Sardenha, guia completo de toda a ilha

Golfo de Orosei e Cala Goloritze, na Sardenha
Golfo de Orosei e Cala Goloritze, na Sardenha

A Sardenha é a ilha azul da costa mediterrânea da Itália. Não importa por onde se ande, sempre haverá uma praia linda, uma paisagem exuberante. Nesse post reunimos todas as informações necessárias para curtir ao máximo esse destino, explicando como chegar, como se locomover, onde ficar, o que fazer e onde comer.

Onde fica a Sardenha:

Ela é a maior ilha do mediterrâneo, localizada na costa oeste da Itália (na altura de Nápoles). São mais de 24 mil km² de extensão, rodeada por um mar azul e cristalino. No mapa abaixo dá para visualizar melhor a posição de Sardenha.

Como chegar na Sardenha:

A ilha de Sardenha tem três aeroportos, em Olbia (no norte), em Alghero (no noroeste) e em Cagliari (no sul). Os valores das passagens variam de acordo tanto com o ponto de partida, quanto com a chegada. As principais capitais européias têm voos para Sardenha, mas os trechos mais curtos (e também mais baratos) são partindo de Roma e Madrid.

Marcamos essas três localizações no mapa para facilitar a visualização. O principal deles é o de Olbia, que fica perto das praias mais lindas da ilha.

Para conseguir as opções mais baratas, recomendamos a busca no Skyscanner ou no Google Flights, que fazem uma varredura nas tarifas de todas as cias aéreas e apresentar os valores mais baixos.

Outra possibilidade é ir de ferry. As saídas da Itália são das cidades de Civitavecchia, Livorno e Nápoles, e da França partindo de Nice, Marseille e Toulon.  As principais empresas  são: Tirrenia, Moby, Corsica & Sardinia Ferries, La Méridionale e  Grimaldi Lines.

 

Quando ir para a Sardenha:

O período ideal para se visitar a Sardenha é entre junho e setembro. É quando as temperaturas sobem e dá para aproveitar toda a costa azulada da ilha.

Se quiser fugir da onda de turistas, opte por junho e setembro, que marcam o inicio e final do verão europeu.

Como se locomover pela Sardenha:

O carro é indispensável nesse destino. Precisa mesmo, ou perderá um tempo precioso entre as linhas de ônibus.

Se quiser comparar tarifas das locadoras e alugar online, recomendo dois buscadores:  rentalcars ou  rentcars; ambas são plataformas que buscam os melhores valores em todas as lojas de carro.

Importante: GPS ou Waze são uma boa pedida para andar pela Sardenha. A ilha tem muitas estradinhas, o que pode confundir a localização.

Quanto tempo ficar na Sardenha:

Como falamos antes, a ilha de Sardenha é grande e para andar de uma ponta a outra são em média 4h de carro.

Por isso, recomendamos pelo menos 12 dias inteiros em Sardenha.

Onde se hospedar na Sardenha:

A localização faz toda a diferença na hora de conhecer a Sardenha.

As praias mais lindas ficam no Arquipélago La Maddalena,  Costa Esmeralda e Costa leste.

Eu acho que vale à pena se hospedar uns 4 dias em La Maddalen, outros na 6-8 Costa Esmeralda/Costa leste, e uns 2 no sul.

Sendo que para explorar a Costa Esmeralda pode escolher como base Palau, Porto Cervó ou Olbia, e no Golfo de Orosei ficar em Gonone (na minha opinião, as praias mais lindas – e selvagens, ficam pro lado de Gonone)

No sul, pode montar base em Cagliari/Villasimius.

Porto Cervó: luxo na Sardenha

Dicas Sardenha: Cidade de Ganone com a praia linda de mesmo nome em frente.

Dicas Sardenha: a vila de Gonone

Onde ficar na Sardenha: Palau

Onde ficar na Sardenha: Palau

La Maddalena, Sardenha

As ruas de La Maddalena, Sardenha

E Olbia

Melhores hoteis na Sardenha: onde ficar na Costa Esmeralda

Melhores hotéis da Sardenha: Quarto amplo do hotel Luna Lughente.Melhores hotéis da Sardenha: Quarto amplo do hotel Luna Lughente.

Onde se hospedar em Olbia: Quarto do Hotel Stefania Boutique.

Onde se hospedar em Olbia: Quarto do Hotel Stefania Boutique.

