Dê um pulo na Praia da Cueira e na de Tassimirim, que são linda. Outro destaque por aqui é Ponta dos Castelhanos, que abriga no fundo do mar os restos do navio espanhol Madre de Dios, que naufragou ali em 1535. Quando a maré baixa, é hora do futebol, com traves improvisadas na areia. E a noite, o programa é ver as estrelas.

Para se hospedar, as nossas dicas são:

  • Em Morro de São Paulo, a Vila dos Orixás Boutique é super charmosa, e fica numa praia mais afastadas, longe do barulho e do som das barracas de praia e das festas noturnas de Morro. É maravilhosa. É a nossa preferida.
  • Ainda em Morro, a gente gosta da Vila dos Corais. Fica na terceira praia. Pra ficar mais perto do centro, tem o hotel Passárgada.
  • Em Boipeba/Moreré, vá sem pestanejar para a Alizées Moreré: tem bangalôs rústicos charmosos, deck com vista pro mar, ar-condicionado e um restaurante que faz uma fusão bacia-frança.

 

 

bahia de carro: calmaria em moreré  Roteiro Bahia de carro: casinhas pitorescas em boipeba Bahia de carro: praia da cueira em boipeba

 

2 – Roteiro de carro: indo de Morro de São Paulo para Barra Grande

Após aproveitar as delícias de Morro de São Paulo, a viagem segue para Barra Grande, Taipus e Maraú, um destino nem tão explorado. Para chegar até lá, saia de Valença pela rodovia BA 001, sentido sul. Vá até o trevo Itacaré/Barra grande, pegue a BR 030 (estrada de terra) e siga até Barra Grande, a principal vila da região. São 3 horas de estrada.

Por essas bandas, reina o zen-baianismo. Uma vila com ruas de areia, casas coloridas e árvores frondosas,  quilômetros de praias com coqueiros, piscinas naturais e muito dendê. Tire uns quatro-cinco dias para ficar por aqui.

Para circular, você pode usar o carro. Mas em algumas praias e  lugares como na vila, não há acesso a veículos. Você terá que deixá-lo em algum lugar próximo e andar (um pouco) a pé.

Por aqui, separe um dia para ir nas piscinas de Taipus de Fora ( mas é bom que esteja na maré baixa. senão as piscinas não aparecem) e emende com uma moqueca no Bar das Meninas.

Mais perto da vila de Barra Grande fica a praia da Ponta do Mutá, também é uma delícia, com águas calminhas e claras. Tire outra tarde para ficar por aqui, e almoce no Macunaíma.

Para quem gosta, há passeio de buggy para outras praias, e boas águas para SUP.

Para se hospedar, o Kiaroa é  um resort bem legal e exclusivo, na beira da praia, num terreno com 240 mil metros quadrados e apenas 14 bangalôs (alguns com piscina exclusiva). Outro hotel bem bacana (que fica de frente pra piscinas naturais) é a Pousada Taipus de Fora.  E aqui tem mais hoteis em Barra Grande e Taipus.

roteiro viagem bahia: taipus de fora

roteiro viagem bahia: ponta do muta roteiro viagem bahia: vilarejo barra grande roteiro viagem bahia:barra grande

3 – Bahia de Carro: de Barra Grande para Arraial D’Ajuda

De Barra Grande, a gente segue direto pra Arraial pela BR-101 e depois a BA 986. Optamos por pular Itacaré, que fica do lado de Barra Grande, porque não é dos lugares mais lindos dessa rota. Achamos que vale mais seguir direto pro sul da Bahia, e aproveitar mais tempo por lá. Mas será uma tirada de chão: cerca de 6 horas dirigindo.

Reserve dois dias para Arraial d’Ajuda, e inclua no seu roteiro um passeio pelas praias de Taípe, a duas horas de caminhada do centro de Arraial. O percurso é longo, mais o visual compensa. As falésias se juntam com a vegetação intocada, formando um paraíso natural, com poucos bares e barracas. Se não quiser caminhar, pode ir de carro.

Já a praia de Mucugê, a mais próxima do centrinho, e a da Pitinga são points com muitas barracas, mar calmo e piscinas naturais perfeitas para snorkel.

Se estiver viajando com crianças, vale dar um pulo no Awaventura, um Eco Parque com enormes toboáguas de água, trilhas, arvorismo e tirolesa. E de noite,  é só ir para a Rua Mucugê, onde tudo acontece. No Beco das Cores, ficam lojas e restaurantes, e tem sempre um show de voz e violão nos fins de semana.

