Lugares para ir no feriado de 15 de novembro

O final do ano está quase chegando, mas ainda dá tempo de aproveitar uma viagem antes das férias de verão. Nesse post separamos os 7 lugares para ir no feriado de 15 de novembro, o último antes do Natal. São cidades para todos os gostos, com opções de praia, campo e até viagens internacionais. Escolha a que mais combina com você.

Onde ir nos feriados de 2018: Porto de Galinhas

O primeiro da lista de lugares para ir no feriado de 15 de novembro é Porto de Galinhas, um pedaço de paraíso em Pernambuco. Para quem gosta de praia, o destinos é prato cheio. A orla da cidade é incrível de uma ponta a outras e os inúmeros passeios de barco conquistam todos os turistas.

  • Como chegar em Porto de Galinhas: Avião e aluguel de carro são as opções mais rápidas para chegar em Porto de Galinhas. O aeroporto da cidade de Recife fica a 53 km e a BR-101 é a principal via de acesso terrestre até a cidade. Nossa dica é usar o buscador de passagens do site do Skyscanner para conseguir as melhores passagens para o feriado.
  • Onde se hospedar em Porto de Galinhas: Já que  destino é de praia, escolha hotéis com pé na areia, para curtir ainda mais o feriado de 15 de novembro. Nossos favoritos em Porto de Galinhas são o Hotel Solar Porto, localizada na Rodovia PE, em uma área arborizada e tranquila, e o Enotel Acqua Club, com sistema All Inclusive e atividade para toda a família.
  • Clima em novembro: Um mês de poucas chuvas e muito sol. Mesmo já sendo verão, as temperaturas não estão no ápice da temporada.
  • Onde comer: Frutos do mar e pescado são as especialidades da cidade, então aproveite, se você gostar, para comer muito camarão e peixes. No centro, aposte no Barcaxeira, que faz um gratinado ótimo, e no Munganga Bistrô, para experimentar a moqueca. Se preferir outros tipos de prato, o La Tratoria serve massas e carnes variadas.

O que fazer em Porto de Galinhas:

O mar é a grande estrela de Porto de Galinhas e os passeios de barco são as principais atrações. Na maré baixa, as jangadas partem da praia da Vila até as piscinas que se formam à 15 minutos da costa. Fique de olho na tábua de marés para saber os melhores horários para para ir até elas. Se a reserva for com agências de turismo, pergunte com antecedência. Um passeio diferente que também envolve jangadas é a observação de cavalos marinhos no Projeto Hippocampus. A partida é do Pontal Maracaípe, que tem acesso por bugre pela praia ou de carro pela estrada.

Continuando com os passeios pelo mar, umas das praias mais bonitas que pode se visitar a partir de Porto de Galinhas é  Carneiros, ao sul. É preciso pegar ônibus pra chegar até lá, mas o tempo de trajeto vale a pena. O mar claro contrasta com o intenso verde das palmeiras que margeiam a orla, formando um cenário quase caribenho. Outras praias que são igualmente lindas, porém mais próximas para visitar são Muro Alto, onde estão os maiores resorts da região, Pontal do Cupe e Camboa.

As empresas que oferecem os passeio de barco, bugre ou mergulho são a Nordestur, a Pinheiro Tur e a Rodoltur.

viajar no feriado de novembro

Orla azul de Porto de Galinhas

para onde viajar no feriado de 15 de novembro

O verde esmeralda das piscinas naturais de Porto de Galinhas.

feriado de novembro

Igrejinha na Praia dos Carneiros

2) Buenos Aires

Buenos Aires é a Paris latino americana, uma ótima opção de viagem internacional sem ter que encarar o aumento do dólar e do euro. A cidade tem atrações turísticas históricas, culturais e gastronômicas, agrandando diferentes tipos de viajante. Por ser próxima, dá uma viagem e tanto no feriado prolongado do dia 15 de novembro.

