7 cidades perto de Amsterdam para fazer bate-volta

      Amsterdam é encantadora, mas conhecer os arredores também vale a pena. São lugares charmosos que podem ser conhecidos em um dia, a partir da capital holandesa, e vão deixar a sua viagem ainda mais divertida e incrível. Selecionamos 7 cidades perto de Amsterdam para fazer um bate-volta, explicando como chegar e o que fazer em cada uma delas. Mas sugerirmos hotéis também, em cada uma delas, para quem quiser ficar mais tempo.

      E leia aqui nossos outros posts sobre Amsterda:

      Bate-volta de Amsterdam: Haia

      Apesar de não ser mais capital do país (ela era capital até a invasão de Napoleão), Haia está entre as cidades mais importantes da Holanda. É nela que ficam oficialmente a sede do governo e a residência da família real, que dão uma pompa toda especial ao lugar. Pelas ruas estão prédios antigos, palácios, parques urbanos, restaurantes intimistas e o diferencial, o litoral.

      Em uma hora você está andando pelas ruas históricas do centro, na hora seguinte poderá estar a beira mar apreciando a vista de um restaurante ou andando de bicicleta pelo calçadão. No verão a parte costeira fica mais movimentada, com destaque para a roda gigante que fica no pier e as opções de barracas de comida e lojas.

      Já no centro histórico, a dica é bater perna. Um dos pontos imperdíveis é o museu de arte Mauritshuis, que tem a pintura da Menina do Brinco de Pérola como destaque. Apesar de parecer grande, ele dá para ser visitado em poucas horas, sobrando tempo para conhecer as outras paradas de Haia em um dia. Não deixe de conhecer também o Madurodam, o parque de miniaturas que recria as principais cidade da Holanda. Além de ser diferente, é um prato cheio para quem viaja com criança.

      Tem ainda o parque anexo ao palácio real, que é aberto ao público, o Panorama Mesdag, um quadro de 14 metros de altura e 120 metros de circunferência que recria o cenário da praia da cidade, e a Plain, praça rodeada pelos edifícios do governo, com destaque para a Câmara dos Comuns do Parlamento Holandês (Tweed Kamer).

      Como chegar em Haia:

      A melhor forma é de trem, indo com a companhia nacional NS. A viagem dura cerca de 50 minutos e os tickets podem ser comprados diretamente pelo site da empresa, com tarifas a partir de €11 euros por pessoa, dependendo da classe.

      Onde se hospedar em Haia:

      O centro histórico é o lugar ideal para quem quer ficar em Haia mais de um dia e estar próximo de tudo, dos monumentos importantes, das lojas e restaurantes da cidade. Um que adoramos é o ‘t Goude Hooft, um prédio antigo clássico holandês que teve seu interior modernizado. Todos os quartos tem mini cozinha,  hidromassagem e até duas camas, para viagens em família.

      Se quiser um design contemporâneo, nossa dica é o Novotel Suites Den Haag City. O prédio é em estilo design, perto da estação de trem de quem vem de Amsterdam. Os quartos são minimalistas, com cama box, frigobar, microondas e amenidades no banheiro.

      bate-volta de Amsterdam

      cidades próximas de Amsterdam

      Haia: roteiro de cidades próximas de Amsterdam

      as cidades mais lindas para conhecer a partir de Amsterdam bate-volta de Amsterdam

      Cidades próximas de Amsterdam

      Cidades próximas de Amsterdam: O quarto luxuoso do hotel ‘t Goude Hooft

      Cidades próximas Amsterdam

      Decoração contemporânea do Novotel Suites Den Haag City

      Cidades próximas Amsterdam: Delft

      O charme de Delft está nas ruas. Ela é considerada uma das cidades mais antigas dos Países Baixos, mencionada em documentos que datam de 1062, e os prédios históricos impressionam pelos detalhes e conservação. Assim como em Amsterdam, os passeio de barco pelos canais são uma atração, dando um visão diferente da cidade.

      Outros lugares imperdíveis que não podem faltar em um bate-volta são a Markt, principal praça que reúne Câmara Municipal, torre de Nieuwe Kerk e a prefeitura, a igreja de Oude Kerk, onde está sepultado o artista holandês Jan Vermmer, o museu Prinsenhof, que conta a história da Guerra dos Oitenta Anos, e as lojas de cerâmica, peças feitas a mão que são famosas na cidade.

      Como chegar em Delft:

      O trem também é a melhor opção para chegar em Delft, que fica a 60 km de Amsterdam. A empresa que faz o trecho é a NS, com passagens entre €10 e €20 euros por pessoa.