Onde ficar na Sardenha: Quarto amplo do Hotel Grand Relais Dei Nuraghi.

Onde ficar na Sardenha: Quarto amplo do Hotel Grand Relais Dei Nuraghi.

Onde se hospedar na Sardenha: Golfo de Orosei

O quarto da Villa Gustui, um dos melhores hoteis na região de Gonone

Dicas de hotéis na Sardenha: Alghero

Onde ficar no Sul da Sardenha

O que fazer na Sardenha: Costa Leste

Começo por aqui porque é na costa leste da Sardenha, no Golfo de Orosei, que ficam algumas das praias mais bonitas da Itália, com mar absurdo de azul e escondidas entre rochedos branco brilhante. São elas:

  • Cala Goloritze
  • Mariolu
  • dei Gabbiani
  • Cala Luna
  • Piscine di Venere

Nessa região, o melhor é montar base em Gonone. Não é uma praia maravilhosa, mas tem um bom vilarejo, e dela saem os barcos para as calas que mencionei acima, só  acessíveis por trilha (longas e sob o sol) ou mar. E aí as opções são:

  • Cruzeiro em barco grande : o barco tem lugar para 130 pessoas, e para apenas em algumas praias. É a opção mais barata, e custa em média 35€ por pesso. Não é preciso reservar com antecedência porque saem barcos praticamente de hora em hora. E você pegar um barco, saltar na praia que quiser, ficar por lá, e voltar no barco seguinte.
  • Mini Cruzeiro : o passeio é feito em barcos menores (de madeiro ou inflável) com capacidade para até 12 pessoas e costumam parar em 3 praias e nas cavernas do caminho. Custa em média 55-60 euros por pessoa, e  recomendo consultar onde são as paradas. Um dos que recomendo é o do Sardinia Natural Park Tours, com 7 horas de passeio e parando em Goloritze e Mariolu.
  • Gommone para aluguel: Nesse caso, você dirige o seu próprio barco e não precisa ter licença. A única regra é não se afastar 10km do litoral. É a opção que acho mais bacana, mas  acho uma boa fazer o passeio com o capitão primeiro, para conhecer as praias e trajeto. E assim se garantir na navegação.
  • Táxi Aquático: Você combina um ponto/praia para que o barco de deixe e depois te busque.

Fora a Sardinia Tours, a Dolmen também faz passeios, taxi e aluga o gommone.

Cala Luna, em meio as rochas imponentes e com seu mar ultra azul

A formação rochosa que dá nome a Cala Luna.

A formação rochosa que dá nome a Cala Luna.

O que fazer na Sardenha: Cala Goloritzé.

O que fazer na Sardenha: Cala Goloritzé

E agora a Cala Goloritze vista do alto: linda é pouco para descrever

E agora a Cala Goloritze vista do alto: linda é pouco para descrever

A belíssima Cala Mariolu, na Sardenha

A belíssima Cala Mariolu, na Sardenha

Mais uma da Mariolu

Mais uma da Mariolu

E a Piscine di Venere, com água ultra azul

Essas praias que falei acima são as estrelas da Costa Leste, mas não são as únicas. Há outras que também merecem um mergulho, e acessíveis de carro. Entre elas, Cala Liberotto e Cala Moresca.

Moresca fica em uma área de reserva, então é super preservada. É preciso caminhar do estacionamento até ela. É lindíssima, azul, e dividida por uma grande rocha.

Cala Liberotto

Cala Liberotto

A Cala Moresca, acessível de carro, e em área de proteção

As praias mais lindas da Costa Esmeralda

Outro cartão postal da Sardenha é a Costa Esmeralda, que fica na parte nordeste da ilha. Ela vai da Olbia até Palau/Maddalena, incluindo também as 7 ilhas do arquipélago de Maddalena.

Toda essa região recebe esse título justamente por conta da cor do mar.

A extensão é longa e há muitas paradas que merecem atenção. Nós listamos aqui as  praias mais lindas da costa esmeralda, que são acessíveis de carro, e mais para frente detalharemos cada uma das ilhas de Maddalena.