  • Como chegar em Buenos Aires: Buenos Aires tem dois aeroportos, o de Ezeiza (EZE), maior e afastado da cidade, e o Aeroparque (AEP), próximo do centro, mas com menor estrutura. O de Ezeiza costuma receber a maioria dos voos internacionais e as passagens também são mais baratas, o contrário do Aeroparque, onde os valores aumentam. No buscador de passagens do site do Skyscanner fica mais fácil de achar todas as opções e os melhores valores para o feriado. Se a descida for em Ezeiza, reserve com antecedência o translado para o centro.
  • Onde se hospedar em Buenos Aires: Nosso bairro favorito em Buenos Aire é o Palermo Soho, onde as ruas arborizadas se misturam com construções descoladas e ruas movimentadas, mas se você prefere algo mais tranquilo, opte pelo bairro da Recoleta. No Palermo Soho os melhores hotéis são o Nuss, em frente a Plaza Serrano, e o Mine Hotel, também nas proximidades da praça. Em Recoleta, a pedida é o charmoso Alvear Palace Hotel.
  • Clima em novembro: Durante o dia as temperaturas variam de 21 a 29 ºC, mas a noite fica um pouco mais fresco, podendo chegar até os 15 ºC. Leve roupas frescas, mas não esquece um casaquinho fino para possíveis quedas na temperatura.
  • Onde comer: Buenos Aires é uma capital com diferentes possibilidades culinárias e você pode aproveitar isso para experimentar a culinária local, mas também tentar novos sabores. Dos locais, recomendamos o El Gran Paraíso, um dos melhores da cidade que fica no La Boca, e o El Pobre Luis, em Belgrano. De cafeterias, gostamos da Origen, com opções vegetarianas e leves em San Telmo, e Delicious Cafe, na Recoleta. Das opções internacionais, tem o asiático Osaka Madero e a pizzaria San Paolo.

O que fazer em Buenos Aires:

Apesar de ser um feriado de 4 dias, é tempo suficiente para conhecer os principais pontos de Buenos Aires. Nos bairros centrais, Recoleta, Retiro e Puerto Madero ficam alguns dos principais prontos da cidade, como o cemitério da Recoleta, o Museu Nacional de Belas Artes, a Casa Rosada, a Calle Florida e a Puente de la Mujer. O metrô local abrange todas essas atrações.

Outro bairro clássico para visitar é o La Boca, onde ficam o Caminito e o estádio de La Bombonera. O primeiro é um rua com construções coloridas que abrigam galerias de arte, restaurantes e lojas descoladas. O prédio mais famoso abriga uma das primeiras lojas da Havanna. O segundo é o estádio do Boca Juniors, time clássico da Argentina. Os fanáticos por futebol podem fazer visitas guiadas e conhecer um pouco da história do time.

Se quiser caminhar sem rumo e apreciar as belezas da cidade, indicamos os bairros de Palermo e Soho, que ficam ao norte do centro. As ruas são arborizadas, com arquitetura que mescla o clássico parisiense com o moderno latino. Caminhando se encontram muitas cafeterias, galerias de arte, pracinhas e lojas de marcas locais com itens diferenciados. Se quiser esticar em um ponto também turístico, vá até o Jardim Japonês, com arquitetura asiática e um seleção de plantas de todo o mundo.

Parte externa da Casa Rosada

Lugares para ir no feriado de 15 de novembro: Buenos Aires

Lugares para ir no feriado de 15 de novembro: Buenos Aires e as casinhas coloridas no Caminito

3) Campos do Jordão

Com ar Europeu, a cidade de Campos do Jordão é um dos 7 lugares para ir no feriado de 15 de novembro. O cenário nesse mês do ano não é o de inverno clássico que dá fama a cidade, mas é igualmente charmoso, com flores brotando nos canteiros e a paisagem verde das montanhas que cercam o vale.

  • Como chegar em Campos do Jordão: O aeroporto mais próximo é o da cidade de São José dos Campos, a 90 km de Campos do Jordão. A empresa que faz o trecho das principais capitais do país é a Azul, com voos direto ou com conexão. Encontre as passagens pelo  buscador de passagens do site do Skyscanner.
  • Onde se hospedar em Campos do Jordão: Os hotéis mais charmosos, no meio das montanhas, são aqueles que ficam relativamente distante de Capivari, o centro de Campos do Jordão. Sugerimos por lá o Castelo Nacional Inn, em uma construção antiga que lembra um castelo medieval, o clássico Carballo Hotel & Spa e o Hotel Serra da Estrela, no centro da cidade.
  • Clima em novembro: O clima é mais ameno em novembro, com poucas chances de chuva durante os dias. Vale levar um casaco fino para eventuais quedas de temperatura durante a noite.
  • Onde comer: Campos do Jordão é cidade para se comer bem, mas com tantos restaurantes bons, os preços podem ser maiores do que o normal. Um dos badalados e com comida incrível é o Churrasco ao Vivo, com cortes de carne nacional e argentina. Da culinária européia, as pedidas são o Baden Baden e o Harry Pisek, que servem pratos alemães e chopp de primeira.

O que fazer em Campos do Jordão:

O destino é o preferido dos casais, mas a verdade é que há atividades para toda a família. Começando pelos passeios de bonde e trem, que são a diversão das crianças. O bonde percorre por toda a área urbana e serve como transporte público para conhecer diferentes bairros. Já o trecho do trem é mais afastado, saindo de Emílio Ribas, na Vila Capivari, e indo até Santo Antônio do Pinhal.