      Onde se hospedar em Delft:

      Delft é uma cidade pequena, com poucos hotéis, na maioria concentrados na região central. Nossa dica de hospedagem é o Hotel de Koophandel, um prédio em estilo antigo, com fachada charmosa e mesinhas na rua. Os quartos tem imagens de quadros de artistas holandeses, camas grandes, cafeteria, wi-fi gratuito e amenidades no banheiro.

      cidades perto amsterdam

      Delft: uma das cidades perto de Amsterdam

      cidades perto amsterdam

      bate e volta partindo de Amsterdam

      Arte nos quartos do Hotel de Koophandel

      Cidades perto Amsterdam: Volendam

      Bem pitoresca, Volendam é uma vila de pescador, e com prédios datados do século XVII, um lago e casinhas. Aqui, vale conhecer também a Marina e o museu de queijos, com direito a degustação.

      Como chegar Volendam:

      De ônibus, partindo da Estação Central de Amsterdam. A viagem dura pouco mais de 30 minutos.

      Onde se hospedar em Voledam:

      As duas regiões mais charmosas para se ficar em Voledam são as da marina e do porto, uma próxima a outra. Na primeira, aposte no charmoso Hotel Marinapark, construído no estilo clássico holandês, com cama box, cafeteira, mesa e banheiro privativo. O segundo, o Hotel Old Dutch, bem no píer, segue o mesmo design, com vista para o lago.

      Hotel Marinapark tem quartos espaçosos e claros

      Estilo clássico no Hotel Old Dutch

      Bate-volta Amsterdam: Haarlem

      Haarlem é uma graça: pequena, mais antiga  que Amsterdam, e centro cervejeiro da Holanda. Dito isso, além deu bater perna no belíssimo centro histórico, faça uma parada na  cervejaria local, a Jopenkerk (que ocupa o lugar de uma antiga igreja!). O Grote Markt também merece uma visita, assim como a Igreja St Bavo. E se quiser uma vista privilegiada da cidade, com direito a moinho e tudo, rume para a Catarijnebrug, a ponte sobre o rio Spaarne.

      Como chegar no Haarlem:

      De trem, a cerca de 15 minutos de trem saindo da Central de Amsterdam.

      Onde se hospedar em Haarlem:

      A região que indicamos em Haarlem é nas proximidades do rio Binnen Spaame, onde é charmoso andar a pé e fica a poucos minutos do centro histórico. Por lá, indicamos primeiro o Ambassador City Centre Hotel, um prédio antigo muito charmoso, com quartos no estilo apart, com cozinha e lavanderia, ideal para famílias. O outro que também gostamos é o Amrâth Grand Hotel Frans Hals, que tem um café da manhã incrível, com enorme variedade de pães, bolos e doces.

      cidades perto de Amsterdam para fazer um bate-volta

      cidades perto de Amsterdam

      Vista do Ambassador City Centre Hotel

      Decoração clássica no Amrâth Grand Hotel Frans Hals

      Lugares para visitar a partir de Amsterdam: Rotterdam

      Arquitetura moderna, multicultura, vibrante. É assim que é Rotterdam, a segunda maior cidade da Holanda, e outra da lista de cidades perto de Amsterdam. Não espere ruas com edifícios antigos, restaurantes e lojas vintage, nem nada do tipo. O moderno vibra nos prédios espelhados, nos bares descolados e na onda de jovens que ficam pelas praças.

      As atrações da cidade se concentram na área do centro e dá para fazer tudo a pé em um único dia. Dos poucos prédios históricos que sobraram da cidade depois da destruição total na Segunda Guerra Mundial, vale visitar a Igreja de Laurenskerk, inaugurada em 1525, e o Witte Huis, o primeiro prédio construído na Europa.

      Já na parte moderna, não pode faltar um pulo no Markthal, principal mercado central e também cartão postal de Rotterdam. Vale escolher um dos muito restaurantes do local para almoçar. Logo perto também estão as Cube Houses, que impressionam pelo design e também pelo ar futurista, apesar de terem sido construídas em 1978. Por fim, outro simbolo de modernidade é a ponte Erasmusbrug, que liga as regiões norte e sul da cidade.

      Como chegar em Rotterdam:

      O trajeto entre as duas cidades é de pouco mais de 80 km, mas é possível fazer a viagem de trem, sem conexões. As passagens custam em média  €15 euros por pessoa e podem ser compradas diretamente pelo site da empresa NS.

