Viagens de carro pelo Brasil depois do Coronavírus: Bahia

Brasil de carro: O vilarejo de Caraíva
Brasil de carro: O vilarejo de Caraíva

Viagens de carro pelo Brasil depois do Coronavírus serão uma alternativa interessante para rodarmos por aí  no pós-pandemia. Além de mais baratas , tenho a impressão que dentro do carro nos sentiremos com mais controle sobre vetores de contaminação (muito embora as cias aéreas estejam tomando todos os cuidados recomendados pela OMS). Dito isso, que tal um giro pela Bahia? O ponto de partido é Salvador, mas o roteiro segue por vilarejos mais remotos e isolados como Moreré, Itacaré e Caraíva.

Quais cidades visitar na Bahia:

Há várias cidades por lá que são lindíssimas, mas nós separamos 4 para esse roteiro de carro pelo Brasil depois da Pandemia. São elas:

Roteiro Bahia: localização da cidades que vamos falar nesse post.

Roteiro Bahia: localização da cidades que vamos falar nesse post.

Começando em Salvador:

Nosso ponto de partida é Salvador.

Não recomendo ficar de carro em Salvador, por motivos óbvios de vaga e trânsito. O ideal é pegar o carro quando for descer o litoral. E aí sempre recomendamos a  rentalcars ou  rentcars, buscadores que fazem a reserva online e apresentam sempre os melhores valores de cada locadora .

Para higienizar o carro, você pode borrifar álcool 70.

Você vai pegar o carro em Salvador, e entregar em Porto Seguro, que será seu último destino.

Viagens de carro pelo Brasil depois do isolamento: um giro pela Bahia

Viagens de carro pelo Brasil depois do isolamento: um giro pela Bahia

Quando ir  para a Bahia e quanto tempo ficar:

Bahia é destino para ir o ano todo, pois as temperaturas são sempre altas. O que vale ficar de olho é no período de chuvas, de novembro à abril, que coincide com a alta temporada. Se você gosta de agito, vá nesses meses, principalmente ano novo e carnaval

Agora, se você prefere sossego, opte por ir de maio à outubro, época de seca, quando as cidades estão mais vazias. A exceção é junho, quando as festas juninas atraem mais turistas.

Independente de quando for a viagem, tenha em mente que o ideal é ficar de 2 à 3 dias em cada cidade para aproveitar bem e conhecer o essencial. Se tiver mais tempo, melhor.

E claro que, como se tratam também de viagens de carro pelo Brasil depois do Coronavírus, é preciso sempre estar atentos aos informes de saúde locais.

O que fazer em Salvador

Se quiser aproveitar mesmo Salvador, começa cedo o dia visitando o centro, onde fica o famoso Pelourinho. A praça principal se chama Terreiro de Jesus e nela está a linda Catedral Basílica, construída em 1672.

Por perto ficam também o Museu Afro-Brasileiro e a Igreja de São Francisco.

Roteiro Bahia: O colorido do Pelourinho, em Salvador.

Roteiro Bahia: O colorido do Pelourinho, em Salvador. Foto: Shutterstock.

Viagens de carro pelo Brasil depois do Coronavírus: Igreja de São Francisco, em Salvador.

Viagens de carro pelo Brasil depois do Coronavírus: Igreja de São Francisco, em Salvador. Foto: site Salvador d Bahia.

Se já for hora do almoço, não deixe de ir no Restaurante do Senac, onde a comida é tipicamente baiana.

Tem moqueca, caruru, arroz de coco e outra delícias locais que são difíceis de encontrar até mesmo na cidade. O espaço é simples, mas a vista é linda e a comida ótima.

Mantenha o pique na parte da tarde e suba até o Carmo, para ter uma vista linda da cidade, e termine descendo o Elevador Lacerda, inaugurado em 1873. Ele liga a cidade alta, no Pelourinho, à cidade baixa, onde ficar o Mercado Modelo.

Cidades para visitar na Bahia: Elevador Lacerda em Salvador.

Cidades para visitar na Bahia: Elevador Lacerda em Salvador. Foto: Prefeitura Municipal de Salvador.

Roteiro de 3 dias em Salvador: Igreja do Carmo, em Salvador.

Roteiro de 3 dias em Salvador: Igreja do Carmo, em Salvador. Foto: site Trover.

A próxima parada é a famosa e linda Igreja do Bonfim, onde ficam as muitas fitinhas coloridas amarrada ao portão. Ela não fica na mesma região turística, mas uma visita é indispensável. Dá para ir da táxi ou Uber por valores próximos à R$22.

Vale lembrar que se for janeiro, tem a Lavagem do Bonfim, imperdível, e que acontece sempre na quinta-feira que antecede o segundo domingo após o Dia de Reis.

Roteiro Bahia 20 dias: Igreja do Bonfim, em Salvador.