Quem prefere caminha, vai adorar o centro de Capivari, a área onde se concentram os restaurantes e lojinhas de Campos do Jordão. O movimento é maior a noite, quando as ruas ficam iluminadas e os visitantes aproveitam para sentar nas praças ou experimentar a rica culinária alemã, que é especialidade da região. Aproveite o clima mais quente e experimente as diferentes cervejarias artesanais.

Para completar a visita, conheça o Parque Amantikir, com 22 jardins que reúnem espécies de plantas e flores vindas da Inglaterra, Alemanha, Japão e Austrália, e até um labirinto de arbustos, daqueles vistos em filmes. Os visitantes podem fazer visitas guiadas ou independentes, pisar na grama e cheiras as diferentes flores do lugar. A outra interação com a natureza acontece no Horto Florestal, com a maior reserva de araucárias do país. Lá se pode fazer trilhas de diferentes dificuldades, todas sinalizadas, arvorismo, tirolesas e também alugar bicicletas.

onde ir no feriado 15 de novembro

onde ir no feriado 15 de novembro: 0 charme das ruas da Vila de Capivari

viajar no feriado

Os vários jardins do Parque Amantikir

Estrada de ferro de Campos do Jordão

4) Onde ir no feriado 15 de novembro: Montevidéu

Montevideo é uma ótima dica de lugares para ir no feriado do dia 15 de novembro. É uma das capitais mais pacatas da América Latina, mas mesmo assim tem bastante coisa para se fazer. Os passeios vão de caminhadas pela parte antiga do centro, conhecendo um pouco da cultura local, até cenários espetaculares do Rio da Prata, que forma orlas charmosas e um pôr-do-sol lindo.

  • Como chegar em Montevidéu: De avião, chegando pelo Aeroporto Internacional de Carrasco, que fica a 40 minutos do centro. As principais capitais do país tem voos saindo diariamente para Montevideo e os preços para o feriado podem ser vistos através do buscador de passagens do site do Skyscanner.
  • Onde se hospedar em Montevidéu: Há dois bairros com estilos diferentes que são ótimos para se hospedar em Montevidéu, a Cidade Velha e Punta Carretas. O primeiro é a parte histórica da cidade, com um ar mais rústico e tranquilo. Os hotéis que indicamos por lá são o Alma Histórica Boutique Hotel, em um prédio histórico, e o contemporâneo Don Boutique Hotel. Já em Punta Carretas, os melhores são o Esplendor by Wyndham, que fica de frente para o rio, e o Hotel Gema Luxury Suites, na frente do Parque Juan Zorrilla.
  • Clima em novembro: É o mês que encerra a primavera e, ao contrário de calor, as temperaturas ficam mais amenas, entre os 15 e 18 ºC. As temperaturas mais baixas são durante a noite, quando venta um pouco mais nas proximidades do rio.
  • Onde comer: A culinária uruguaia não tem um identidade definida, então os melhores restaurantes da cidade são aqueles que mesclam temperos latinos com toques internacionais. Na Cidade Velha, nossas indicações são o charmoso Sante Cafe & Cocina, que serve saladas, caldos e sanduíches e muitos doces, e o Volveras a Mi, cafeteria que tem um dos melhores alfajores de doce de leite da cidade. Para um cardápio mais refinado, a opção é o Francis Restaurant, em Punta Carretas, e para algo mais moderno, o Bruta, que serve tapas.

O que fazer em Montevidéu:

Montevidéu tem duas principais regiões legais para se conhecer, a Cidade Velha, onde fica a parte histórica e Punta Carretas, extensa orla no Rio de Prata onde estão concentrados os bares e restaurantes badalados. A caminhada é atividade obrigatória, onde em cada esquina há uma construção incrível e lojinhas tradicionais escondidas.

Comece pela Cidade Velha, andando dá parte mais afastada do rio e indo até o terminal das balsas. A construção mais famosa é o Palacio Salvo, que fica na Plaza Independencia. A arquitetura é uma mistura de estilos europeus e ele foi considerado o maior prédio da América Latina por anos. Nas proximidades há para visitação o Teatro Sólis e o Museu Torres García, que oferecem visitas guiadas. Continue a caminhada em direção ao terminal, onde fica o Mercado del Puerto, um dos melhores lugares da cidade para comer churrasco.