E não deixe de conhecer o centro histórico. A singela igreja Matriz de Nossa Senhora da Ajuda abriga um mirante com vista para o encontro do Rio Buranhém e o mar.

Para se hospedar, a Pousada Beijo no Vento é sem dúvida a mais charmosa, e ainda tem uma vista incrível da praia. Outra bacanuda é a Mercado Casa Hotel.

Arraial D'Ajuda Bahiapousada beijo no vento arraial

3 – De Arraial d’Ajuda para Trancoso

Menos de 40 minutos, pela BA-001, separam Arraial de Trancoso, um dos destinos mais upscale da Bahia. Trancoso cresceu com hoteis de charme e muitas assinaturas. Mas continua sendo um destino pé-na-areia gostoso e desencanado.  Programe-se para ficar uns dois ou três dias por aqui.

O centro da vila, mais conhecida com Quadrado, é tão famoso quanto as praias. De dia, as ruas coloridas pelas casas históricas ficam vazias e tranquilas, bom momento para um passeio em família. À noite, o movimento toma conta do centro, com restaurantes, bares, comércio e turistas, agitando a região.

Próximo do Quadrado fica a praia dos Coqueiros, com recifes, coqueirais e muitas opções de barracas com pratos típicos.  Outras opções são as praias do Rio da Barra e Rio Verde.

Se quiser dar uma esticada, é possível conhecer a praia do Espelho, conhecida por formar piscinas naturais e um verdadeiro espelho na maré baixa. Para chegar até a Praia do Espelho, siga pela BA 987, pegue a BA 283 e vá até a Estrada da Praia do Espelho. Não se esqueça de verificar as tábuas de maré para não perder a viagem. O ideal é reservar uma noite, acordar cedo e aproveitar as piscinas naturais e as caminhadas pelas areias.

Se quiser uma atividade diferente, pode optar por Caiaque no Rio Trancoso. Ou então alugar uma bike e sair pelas praias.

Je sobre hoteis em Trancoso, vale lembrar que esse é um dos pontos altos do vilarejo, e que vale investir numa estada de charme. Se a ideia for ficar na praia, a  Tutabel  tem apenas 16 suítes, um ambiente super exclusivo, e é cercada de verde. Outra belíssima é a Pousada Estrela d’Água, na Praia dos Nativos.

Para quem quiser ficar mais perto do Quadrado, tem as pousadas UxuaCalypsoEtnia e, mais barata, a pousada Café Cultura.

Trancoso Trancoso: O que Fazer Trancoso: O que Fazer - Juju na TripTrancoso: O que Fazer - Juju na Trip

4 – Roteiro Sul da Bahia: de Trancoso para Caraíva

Nossa última parada é o vilarejo de Caraíva, mais ao sul da Bahia. Localizado em uma península, a pequena vila com ruas de areia e casinhas coloridas é o destino perfeito para relaxar e encerrar com chave de ouro o roteiro. Por lá também não entram carros, e a única maneira de se chegar é de canoa. Para chegar, saia de Trancoso pela BA 987 e pegue a BA 283.  Já no estacionamento do carro você verá o canoeiros.

De dia você pode aproveitar a estadia no vilarejo para conhecer as praias locais, fazer mergulho ou ficar relaxando na pousada. O passeio mais procurado é pelo rio Caraíva, que dá nome ao lugar. O percurso é feito em pequenos barcos de pescadores locais, passando por manguezais e pelo Parque Nacional de Monte Pascoal. O pôr-do-sol visto do rio é um dos mais belos da região, então vale fazer o passeio no final do dia. Também rola um boia-cross delicioso e que vale fazer se você viaja com crianças.

Em Caraiva,  nós ficamos hospedados na pousada San Antonio, e adoramos. Tem bangalôs, um ótimo café e fica na beira da praia. Além dela, indicamos a Pousada da Lagoa, muito lindinha e perto da Rua dos Restaurantes, e a Pousada da Praia.

viagem bahia: caraivaboia cross rio caravan

viagem bahia: caraiva caraiva10

E veja outras dicas em:

Instagram: @jujunatripblog

Facebook: /jujunatrip

Youtube: /jujunatrip

Quer viajar mais e ficar por dentro de todas as dicas, novidades e promoções?

Deixe seu email aqui!

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Current ye@r *