Roteiro Bahia 20 dias: Igreja do Bonfim, em Salvador.

No fim do dia, veja o pôr-do-sol da Farol de Humaitá ou na Pedra Furada, em um dos muitos restaurantes que ficam na orla. Recomendamos o Recanto da Lua Cheia, que tem boa estrutura e pratos típicos.

O que fazer em Salvador: Ver o pôr-do-sol no Farol do Humaitá.

O que fazer em Salvador: Ver o pôr-do-sol no Farol do Humaitá. Foto: Fábio Marconi.

Vá também ao Porto da Barra, região com alguns museus mais novos, como o Espaço Carybé das Artes e o Espaço Pierre Verger da Fotografia Baiana, e um ótimo restaurante baiano chamado Barra Vento.

Dica Gulosa: Os melhores acarajés são os da Cira (Rio Vermelho, perto do Mercado do Peixe), e da Dinha (Rio vermelho, Largo da Dinha). Já entre os restaurantes, a dica é o mediterrâneo Lafayette

Roteiro Bahia: Porto da Barra, em Salvador.

Roteiro Bahia: Porto da Barra, em Salvador. Foto: Jornal Correio 24 horas.

Hoteis em Salvador: 

Salvador tem muitos hotéis e diferentes regiões de hospedagem. Para ficar no coração da cidade, o Pelourinho é o bairro ideal.

Como opções, recomendamos primeiro o Hotel Casa do Amarelindo, mansão do século XIX com quartos amplos, terraço com vista, piscina e um jardim interno.

Onde se hospedar em Salvador

Onde se hospedar em Salvador: Hotel Casa do Amarelindo, no Pelourinho.

Outro bem localizado é o Fera Palace Hotel, a pouco mais de 200 metros do Elevador Lacerda.

Ele mistura estrutura antiga com móveis e decoração mais moderna, refletidos nos quartos e demais instalações. Além disso, tem um terraço com piscina e vista para a baia de todos os santos.

Hotéis em Salvador: Fera Palace Hotel, no Pelourinho.

Hotéis em Salvador: Fera Palace Hotel, no Pelourinho.

Roteiro Bahia: Fera Palace Hotel, em Salvador.

Roteiro Bahia: Fera Palace Hotel, em Salvador.

Já com uma pegada mais boutique tem o Bahiacafé Hotel, na Praça da Sé, também no Pelourinho. São poucos quartos instalados em um casario antigo e todo charmoso. Tem um ótimo café da manhã, mas sem instalações externas.

Onde se hospedar em Salvador: Bahiacafé Hotel, no Pelourinho.

Onde se hospedar em Salvador: Bahiacafé Hotel, no Pelourinho.

Como ir de Salvador para Boipeba:

Não é fácil chegar em Boipeba, mas talvez seja isso que mantem o charme do destino.

Começando, é necessário pegar um ferry de Salvador para o atracadouro Bom Jardim que sai a cada uma hora. A empresa que opera o trecho é a Internacional Travessias e a tarifa varia se você tiver alugado o veículo ou não.

Chegando em Itaparica, o próximo caminho é de carro até Valença, de ontem parte as barcas para Boipeba. Se estiver sem carro, a empresa que faz é a Viação Cidade Sol e a passagem custa cerca de R$20/R$30 por pessoa o trecho.

Por último, em Valença, você vai pegar a lancha rápida até Velha Boipeba. A passagem se compra na hora, no cais mesmo, mas vale verificar com a pousada se eles fazem a reserva antecipada. O valor médio é de R$45 por pessoa, com direito a 1 mala.

Onde deixar o carro em Valença: deixamos no Estacionamento Fonseca (custa R$30 a diária, mas pode chegar a R$5o)

Roteiro Bahia: Trajeto para a ilha da Boipeba.

Roteiro Bahia: Trajeto para a ilha da Boipeba.

Viagens pós-Coronavírus: Ilha de Boipeba e Moreré

A ilha de Boipeba é um daqueles paraísos escondidos que a gente só entende o tamanho da beleza quando vê ao vivo. A vegetação local é densa, o povoado é um charme e o mar é de um tom esverdeado, azulado, tudo misturado junto.

Para entender: Velha Boipeba e Moreré são as duas principais  vilas da ilhas, distantes aproximadamente 10 minutos de carro uma da outra.

Cidades baianas: a linda praia de Moreré.

Cidades baianas: a linda praia de Moreré. Foto: Gira Mundo.

Bahia roteiro: mais uma de Moreré.

Bahia roteiro: mais uma de Moreré. Foto: Melhores Destinos.

O mar aqui é o grande destaque, com praias lindíssimas tipo a de Castelhanos, que fica na ponta sul de mesmo nome, a de Moreré mesmo, cercada de coqueiros e com mar tranquilo, e a de Bainema.