  • Pevero – é formada por Piccolo e Grande Pevero, e tem águas calmas e rasas.
  • Spiaggia Del Principe  – ganhou esse nome por ser uma das preferidas do príncipe Karim Aga Khan. Para chegar nele, é precisa andar quase 1 km  a partir do estacionamento.
  • Capriccioli – é uma pequena praia de mar azul, com cerca de 200 metros, cercada de pinheiros e oliveiras, e dividida por uma rocha.
  • Liscia Ruja – também conhecida por Long Beach por ser uma das mais extensas da Sardenha. Tem uma vista linda das ilhas de Soffi e Mortorio no horizonte. Tem barracas e cadeiras na areia.
  • Petra Ruja – pense numa praia de mar azul, com rochas e areia avermelhadas. É essa!
  • Cala Sabina – é uma prainha linda, de água muito azul, isolada e escondida entre morros.

E aqui vão as fotos de cada uma, em ordem:

A praia de Pevero, uma das mais lindas da Costa Esmeralda da Sardenha

A praia de Pevero, uma das mais lindas da Costa Esmeralda da Sardenha

Spiaggia Del Principe na Sardenha.

Spiaggia Del Principe na Sardenha.

Dicas Sardenha: Liscia Ruja.

Dicas Sardenha: Liscia Ruja.

Roteiro Costa Esmeralda: Praia de Capriccioli.

Roteiro Costa Esmeralda: Praia de Capriccioli.

Praias da Sardenha: Rena Bianca.

Praias da Sardenha: Rena Bianca.

As águas cristalinas de Petra Ruja na Sardenha.

As águas cristalinas de Petra Ruja na Sardenha.

Em tempo: um pouco antes de Olbia, em direção ao Sul, ficam duas praias imperdíveis, a Cala Brandinchi e a Capo Coda Cavallo. Na verdade, ela fica fora da Costa Esmeralda, numa região chamada San Teodoro, mas incluo aqui por racionalidade do roteiro.

As duas fazem parte do parque Marinho de Tavolara e ficam em uma área com ar mais selvagem e sem estrutura. Um aviso importante: cheguem cedo, pois o estacionamento não é grande e lota.

Cala Brandinchi: uma das mais lindas da Sardenha

O parque Marinho de Tavolara

Dicas da Sardenha: cala Brandinchi

Dicas da Sardenha: cala Brandinchi

E a praia de Capo Coda Cavallo

E a praia de Capo Coda Cavallo

Costa Esmeralda – Arquipélago de Maddalena:

O arquipélago de Maddalena também faz parte da Costa Esmeralda, mas merece ser falado separadamente, pois há muitos detalhes sobre ela.

Primeiro, são 7 ilhas principais: La Maddalena, Caprera, Santo Stefano, Santa Maria, Razzoli, Budelli e Spargi (todas indicadas no mapa).

A principal é La Maddalena, que dá nome ao conjunto de ilhas. É nela que há hospedagem e também de onde partem os passeios para as demais.

O arquipélago de Maddalena é lindo e, como falei acima, vale montar base aqui para pode explorará-la.

Como chegar em La Maddalena

O ferry para chegar até Maddalena parte de Palau, custa a partir de 7€ (ida e volta) por pessoa e leva cerca de 15 minutos de travessia.

Se quiser ir de carro há um valor adicional a partir de 15€ (esse valor varia de acordo com o modelo e tamanho do veículo). Passagens pelas empresas Maddalena LinesDelcomar.

Como circular no arquipélago Maddalena

Em Caprera e Maddalena, você vai usar o carro.

Para as outras ilhas, o acesso é apenas de barco (passeios em grupo ou alugando um gommone).

Sobre as ilhas , uma a uma:

La Maddalena:

E ela que dá o nome ao conjunto de ilhas, e é a maior e principal delas. Tem  praias bonitas, de águas azuis e mar calmo, mas não são exuberantes. Melhor passar seu tempo em Caprera e nas outras ilha. O destaque aqui fica para o centrinho (muito fofo) e a Estrada Panorâmica que dá a volta na ilha.

Centro histórico de Maddalena na Sardenha.

Centro histórico de Maddalena, na Sardenha.