O destino nos finais dos dias é Punta Carretas, na parte leste de Montevidéo. Por lá ficam restaurantes variados, ótimas lojas para compras, e a orla, que é um lugar ótimo para caminhar no final do dia e ver o pôr-do-sol. Apesar de ser o bairro mais movimentados, não espere agito até altas horas da madrugada, pois os locais terminam o dia mais cedo, então se programe para comer antes das 22 horas.

Lugares para ir no feriado de 15 de novembro: Montevideo

Lugares para ir no feriado de 15 de novembro: Montevideo

Lugares para ir no feriado de 15 de novembro: Trancoso

Trancoso foi “descoberta” nos anos 70 pelos hippies que iam curtir o litoral baiano e de lá para cá o lugar só ganhou prestígio. Mesmo assim, o charme simples das praias e da vila foi mantida, o que deixa o conjunto ainda mais encantador. Por isso, um dos lugares para ir no feriado de 15 de novembro é Trancoso.

  • Como chegar em Trancoso: Trancoso tem um pequeno aeroporto que recebe voos diários pela manhã e tarde, com conexão em Brasília e Minas Gerais. Uma pesquisa pelo buscador de passagens do site do Skyscanner mostra as passagens mais baratas e rápidas.
  • Onde se hospedar em Trancoso: Das opções com pé na areia, indicamos o Pousada Villas de Trancoso, que fica na praia de Praia dos Nativos, a 15 minutos da Praça do Quadrado, e o UXUA Casa Hotel & Spa, a 2 minutos da praia, no meio de vegetação nativa.
  • Clima em novembro: Trancoso tem chuvas bem divididas durante todo o ano, mas a partir de novembro elas diminuem consideravelmente. As temperaturas são altas e venta bastante nas praias.
  • Onde comer: A concentração de restaurantes fica no centrinho de trancoso, nas proximidades da Praça do Quadrado. Duas casas coloridas que abrigam ótimos restaurantes são o UXUA Quadrado, com frutos do mar e peixes frescos, e o The Coffee Bar, com doces e bebidas com café. Um pouco mais afastado fica o Trancoso Poke, um restaurante que serve comida saudável em pequenos potes, no estilo havaiano.

O que fazer em Trancoso:

O passeio mais gostoso de se fazer em Trancoso é caminha pelas praias próximas do centro da cidade. Cada uma delas tem um estilo diferente e você pode curtir um pouco de cada uma e escolher a sua favorita. A praia dos Nativos tem muitos clubes, que oferecem o aluguel de espreguiçadeiras e boa música o dia todo, assim como a de Rio Verde. A tranquilidade fica por conta das piscinas calmas de Itaquena e dos quilômetros desertos do Rio da Barra.

Mais longe ficam duas das praias mais lindas da costa sul baiana, a Praia do Espelho, a 45 minutos em direção sul, e Arraial D’Ajuda, o mesmo tempo de viagem, só que na direção norte. Algumas das empresas locais que fazem passeios para as duas são Trancoso Receptivo, Morena Turismo e Vip Trancoso.

No quadrado do centro de Trancoso, a caminhada também é bem vinda e agradável, percorrendo as casas coloridas que abrigam lojas de artesanato e restaurantes típicos. Para que gosta de levar lembranças diferentes, há inúmeras lembranças diferentes para escolher.

para onde viajar no feriado de novembro

Os diferentes tons de azul da Praia do Espelho

Lugares para ir no feriado de 15 de novembro

As areias quase desertas da Praia do Taípe

6) Morro de São Paulo

Para quem quer aproveitar sombra e água fresca no feriado, Morro de São Paulo é o destino certo. O mar claro e a tranquilidade fazem parte das manhãs e tardes da vila, enquanto a noite as ruas do centro se agitam com o movimento de turistas e as diferentes músicas dos bares. Ou seja, Morro de São Paulo é perfeito para todos os gostos.

  • Como chegar em Morro de São Paulo: Partindo de Salvador, que tem o aeroporto mais próximo, é possível chegar em Morro de táxi aéreo ou de barco. A primeira opção é mais rápida e com preço maior, enquanto a segunda demora um pouco mais, mas tem preços mais baixos. Independente da sua escolha, a reserva e compra dos bilhetes deve ser feita pelo site da cidade de Morro de São Paulo.
  • Onde se hospedar em Morro de São Paulo: A escolha do hotel ou pousada vai depender do seu estilo. Os que ficam mais próximos do centro, como a Pousada Dona Moça, tem a facilidade de acesso aos restaurantes e praias e seguem o agito da redondeza. Já os mais afastados, como o Resort Patachocas, na Quarta Praia, são mais sossegados e isolados.
  • Clima em novembro: As temperaturas variam pouco, sendo mais altas durante o dia e mais amenas durante a noite. Não se preocupe com chuvas, pois é um dos meses como menor volume pluviométrico.
  • Onde comer em Morro de São Paulo: É no centro que ficam os melhores e mais divertidos restaurantes de Morro. Dois que adoramos e recomendamos são o Casarão, com pratos de frutos do mar e comida japonesa, e o Andina, especialista em culinária local e latina.