O que fazer em Boipeba: mar cristalino da praia de Castelhanos

O que fazer em Boipeba: mar cristalino da praia de Castelhanos. Foto: Melhores Destinos.

Nossa dica é fazer um dos passeios com pessoas cadastradas na Associação de Condutores de Boipeba (o legal dessa opção é que no site tem o descritivo do tipo de passeio que cada condutor tem especialidade). Listamos aqui as melhores:

  • Passeio de canoa no manguezal: é um passeio diferente pelos manguezais alagados.
  • Cova da Onça: praia linda, tranquila e pouco visitada.
  • Trilhas pela Floresta da Mariana: tem várias trilhas que levam à praias intocadas.

Já para os passeios de barco de dia inteiro que dão a volta na ilha, o ideal é ir com as agências Boipeba Tur ou Agência Coco Dendê, que são as mais bem estruturadas.

Onde se hospedar em Boipeba:

A principal cidade da ilha fica um pouco distante das praias, então o ideal para curtir melhor é escolher uma que tenha o pé na areia ou que fique nas proximidades. A mais exclusiva delas é a Pousada Mangabeira, que fica em uma parte alta, e que tem diferentes trilhas para as praias.

Os quartos são bem amplos e muitos tem varanda com vista para a o mar. Além disso, há piscina externa, café-da-manhã completo e um SPA.

Onde se hospedar em Boipeba: Pousada Mangabeira.

Onde se hospedar em Boipeba: Pousada Mangabeira.

Hotéis em Boipeba: quarto da Pousada Mangabeira.

Hotéis em Boipeba: quarto da Pousada Mangabeira.

Já o Villa da Barca é uma pousada mais simples, porém de frente para a praia, com acesso direto pelo jardim da propriedade. Os quartos têm pouco imobiliário, mas são confortáveis, bem iluminados e muito limpos.

Bahia dicas de onde ficar: Villa da Barca com pé na areia em Boipeba.

Bahia dicas de onde ficar: Villa da Barca com pé na areia em Boipeba.

Onde ficar em Boipeba: quarto da pousada Vila da Barca.

Onde ficar em Boipeba: quarto da pousada Vila da Barca.

Também na praia da Concha, mas com estrutura de apart, tem a Aldeia do Mar Hotel, uma instalação charmosa com as acomodações espalhadas pelo jardim, todas com varandas. A praia fica logo a frente e a pousada tem mesas perto da areia e redes nas árvores.

Hotéis em Boipeba: Aldeia do Mar Hotel.

Hotéis em Boipeba: Aldeia do Mar Hotel.

Onde se hospedar em Boipeba: quarto da pousada Aldeia do Mar.

Onde se hospedar em Boipeba: quarto da pousada Aldeia do Mar.

Como ir de Valença para Itacaré

Continuando o roteiro pela Bahia, o trajeto agora é entre Valença e Itacaré, e leva cerca de 2:45h de viagem. São 127 km pela BA-001 e depois pela BA-654. O trecho é tranquilo, mas não muito bem sinalizado. Aqui um GPS é indispensável para ajudar na viagem.

Viagens de carro pelo Brasil depois do Coronavírus: Itacaré

Itacaré é um nome bem conhecido no litoral baiano, mas mesmo assim mantém o clima intocado e o estilo pacato dos moradores locais. É uma região com praias lindíssimas, algumas com acesso de carro, outras somente por trilhas.

As praias perto da cidade são chamadas de urbanas. São mais bem estruturadas e também um pouco mais cheias. Mas isso não significa que são feias, muito pelo contrario, são bonitas e ótimas para ir com família.

Entre essas, não deixe de conhecer a praia do Resende, da Tiririca, do Costa e da Ribeira.

Roteiro Bahia: praia do Rezende, em Itacaré.

Roteiro Bahia: praia do Rezende, em Itacaré. Foto: Melhores Destinos.

O que fazer em Itacaré: praia da Ribeira.

O que fazer em Itacaré: praia da Ribeira. Foto: Ricardo Junior.

Já as praias mais intocadas são chamadas de rurais. São as que mais gostamos. O acesso é pela BA-001, algumas com trilhas e outras não.

Na lista das mais bonitas estão Praia de Itacarezinho, da Engenhoca, Havaizinho e Gamboa (que fazem parte da trilha das Quatro Praias).

Bahia roteiros: praia do Itacarezinho, em Itacaré.

Bahia roteiros: praia do Itacarezinho, em Itacaré. Foto: Melhores Destinos.

Dicas Itacaré: praia do Havaizinho.

Dicas Itacaré: praia do Havaizinho. Foto: G1. Ida Sandes).

Outras trilhas para fazer são a da Prainha, que dá na praia de mesmo nome. Ela é considerada uma das mais lindas de Itacaré, justamente por ser intocada e ter um mar muito claro e calmo. A caminhada leva 40 minutos e é de dificuldade leve.

