Guia completo para Porto de Galinhas

Não é preciso ir longe para encontrar destinos lindos e baratos de praia.. Porto de Galinhas fica logo ali, tem águas tem diferentes tons de verde, areais brancas, coqueiros e – além de hotéis mais em conta – as passagens para Recife normalmente têm boas tarifas (veja aqui passagens com melhores tarifas para Recife).  Fizemos esse guia completo para quem quer conhecer esse pedacinho do paraíso em Pernambuco, com informações de como chegar, onde ficar, onde comer e o que fazer.

Veja mais posts nossos sobre praias do Nordeste:

 

Quando ir para Porto de Galinhas:

Primeiro de tudo: fuja dos feriados se não quiser encontrar um lugar lotado. Porto de Galinhas é uma rota popular, que já é cheia em fins de semana normais, e no feriado vira bagunça. Se puder, escolha dia de semana.

Em segundo lugar, fique atento à tábua de maré, e tenta casar a viagem com índices de maré baixa 0 a 0.2 no período da manhã.

Durante todo o ano faz calor em Porto de Galinhas, o que diferencia um mês do outro é a quantidade de chuva. Os meses com maior índice pluviométrico são entre abril e julho, em baixa temporada. Março e agosto também são meses chuvosos, mas a quantidade ainda é menor. Na alta temporada, de setembro a abril, é que quase não há chuva, sendo os mais procurados.

Como chegar em Porto de Galinhas:

A maneira mais rápida de chegar em Porto de Galinhas é de avião até o aeroporto de Recife e de lá alugar um carro até a cidade de Porto. A distância é de 53 km e a via de acesso é a BR-101. Há voos direto para Recife saindo das principais capitais do Brasil.

Onde ficar em Porto de Galinhas:

Alguns dos hotéis de pé de praia mais bacanas de Porto de Galinha ficam distantes do centro e oferecem, normalmente serviço completo. Um deles é o Enotel Acqua Club, com sistema All Inclusive. Além de ter quartos com varanda, ar condicionado e vista para os jardins ou o mar, eles oferecem também quadras de tênis, bar da piscina e área recreativa com animadores para as crianças.

Outro preferido é o Hotel Vivá, na praia do Cupê, a 5 km do centro. As acomodações são espaçosas, para até 4 pessoas, há piscina internas e externas, disponibilidade de serviço na praia e bar na piscina. O café da manhã é incluído na diária e o Wi-Fi está disponível em toda a propriedade.

dicas Porto de Galinhas

Piscina externa e vista para o mar do Enotel Acqua Club

onde ficar em Porto de Galinhas

Área recreativa do Enotel Acqua Club

passeios em porto de galinhas

Quarto familiar do Enotel Acqua Club

hotéis em porto de galinhas

Área da piscina do Hotel Vivá

porto de galinhas o que fazer

Varanda do Hotel Vivá com vista para o mar

porto de galinhas praias

Quarto do Hotel Vivá para toda a família

Onde comer em Porto de Galinhas:

O centrinho de Porto de Galinhas concentra boa parte dos restaurantes da cidade, mas algumas boas opções ficam nas orlas próximas. Não deixe de comer no Bejupirá, que é um clássico em Porto. Especializado em peixe e frutos do mar, tem também, o Barcaxeira, com ótimo gratinado de camarão, e o Munganga Bistrô, que tem uma moqueca incrível. Se preferir outros tipos de prato, o La Tratoria serve massas e carnes variadas.

Quem prefere aproveitar com pé na areia deve ir no Bar da Praia, no Pontal do Cupê (na maré baixa é possível sentar na areia), ou no Ponto Mix, na avenida Beira Mar.

O que fazer em Porto de Galinhas:

Se você é daqueles que ama praia que nem a gente, vai se apaixonar por Porto de Galinhas. Cada pedacinho da orla é mais bonito que o outro e ainda da para pegar inúmeros passeios de barco para visitar praias mais distantes. Recomendamos os seguintes passeios:

  • Jangada até as piscinas naturais: As piscinas ficam a 15 minutos da orla e a saída é feita da praia da Vila. Os valores dependem dos jangadeiros ou da empresa de turismo, mas a média é de R$60 reais por pessoa. Só rola na maré baixa.
  • Barco até a praia dos Carneiros: É a mais distante de Porto de Galinhas, mas também uma das mais bonitas. Andes do barco é preciso pegar ônibus até a praia de Guadalupe ou da  Barra de Sirinhaém. A partida vai depender da empresa escolhida.
  • Jangada até o Projeto Hippocampus: É o equivalente ao Tamar, mas voltado para a preservação de cavalos marinhos. As jangadas partem do Pontal Maracaípe, que você chega facilmente de bugre pela orla ou de carro pela estrada.

Há muitas empresas que oferecem esses passeios, mas as com melhores avaliações são a Luck ReceptivoNordestur, a Pinheiro Tur e a Rodoltur. Nos site você encontra os pacotes, valores e disponibilidade para cada época do ano (no período de chuvas há menos saída do que em alta temporada). Se não curtir bagunça, pode pedir à empresas um passeio privativo.

Vá também por conta própria nas praias com acesso de carro ou bugre. As mais próximas do centro costuma ser mais cheias, mas mesmo assim há espaço para todos aproveitarem. Nossas preferidas são as de Muro Alto, onde bancos de areia formam piscinas naturais, o Pontal do Cupê, no lado norte da praia de mesmo nome, o Pontal de Maracaípe, de águas calmas, e Camboa, que por ser distante, 13 km da vila, costuma ser vazia.

o que fazer em porto de galinhas

Vista da piscina natural de Muro Alto

As piscinas naturais de Porto de Galinhas

Entrada para o Pontal do Cupê

Igrejinha da Praia dos Carneiros

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.