Pérolas da Toscana: Sovana e Sorano

Do ladinho de Pitigliano (a gente falou de lá nesse post aqui), ficam Sovana e Sorano. Pode-se percorrer a pequena Sovana, por exemplo, em um dia. A cidade tem apenas duas ruas e uma praça e, em dez minutos, atravessa-se de um lado ao outro. Mas para conhecê-la de verdade é preciso mais tempo.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

As ruas são cobertas de flores e há lojas de artesanato por todos os lados, além de restaurantes que fazem jus à boa fama da culinária toscana. Praticamente tudo orbita em torno da Piazza Pretorio, onde estão a Igreja Santa Maria, do século XII, e o Palazzo dell’Archivio.

sovana8

sovana1

A cidade é linda, uma joia delicada. Estilo 0km por hora; calma, contemplativa e aconchegante. E também antiga. Só pra se ter ideia, a catedral (parece uma igrejinha de desenho animado) da praça é uma construção do século X, e está inteirinha. Já no entorno de Sovana, está o mais espetacular sítio arqueológico etrusco, uma necrópoles muito bem preservada, com templos, tumbas e a Vie Cave. Pra quem gosta de caminhar, uma das vias vai até Pitigliano!

sovana etrusco

A 20 minutos de carro de Sovana fica a bela Sorano, outro recanto medieval povoado majoritariamente por idosos… e felinos. Sorano é daquelas pacatas cidades dos filmes italianos, que parecem só existir no cinema, com ruas estreitas, prédios de pedra, roupas estendidas na janela e gatos passeando na rua.

sorano sorano1 sorano8

 

MAIS DA TOSCANA

Pérolas da Toscana: Pitigliano

– Onde se hospedar em Pitigliano e Sovana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.