Dicas Bahia: mar cristalino da Prainha, em Itacaré.

Dicas Bahia: mar cristalino da Prainha, em Itacaré. Foto: Itacare.com.br.

Como opção para o fim do dia, vale ir a Ponta do Xareú, na praia da Concha, que tem o visual mais bonito do pôr-do-sol na cidade.

Chegue cedo, perto das 16:40h, para conseguir um lugar nas pedras e assistir ao espetáculo. Perto tem o Núúh!! RestoBar, para jantar no pós.

Pôr-do-sol na Ponta do Xaráu, em Itacaré.

Pôr-do-sol na Ponta do Xaráu, em Itacaré. Foto: Viajar pelo Mundo.

Além dessas atividades que mencionamos, vale a pena visitar também:

  • Txaitaruga: é uma parceria entre o Projeto Tamar e a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) que fica instalado no Txai Resorts. Dá para acompanhar a desova das tartarugas, aprender sobre a vida marinha e caminhar até a foz do Rio Tijuípe para tomar um banho.
  • Fazenda Vila Rosa: para quem gosta de história, vale a visita até essa fazenda de cacau, que fica a 20km do centro. Há uma visitação na plantação e o acompanhamento pela produção da pasta de cacau. Na propriedade tem também piscina e uma represa, abertas para uso.

Onde se hospedar em Itacaré: 

Vale mesmo ficar próximo da cidade, em uma das pousadas na margem do rio e perto da foz. A primeira que recomendamos é a Pousada Villa Maeva Itacaré.

Ela tem quartos amplos, piscina e áreas comuns com redes de balanço e espreguiçadeiras. O café da manhã é farto e a praia da Concha fica a menos de 3 minutos de caminhada.

Onde se hospedar em Itacaré: Pousada Villa Maeva Itacaré.

Onde se hospedar em Itacaré: Pousada Villa Maeva Itacaré.

Hotéis em Itacaré: quarto da Pousada Villa Maeva Itacaré.

Hotéis em Itacaré: quarto da Pousada Villa Maeva Itacaré.

Como ir de Itacaré para Caraíva:

Caraíva pra mim é a pérola desse roteiro pelo litoral baiano, embora Moreré e Boipeba sejam fora de série.

O trajeto entre Itacaré e Caraíva é parte asfalto e parte terra até a entrada do vilarejo, que só tem acesso de canoa. O veículo fica estacionado e a viagem segue para a vila intocada de Caraíva. O

trajeto pela estrada é de aproximadamente 7h pela BA-001 e depois pela BA-283.

Caraíva: o que fazer

Sem carros, sem telefone, como ruas de areia e energia elétrica que chegou tem pouco tempo. Esse é o cenário de Caraíva, um vila que fica em uma península, a menos de 1h de Trancoso. Para chegar nela, somente de canoa. Aqui a rotina pede para desacelerar e entrar no clima local.

Roteiro Bahia: casinhas coloridas do vilarejo de Caraíva.

Roteiro Bahia: casinhas coloridas do vilarejo de Caraíva.

Aproveite o dia para conhecer a vila e nadar no rio . Se quiser, pode fazer o passeio de canoa pelas água doces, ou descer de boia ao sabor da correnteza.

O que fazer em Caraíva. Família se divertindo no rio Caraíva.

O que fazer em Caraíva. Família se divertindo no rio Caraíva.

Roteiro Bahia: Caraíva.

Roteiro Bahia: Caraíva.

Para fechar o dias nesse paraíso, veja o por-do-sol de um dos restaurante à beira-rio. Entre eles, o Boteco do Pará. Para curtir a noite, vá para o Bar do Porto, para o Ouriço ou o Pelé .

Brasil de carro: por-do-sol no Boteco do Pará, em Caraíva

Brasil de carro: por-do-sol no Boteco do Pará, em Caraíva

Onde se hospedar em Caraíva:

Nossa hospedagem foi San Antonio, que tem quartos ótimos para casais e também para famílias. Fora isso ficam com pé na areia e tem espaço para curtir o visual.

Além delas, indicamos também a Pousada da Lagoa, na Rua dos Restaurantes, parte central, e a Pousada da Praia, que fica na região sul de Caraíva.

Onde ficar em Caraíva: Pousada San Antonio.

Onde ficar em Caraíva: Pousada San Antonio.

Leia também:

Dicas da praia do espelho: um paraíso no sul da Bahia

Roteiro viagem Bahia: de Salvador a Caraíva

Caraíva, um lugar pra amar na Bahia

Outras praias da Bahia

Trancoso: o que fazer

Veja também nosso vídeo sobre Alagoas no Youtube, e siga a Juju na Trip no instagram.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.