East London, um roteiro descolado de música e markets

Em East London, qualquer espaço branco nas ruas rapidamente é tomado por algum mural. Com armazéns industriais e ruas tomadas por pubs, gente descolada, food trucks em black cabins, o bairro é um convite ao exercício da imaginação. Aqui não mora aquela Londres clássica e arrumadinha que a gente tem na cabeça. Antigas casas de tijolos e galpões deram lugar a galerias de arte, e vários prédios viraram  tela para o famoso artista Banksy. East London se tornou o epicentro de uma Londres efervescente, multicultural, deliciosa e desencanada. Nossa dica: hospede-se por aqui, pelo menos por uma noite, e de preferência no fim de semana, quando rolam as feiras e tudo acontece nas ruas. É IMPERDÍVELLLL!

east10 east8east15 east45

Quem apresentou esse pedaço da cidade pra gente foi uma amiga muito querida dos tempos de escola, a Gabi d´Eça, que se mudou para a Inglaterra há mais de 20 anos, e depois de morar em Portobello, comprou um apê em East London. Foi um passeio maravilhoso, um dos melhores dias da nossa viagem, e que agora passo adiante para vocês (obrigada, Gabi!). Aproveitem!!!

east13

Nosso passeio começa em Columbia Road (pegue o overground para Shoreditch e caminhe até lá), a colorida rua onde todo domingo acontece uma feira de flores totalmente hispter (começa 8h e cai até 15h). Lá,  além do incrível jardim que se forma, tudo é tomado música, artistas, barracas, gente feliz. A rua é de um lado a outro ocupada pelas bancas dos floristas, e nas lojas e ruas perpendiculares, está uma delícia de garimpo alternativo de roupas, artigos de cozinha, pôsteres, tecidos e joias de todos os tipos e cafés incríveis.

No meio disso tudo, uma parada deliciosa! A bakery Lily Vanilli (Ezra Street) serve doces incríveis, e um dos melhores brownies que já comemos na vida (sem exagero!). Faça uma pausa aqui, tome um café, e aproveite o mood!

columbiaeast40 east38

 LILY LILY1 LILY5 LILY6

Bom, seguindo Columbia Road até o fim, damos nesse lugar delicioso das fotos aí debaixo. Foi assim num domingo de inverno, com muita festa, música e rua cheia.

east east1 east2 east35 east36 east37

 

De lá, seguimos a rota do mapa abaixo e rumamos para o bairro de Shoreditch, onde fica Brick Lane e o Spitafields Market. Uns dez, 15 minutos de caminhada, e wow! Brick Lane é multi-étnica, multi-cultural, multi-tudo, com espaços para todo mundo. Tem lojas bacanas, galerias de arte, muito grafite, muitos bares e cafés com mesas do lado de fora, quinquilharias, móveis e objetos com designs mais sofisticados. Sem contar o mundo de gente de nacionalidades diferentes que você cruza a cada segundo. Brick Lane também é famosa por seu trecho onde inúmeros restaurantes indianos estão perfilados um ao lado do outro, e pelas inúmeras e deliciosas barracas com comidas típicas de várias partes do mundo.

Captura de Tela 2015-03-24 às 10.05.07

east57

east7 east6 east30

east50

Aliás, parênteses para essa loja na Brick Lane! A chamada Shop Rocks  é ótima para encontrar artigos vintage únicos. A galera do Juju aqui ama!!!!

R1

R1

Bom, seguimos pela Brick Lane até  a Great Eastern Street, uma rua bacanésima que se tornou praticamente uma galeria a céu aberto. As paredes de tijolos daqui servem de tela para exposições que acontecem a cada dois meses. E de lá, emendamos no nosso terceira market do dia, o Spitafields (também em Shoreditch). No caminho, uma praça de Food Trucks!

R1

R1
R1east31east32

SERVIÇO:

Spitalfields Market:( Quinta-feira (antiguidades): 8:00 – 17:00 Sexta-feira (moda e design): 9:30 – 17:00 Domingo (geral): 9:30 – 17:00 Para vir direto, salte no metrô Liverpool Street.
Brick Lane Market: As lojas abrem todos os dias, mas o mercado de rua acontece aos domingos! Para vir direto, salte no metro Aldgate East.
Columbia Road Flower Market: domingo, das 8h às 15h. Pegue o overgroud até Shoreditch High Street e ande até a rua da feira.

MAIS DE LONDRES

Aqui vai nosso roteiro dessa última (e deliciosa) passagem do Juju na Trip pela terra da Rainha,  dia a dia:

Dia 1: fizemos um batidão de Covent Garden até Carnaby Street, explorando as ruazinhas do Soho, Leicester, Regent e arredores (LEIA TUDO AQUI).

Dia 2: dedicamos aos museus de Ciência e de História Natural e terminamos o dia numa pista de patinação ao ar livre (LEIA AQUI).

Dia 3: exploramos os pontos turísticos de Londres com o London Bus, o clássico tour no ônibus de dois andares. Super bacana, e prático: a gente sobe e desce nas atrações que quiser. Aproveitamos para visitar de novo o Hyde Park (lindo nesses dias invernais), o palácio de Buckingham e o Tower Hill, onde ficam expostas as jóias da rainha. (LEIA AQUI)

Dia 4Foi o dia de conhecer East London, Shoreditch, Brick Lane e Columbia Road. Amamos num grau sem igual esses lados. Comparando, está para Londres com o Meatpacking está para NY! Cheio de ocupações artísticas, grafites, galpões. O máximo! (LEIA AQUI)

Dia 5 – Dia de Harry Potter! Visita a Kings Cross e aos estúdios! Voltamos de lá numa Nimbus 2000! (metro pra que?) (LEIA AQUI)

Dia 6 – Chá da tarde como os ingleses, e o imperdível garimpo de Portobello (LEIA AQUI)!

 

COMO CHEGAR: Voamos de British Airways num voo direto Rio-Londres. Fomos de World Traveller Plus, categoria intermediária entre a Executiva e a Econômica, e achamos muito boa.

*** O Juju na Trip viajou para Londres com apoio do Visit Britain e da British Airways

Quer viajar mais e ficar por dentro de todas as dicas, novidades e promoções?

Deixe seu email aqui!