Caprera:

Tem ligação com Maddalena por uma extensa ponte e praias lindas. Lá, os destaques são:

  • Cala Coticcio: conhecida como praia Tahiti, é uma das mais lindas. Para chegar, é preciso atravessar uma trilha de meia hora (ou pegar um barco)
  • Cala Napoletana: também é preciso fazer uma trilha mais ou menos 3km depois de parar o carro. Na sequência, fazendo mais uma caminhada de 2o minutos a partir de Napoletana, chega-se na Cala Capraresa
  • Cala  Garibaldi: tem acesso de carro, estacionamento, mas não é uma praia exiberante
  • Cala Serena – fica a 20 minutos a pé da Cala Garibaldi, e é muito bonita.
Praias mais lindas de Maddalena

A Cala Garibaldi

Praias mais lindas de Maddalena: Cala Coticcio

Praias mais lindas de Maddalena: Cala Coticcio

Cala Cotticio

Cala Cotticio

La Maddalena Sardenha

Cala Caprarese

Cala Serena

As outras ilhas:

Spargi, Budelli, Santa Maria, Ràzzoli e Santo Stefano têm as praias mais espetaculares do arquipélago, é são acessíveis apenas de barco. Sendo assim, sugiro focar nelas.

Listo aqui aqui as melhores praias da cada uma das 5 ilhas, e em seguida falarei dos passeios e do aluguel de barquinhos.

  • Spargi: pra mim, é a ilha com as praias mais bonitas do arquipélago. O mar é de um tom azulado intenso e mar bem calmo. As praias mais lindas são Cala Corsara, Cala Granara e Cala Soraya.
  • Budelli: a menor de todas as ilhas tem como destaque a Spiaggia del Cavaliere.
  • Santa Maria: tem uma praia muito popular que leva o mesmo nome da ilha. Costuma ficar cheia pois tem parada para grandes escunas, o que eu não curto.
  • Ràzzoli: a ilha mais afastada é também a que tem menos acesso s praias. Nela o ponto principal é o Passo degli Asinelli, uma espécie de canal que separa Razzoli de Santa Maria. O mar nesse canto é muito calmo, formando uma enorme piscina natural para ancorar e curtir os diferentes tons de azul.

Dica: Fique de olho no dia para ir em Maddalena. Os finais de semana são sempre cheios, deixando o visual meio poluído de visitantes. Se puder, escolha dias de semana, que são mais tranquilos.

Praias mais lindas de Maddalena: a Cala Soraya, em Spargi

Praias mais lindas de Maddalena: a Cala Soraya, em Spargi

E mais uma de Cala Soraya

A Cala Corsara, também em Spargi, Maddalena

A Cala Corsara, também em Spargi, Maddalena

Flagrante dos mares em Cala Corsara

A Cala Granara

O Passo degli Asinelli

Roteiro Sardenha: o Passo degli Asinelli entre as ilhas de Santa Maria e Ràzzoli.

Roteiro Sardenha: mais uma do Passo degli Asinelli, entre as ilhas de Santa Maria e Ràzzoli.

Para explorar essas 5 ilhas, há duas opções: ir com uma excursão (em barcos maiores de até 30 pessoas) ou alugar os chamados gommonis (que são botes de até 3 pessoas).A principal diferença entre eles é o preço (a média das excursões é de 40€ por pessoa e de gommonis é de até 200€ por casal) e as paradas. Em grupos maiores há lugares e horários definidos no passeio, o que não acontece indo nos botes.

Empresas locais bem qualificadas que vendem o tour são Elena Tour (saídas de Maddalena ou Palau) e Sport Outdoor (saída de Palau, em passeio all inclusive).

Já para o aluguel do gommone, há dezenas de empresas na marina de Maddalena. Onde você avistar “Noleggio Gommoni”, significa aluguel de inflável. Nós reservamos a Fratelli Cuccu. Mas vimos essas também: Nautilus, La Rosa dei Venti e Marina Avid.

O valor do aluguel é a partir de 80€ e mais o combustível utilizado (perto dos 30€ para um dia inteiro) e, se você quiser, um piloto.

Praias da região sul da Sardenha:

Começamos pela Spiaggia de Feraxi, que fica no canto leste. Ela é uma das maiores em extensão, com larga faixa de areia. Tem um ponto de apoio com cadeiras e espreguiçadeiras, o resto é selvagem e tranquilo.

Outra pérola do sul é a praia de Simius. Ela fica em frente do vilarejo de mesmo nome. No verão, a larga extensão de areia ganha cadeiras e espreguiçadeiras para aluguel, mas a quantidade de restaurantes por perto são poucos, então indicamos levar o lanche.

E não podemos deixar de fora a praia de Tuerredda, linda e azul. Ela fica no extremo sul da Sardenha, em uma área com poucos estabelecimentos. Mesmo assim, ela recebe muitos visitantes no verão e o ideal é ir sempre em dias de semana, que são mais tranquilos.