      Onde se hospedar em Rotterdam:

      Nossa região favorita em Rotterdam é o centro histórico da cidade, onde ficam os principais pontos turísticos da cidade, várias lojas e restaurantes, e também onde está a estação de trem, ideal para quem quer ficar mais do que um dia. Gostamos de dois hotéis por lá, o Bilderberg Parkhotel Rotterdam, com instalações modernas e quartos confortáveis, e o Premier Suites Plus, que tem apartamentos para famílias de até quatro pessoas e vista incrível de Rotterdam.

      bate-volta de Amsterdam lugares para fazer bate-volta a partir de Amsterdam as cidades mais lindas para conhecer a partir de Amsterdam

      cidades próximas de Amsterdam

      Conforto do Bilderberg Parkhotel Rotterdam

      cidades para visitar a partir de Amsterdam

      O PREMIER SUITES PLUS Rotterdam tem apartamentos para até 4 pessoas

      Bate-volta de Amsterdam: Zaanse Schans

      Zaanse Schans é uma vila da cidade de Zaandam, a 22 km de Amsterdam, conhecida como vila do moinhos, com as construções clássicas holandesas. Toda a estrutura é voltada para o turismo. Os restaurantes e cafeterias servem receitas típicas, há diversas lojas de souvenirs, além das atrações históricas.

      Logo na entrada da vila fica o Museu de Zaanse, que conta a história da região e expões obras do artista Monet, que morou por lá. Nas construções seguintes ficam outros pequenos museus charmosos para explorar. Entre eles, o museu do queijo, do tamanco holandês e do Albert Heijn, maior rede de supermercados do país.

      Mas as estrelas do lugar são os moinhos que enfeitam o cenário. São 11 no total, mas só 6 estão abertos ao público. Os ingressos para eles podem ser comprados no local, e os valores variam com os horários e dias da semana. Para fechar com chave de ouro, um passeio de barco pelo rio Zaan, que acontecem na primavera e verão.

      Como chegar em Zaanse Schans:

      Dá para chegar em Zaanse Schans trem, mas é preciso ficar atendo à estação de descida. A rota é de Amsterdam em direção a Uitgeest, parando na estação Zaanse Schans. O valor da passagem é €5 euros, a viagem dura 20 minutos e também pode ser comprada pelo site da NS.

      Onde se hospedar em Zaanse Schans:

      Por ser uma cidade muito pequena, Zaanse Schans tem um único hotel no centro da vila, o Heerlijck Slaapen op de Zaanse Schans, que fica na rua principal, em uma casa charmosa no estilo holandês. A experiência de ficar nela é única, já que a estrutura original da casa se manteve, com jardim interno e fachada de pedras. Os quartos tem um ar antigo, quase que uma viagem no tempo, com cama box, cafeteira e amenidades no banheiro.

      Prédio do Heerlijck Slaapen op de Zaanse Schans

      Cidades perto de Amsterdam : Utrecht

      Utrecht é mais uma das cidades perto de Amsterdam, e está entre as mais antigas da Holanda e é uma ótima opção para um passeio bate-volta. As construções medievais entre os canais convidam à um passeio pelas ruelas e cantinhos charmosos. Diferente de Amsterdam, as margens do rio são rebaixadas, ocupadas por antigos galpões que hoje abrigam restaurantes e bares.

      A atração principal da cidade é a Dam Tower, que fica anexa à Catedral de Saint Martin. Dá para subir nela e ter uma vista espetacular de Utrecht, mas vale saber, são 465 degraus. No entanto, o mais legal é caminhar sem rumo, explorando os muito brechós e lojinhas de souvernirs.

      Como chegar em Utrecht:

      O trajeto de trem até Utrecht leva menos de 30 minutos e dá na estação central da cidade, próximo dos pontos turísticos. As passagens custam a partir de €8 euros por trecho e podem ser compradas no site da NS.

      Onde se hospedar em Utrecht:

      Fique no centro, de preferência próximo do canal que corta a cidade, onde ficam as ruas mais charmosas de Utrecht. Nossos favoritos são o Court Hotel City Centre Utrecht, localizado em um antigo tribunal da cidade e que traz o tema para a decoração dos quartos, modernizados e bem equipados, e o Grand Hotel Karel V, que combina o clássico com o contemporâneo, em instalações espaçosas e iluminadas.

      bate e volta partindo de Amsterdam

      Quarto moderno do Court Hotel City Centre Utrecht

      cidade charmosas perto de Amsterdam

      Detalhes da decoração do Grand Hotel Karel V

      Dicas úteis:

      • O seguro viagem é obrigatório da Europa. Pra saber qual seguro se adapta melhor às suas necessidades e ao seu orçamento, a gente indica e usa o Segurospromo. Ele busca e compara os preços e coberturas de todos os planos, e assim você consegue escolher a melhor opção.
      • Não é preciso tirar visto antes de embarcar para a Holanda. Ele é concedido na hora, e sem problemas.
      • Se precisar de internet no celular, recomendamos a Easysim4u, que revende os chips da Orange. O chip entregue configurado na sua casa no Brasil, e você só precisa colocar no celular!

      Acompanhe nossas viagens também pelo instagram jujunatripblog

      E assine nosso canal no Youtube

      SalvarSalvar

      1 Comment

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado.