Óbidos: guia de viagem

Uma das pérola de Portugal. É assim que a cidade de Óbidos é definida. A pequena vila murada fica a pouco mais de 80 km da badalada Lisboa e guarda na arquitetura as origens históricas do país lusitano. Com o título de uma das Sete Maravilhas de Portugal concedido em 2007, e como Cidade Literária em 2015 pela UNESCO, vale a pena dar uma esticada até aqui e se perder pelas ruas de Óbidos e descobrir seus encantos. Para deixar sua viagem completa, montamos esse guia com dicas de hotéis, restaurantes e atividades por lá.

ruas de obidos N22291 Óbidos_view592 Obidos-o__bidos_village-1500x850 Casa-t--pica-Obidos faostor_2 02-Ruas-de-Óbidos

Como chegar em Óbidos:

Óbidos fica a 1 hora de Lisboa, e há três opções para chegar lá partindo da capital portuguesa. A primeira delas é a mais fácil e rápida, de carro. Basta pegar a via expressa A8 em direção à Leiria e entrar na saída 15. De longe já será possível ver as muralhas que cercam a cidade.

Se você optar pelo transporte público, é possível chegar de ônibus ou trem. Das duas opções, indicamos ir de ônibus, pois a estação de trem é relativamente longe da entrada da cidade. Há partidas para Óbidos diariamente saindo da Estação Campo Grande, ligada a linha verde do metrô. É possível consultar os horários e empresas pelo site Rodotejo.

O que visitar em Óbidos:

Porta da Vila Óbidos

A entrada da Óbidos já é uma atração à parte. Para visitar a cidade é necessário passar pela “Porta da Vila”, um portão medieval que faz parte da muralha. Parte do seu interior é revestido de azulejos portugueses datados do século 18 e, às vezes, os visitantes são recebidos por músicos tradicionais.

O portão dá acesso à rua Direita, principal de Óbidos. Perca-se então pelas ruelas da cidade murada. Cada canto esconde um restaurante, uma loja com artesanato local e até pequenas pousadas com arquitetura antiga.

Entre elas é possível também encontrar antigas igrejas, com a de Santiago, que hoje funciona como uma livraria. Não deixe de parar em algum bar tradicional e provar o licor de ginjinha, bebida originada em Óbidos, feita com um tipo de cereja selvagem e servida em copinhos de chocolate.

Como atrações principais, é possível andar pelas muralhas que cercam a cidade e visitar o Castelo de Óbidos. O castelo medieval foi construído no século XIII e hoje é uma das Sete Maravilhas de Portugal. Ele sofreu restauração completa em 1932 e hoje funciona como uma pousada de luxo.

Para ter uma vista privilegiada não só do castelo, mas também de toda cidade com casas brancas, faça um passeio pela muralha. Em alguns pontos há escadarias que levam até o topo para apreciação da vista. Mas tome cuidado, a muralha tem passagem estreita e não possui proteção.

Castelo de Óbidos PortugalObidos-santa_maria_church-1500x850

 

Dicas de Óbidos:

  • Para mergulhar ainda mais na história e provar a ginjinha no seu lugar de origem, vá até o bar Ibn Errik Rex. Foi lá que a bebida foi criada, há cerca de 160 anos. A casa que hoje abriga o bar era uma loja de antiquário e o proprietário oferecia o licor aos seus clientes.
  • Entre os meses de março e abril a cidade de Óbidos recebe o Festival Internacional do Chocolate. A programação conta com cursos e palestras dos principais chocolatiers de Portugal e de países como Suíça e França, além de muitas barracas com delícias e degustação.
  • Todos os anos a cidade de Óbidos vira um pequeno parque de diversão para toda a família. Entre dezembro e janeiro a decoração de natal toma conta das ruelas e recebe muitos visitantes em busca de boa comida e diversão. A Vila Natal, como o evento é chamado, conta com apresentações, oficinas, pista de patinação e muitas outras atrações.

Onde ficar em Óbidos:

Indicamos três hotéis/pousadas em Óbidos. O primeiro é o Torre de Maneys, que fica dentro da muralha. Suas acomodações misturam arquitetura antiga com móveis rústicos de madeira. O café da manhã é todo preparado com produtos locais, como pães, bolos e sucos naturais.

Se quiser ter uma experiência única, opte por uma estadia na Pousada Castelo de Óbidos, a principal atração da cidade e também uma das Sete maravilhas de Portugal. Todas as suas instalações são luxuosas e preservam alguns detalhes da arquitetura história da construção.

Por fim, se o seu roteiro conta também com passeios pelas redondezas de Óbidos, indicamos o Casa D’Óbidos, um hotel fazenda aconchegante que tem seus quartos virados para o Castela da cidade. Suas instalações contam com lounge com lareira, jardim em estilo clássico e piscina.

Onde comer em Óbidos:

Ibn Errik Rex – Além de oferecer um delicioso licor de ginjinha o bar é famoso por seus pratos aperitivos e sua decoração tipicamente medieval. Experimente as linguiças fritas acompanhado de pães e queijos. Rua Direita, 100.

Petrarum Domus – Outro restaurante em arquitetura medieval que vale a visita. Os pratos são uma combinação da culinária portuguesa com técnicas contemporâneas. Aberto desde 1986, o Petrarum Domus oferece uma vasta carta de vinhos Portugueses e pratos, como a carbonara, que utiliza ingredientes frescos e locais. Rua Direita, 38.

A Nova Casa de Ramiro – Restaurante tipicamente português, que oferece como um dos destaques o prato de bacalhau. Sua localização fica logo na saída da cidade de Óbidos, proximo a “Porta da Vila”. Rua Porta do Vale.

O Incrível Mercado Medieval de Óbidos

Sempre no verão, Óbidos se transforma e volta no tempo, simulando a época medieval com batalhas, mercados, danças, uma verdadeira festa! Esse ano, está acontecendo agora, com os festejos indo até 6 de agosto. Veja mais no site sobre o Mercado Medieval .

Mercado Medieval de Óbidos 8902480_orig Obidos-Chocolate-Festival Rua Medieval capa_286384 Obidos-grande_mercado_medieval_de_o__bidos-1500x850

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.