Dicas Joanesburgo: o que fazer em dois dias

Joanesburgo é um destino que se reinventou. Com um quê do Brooklyn, cheia de restaurantes e uma cena artística pulsante, a cidade-porta de entrada para o Krueger vale bem mais que um pernoite.

Ouvi muita gente falar que Joburg era violenta, e a verdade é que encontramos uma cidade vibrante.  Claro que não dá pra ficar dando sopa; há alguns lugares mais estranhos, mas é só escolher por onde andar e não ostentar nada. Nosso tempo foi de dois dias por aqui, e tranquilamente estenderia um dia a mais antes de rumar os safáris (antes, sempre antes! o safári deve ser a última das paradas da sua viagem, porque depois dele, nada tem graça!).
Sobre nossas passagens e roteiro, compramos nossas passagens pelo skyscanner (o site busca as melhores tarifas das cias aéreas, e tem um sistema de alerta por email que avisa quando os preços baixam). Fizemos Rio-Joburg-Cape Town-Rio e compramos o bilhete duas semanas antes da viagem por R$1600.
A saber sobre Joburg:

Stanley 44: roteiro em Joanesburgo

Uma antiga fábrica abandonada e ocupada por ateliês e afins sempre dá caldo. E o hub Staney 44 é exatamente isso. O ex-complexo industrial é ocupado por uma seleção ultra hispter de lojas, cafés e até uma loja de vinis com uma coleção e tanto e DJ full time. Tire uma tarde para passear por aqui, e de preferência almoce por essas bandas.
O Giardino serve massas deliciosas em mesas espalhadas num jardim, enquanto o Bean There tem uma seleção incrível de cafés, e o Salvation Café é ótima pedida para um café da manhã. E se quiser uma esticada, o Stanley Beer Yard é uma ótima pedida pra uma cerveja com música ao vivo.
day or relax in the courtyard enjoying live music on Saturdays.

Onde: 44  Stanley Avenue, Milpark, Johannesburg, Gauten. Segunda a sexta,das 9h às 16h, sábado das 9h às 15h, domingo das 9h às 14h.

IMG_0420 o que fazer em Joanesburgo dicas joanesburgo: stanley 44 avenue IMG_0405 (1)44-Stanley-24stanley 44 1Maboneng: o lado mais hispter e alternativo de Joburg

Grafites, restaurantes dentro de contâiners, feiras, designers de vanguarda. Maboneng é um Brooklyn revisitado, cheios de cantos interessantes. Comece pela Fox Street, e vá explorando a vizinhança até a Arts on Main, onde fica também um dos lugares mais agradáveis pra se tomar uma cerveja: o The Canteen.

E bem do lado, fica o espaço do projeto I was shot in Joburg, capitaneado por Bernard Viljoenum , um ex-morador de rua que singrou para a fotografia, se deu bem, e resolveu que arte é o futuro. O I was shot… distribui câmeras descartáveis para outros meninos que — como ele um dia — vivem na rua capturarem seu olhar sobre a cidade, depois as fotos são impressas, e a venda das imagens (lindas!), revertida para eles.

Também na Arts on Main, todos domingos (das 10h às 15h) e quintas (das 19h às 23h), acontece a Market on Main, um a feira de comida e design.

joanesburgo: maboneng  IMG_0449 (1) IMG_0450 IMG_0451 IMG_0461 (1) IMG_0466 (1) IMG_0415

Neighbourgoods Market

Todo sábado, chova ou faça sol, essa feira ocupa dois andares de um prédio com cervejas artesanais, comida de produtores locais e bacanices pra comprar. Vale conferir, sempre das 9h às 15h.

Onde: 73 Juta Street, Braamfontein, Johannesburg.

5f34d0fdfe_940_wide-2tumblr_m68jvyL3RF1r1dlqlo5_1280

Nosso hotel: onde ficar em Joburg

No alto de uma colina em Westcliff, com uma vista sensacional para a cidade e para o imenso campo verde do The Parks. O Four Seasons de Joanesburgo é o primeiro hotel da coleção FS na África do Sul, e tem quartos deliciosos, todos com varanda, além de duas piscinas maravilhosas, spa com sauna, e dois restaurantes irretocáveis. O  hotel fica num dos bairros mais nobres da cidade, e faz a diferença. Um pequeno oásis com 117 quartos dispostos em vários prédios charmosinhos, que formam uma espécie de vila, com direito a jardins, fontes e pátios bucólicos.

onde ficar em Joanesburgo: Four Seasons IMG_0454

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.