O que fazer em Morro de São Paulo:

Quem viaja para Morro de São Paulo em feriados prolongados busca duas coisas, a tranquilidade das praias e o agito noturno do centro. Durante a manhã, os visitantes se espalham pelas quatro principais praias da vila, nomeadas em ordem crescente. A mais próxima do centro é a Primeira Praia e a mais distante a Quarta Praia. A escolha entre elas vai depender igualmente se você prefere movimentou ou sossego.

A Primeira Praia ganha no número de bares e atividades próximas, como a trilha para o morro do Farol e os bares na orla. Da Segunda até a Quarta, a atividade mais procurada é o snorkel, já que nelas há a formação de piscinas naturais, com águas extremamente calmas e claras. Se quiser explorar mais, faça os passeios de barco que duram normalmente o dia inteiro e dão a volta na ilha. As empresas que oferecem os passeios são a Rota Tropical e o Guria Tour.

viagem feriado de novembro

Centro de Morro de São Paulo pela manhã

onde ir no feriado de novembro

Vista do do Morro do Farol

destinos para viajar no feriado

Mar cristalino da Primeira Praia em Morro de São Paulo

7) Ilha de Boipeba

Para quem procura tranquilidade nos lugares para ir no feriado de 15 de novembro, a dica é Boipeba. Ao contrário da badalada vizinha Morro de São Paulo, a Ilha de Boipeba segue um clima mais rústico, com poucos hotéis, restaurantes e movimento. Os moradores locais lutaram para que a região se tornasse área de proteção ambiental, freando a iniciativa turística e preservando a flora e fauna.

  • Como chegar na Ilha de Boipeba: O aeroporto mais próximo é o de Salvador e de lá é necessário pegar taxi aéreo ou barcos para chegar na Ilha de Boipeba. Você pode usar buscador de passagens do site do Skyscanner para encontrar passagens para Salvador e reservar os voos para Boipena através do site da Taxi Aereo.
  • Onde se hospedar na Ilha de Boipeba: A Ilha de Boipeba é menos frequentada do que Morro de São Paulo, o que significa que há menos opções de hotéis e pousadas por lá. Uma das melhores é a Pousada Mangabeira, que fica na Praia Boca da Barra, com os pés na areia. Outra delas que é um charme e fica na parte alta da Praia do Moreré é a Alizées Moreré, com quartos amplos e vista devassada.
  • Clima em novembro: Novembro esta entre os melhores meses para visitar a Ilha de Boipeba. O clima é mais ameno e o movimento também, mesmo no feriado. Chove pouco e venta bastante.
  • Onde comer: O centrinho de Boipeba tem alguns bons restaurantes, como a creperia Casa Namoao , que faz versões doces e salgadas, o Santa Clara, com frutos do mar e peixes frescos, e o Flor da Lua, que mistura pratos baianos com variedades de massas e frutos do mar.

O que fazer na Ilha de Boipeba:

Espera da Ilha de Boipeba um clima tranquilo, com praias quase vazias, passeios longos de barco e trilhas nas proximidades. No período de 3 e 4 dias, do feriado prolongado, opte por fazer no mar logo no primeiro dia de viagem, assim você poderá aproveitar os dias seguintes com mais sossego. Os barcos partem da praia de Moreré, indo inicialmente para as piscinas naturais e seguindo em direção sul, até a Ponta dos Castelhanos e a Cova da Onça, onde há parada para almoço, retornando de tarde.

Essas paradas podem ser curtidas nos outros dias de viagem, com passeio turísticos que partem do centro. Se preferir, faça caminhadas até Tassimirim ou Cueira, que levam de 10 a 30 minutos do centro de Boipeba. e estão quase sempre desertas e são incrivelmente lindas. A dica é andar sempre com água e lanches na bolsa, pois não há estrutura de bares com cadeiras e comidas.

Nos finais dos dias, siga para o centro da vila, em especial para a praia de Boca da Barra, onde há o encontro do rio do Inferno com o mar. O melhor ponto para ver o pôr-do-sol é por lá, e os restaurantes locais colocam mesas na rua para os visitantes curtir.

feriado de 15 de novembro

As águas claras da praia de Tassimirim

destinos para ir no feriado

Encontro entre rio e mar na Boca da Barra

para onde viajar no feriado

Praia da Boca da Barra cercada de palmeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.