Vale lembrar: Todas que mencionamos aqui são acessíveis de carro.

Dicas Sardenha: a linda Spiaggia Feraxi.

Dicas Sardenha: a linda Spiaggia Feraxi.

O que fazer na Sardenha: Praia de Simius.

O que fazer na Sardenha: Praia de Simius.

Sardenha praias: a azul Tuerredda.

Sardenha praias: a azul Tuerredda.

Praia da região norte da Sardenha:

Por fim, mas não menos lindas, as praias da região norte, que ficam a apenas 1 hora de Alghero. Falamos primeiro da Ezzi Manu, que é uma larga extensão de areia bem clara que se combina com um mar cristalino. A água é calma, ideal para ir em família.

Vale ressaltar que, apesar de ficar em uma área residencial e ter alguns restaurantes, a estrutura do local é bem limitada. Leve um lanchinho para não ficar na mão.

Já a praia de La Pelosa é mais bem estruturada, porém mais cheia, o que em nada abala a sua beleza. Achamos ela uma das mais lindas da Sardenha:o mar tem diferentes tons de azul, que se intensificam ainda mais com o sol.

Há um estacionamento logo na entrada, que cobra por dia ou por hora utilizado, barracas para alugar espreguiçadeiras e cadeiras e também restaurantes em volta (o Il Ginepri é o melhor).

O cristalino mar da praia de Ezzi Manu no norte da Sardenha.

O cristalino mar da praia de Ezzi Manu no norte da Sardenha.

Praias mais bonitas da Sardenha: Praia La Pelosa.

Praias mais bonitas da Sardenha: Praia La Pelosa.

Atividades diferentes para fazer na Sardenha:

O primeiro passeio que vamos mencionar aqui é até a Capo Caccia, formação geográfica linda que fica na costa noroeste da Sardenha, próxima de Alghero.  O lugar nada mais é que um extenso e imenso paredão rochoso virado para o mar.

No topo, há um farol e uma área de observação, com vista panorâmica. E é também em Capo Caccia que fica a Grotta di Nettuno, uma caverna escondida com água claríssima e estalactites. O acesso a ela pode ser de carro, parando no topo do mirante e descendo as escadarias feitas nas rochas.

Há um pequena estacionamento e uma bilheteria no local. O valor da entrada para a gruta e para o mirante é de 13€.

Outra opção é ir de barco, partindo de Alghero. O percurso contorna a Capo Caccia (onde se tem uma perspectiva diferente da região, e deixa os visitante na parte baixa da gruta.

Algumas das empresas que fazem o passeio são a Grotte di Nettuno e a Bitan. Valores a partir de 35€ por pessoa.

Mais uma atividade que costuma ser deixada de lado é a visita às cidades principais. Olbia é mais agitada, por receber embarcações direto de Roma. Tem prédios históricos coloridos e uma especia de murada com vista para o mar que dá para caminhar.

Já Alghero tem influência catalã, por ser a parte da Sardenha mais próxima da Espanha. O tom terroso predomina e há uma igreja central datada de 1593.

Por último, Cagliari, a cidade ao sul. Muitas vezes ela não é visitada por estar longe da costa esmeralda, mas é muito charmosa para conhecer a pé. Sem contar que ela fica a poucos minutos de praias belíssimas da região sul, como a Simius e a Tuerredda, que mencionamos anteriormente.

Interior da Grotta di Nettuno na Sardenha.

Interior da Grotta di Nettuno, na Sardenha.

Sardenha dicas: Foral do Capo Caccia.

Sardenha dicas: Foral do Capo Caccia.

Cidade histórica de Olbia na Sardenha.

Cidade histórica de Olbia na Sardenha.

Alghero, uma das principais cidades da Sardenha.

Alghero, uma das principais cidades da Sardenha.

A colorida cidade de Cagliari, no sul da Sardenha.

A colorida cidade de Cagliari, no sul da Sardenha.

Onde comer na Sardenha:

Assim como separamos os hotéis na Sardenha em 3 cidades, faremos o mesmo com os restaurantes. Em cada uma delas há boas opções para comer, principalmente da culinária local, que tem forte influencia espanhola e mediterrânea.

Leia também:

Roteiro Itália: Costa da Ligúria

As praias mais lindas da Itália

Melhores hoteis de Roma: nossa lista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.