Caraíva, um lugar pra amar na Bahia

      Tem barco pra atravessar? – pergunto a um dos quatro homens deitados na sombra, na beira do rio que separa Caraíva da estrada.

      – Tem sim. Mas precisa esperar dez minutos. Pode começar a contar aí no seu relógio. Sempre que chega, tem que esperar uns minutinhos – e assim ficamos todos lá, deitados na sombra.

      Foi desse jeito que chegamos a Caraíva. A espera era pra ver se o barco enchia, mas pra gente foi tipo um batismo: deixe a pressa e todos os seus problemas do lado de fora. Na pequena vila baiana construída entre o mar e o rio, não entra carro, as ruas são de areia, as casinhas todas coloridas, não há postes de luz (a fiação é subterrânea pra não poluir o visual), de noite se vê melhor as estrelas, e o tempo passa sem pressa.

      ⇒VEJA AQUI DICAS DE HOTEIS EM CARAIVA⇐

      dicas de caraiva, no sul da bahia

      a vila de caraiva com as casas coloridas e ruas de areia a vila de caraiva com as casas coloridas e ruas de areia

      calma e ruas de areia em Caraiva

      Dicas de Caraíva: o vilarejo que se manteve preservado

      Dessa vez, viemos a Caraíva na baixa estação, em outubro, e encontramos uma vila calma e vazia. Também encontramos tudo praticamente igual ao que vimos na nossa última passada por aqui, há 15 anos.  Pouca coisa mudou, tirando uma ou outra pousada que resolveu crescer mais do que devia. Caraiva é tão como antes que até a luz, quando chegou, veio  por cabos subterrâneos, sem postes, pra não poluir o visual do vilarejo.

      ruas de areia e arvores em Caraiva

      ruas de areia e árvores em Caraiva

      Por do sol a pousada San Antonio, em Caraiva

      Por do sol a pousada San Antonio, em Caraiva

      dicas de Caraiva: caminhada pelas praias até o Satu

      o que fazer em Caraiva: passear pelo vilarejo

      Fora isso, Caraíva é cercada por uma reserva indígena Pataxó, e ao mesmo tempo faz parte da Resex de Corumbau (Reserva Extrativista, criada há 12 anos num movimento liderado pelos índios e pescadores). O que quer dizer que a área está sujeita a várias regras de preservação e ocupação, e apenas os nativos podem explorar atividades como passeios e pesca. Isso faz com que eles tenham um sentimento maior de pertencimento ao lugar, não deixem a vila, e assim Caraíva não se descaracteriza como tantos outros lugares descobertos pelo turismo. <3

      reserva indigena de caraiva. credito juju na trip

      reserva indigena de caraiva

      O que fazer em Caraíva

      Então seguinte:  esqueça o mundo, aposente o celular (que não pega mesmo, a não ser o wifi dentro de alguns restaurantes) e conecte-se com a natureza. Em Caraíva, as lojas abrem depois da praia,  há meia dúzia de ruas, e elas sempre terminam ou no rio, ou no mar. E ao contrário do Espelho, de Trancoso e de outras praias da região, Caraíva não recebe nenhum vai-e-vem de excursões ao longo do dia. Pelo menos na semana em que passamos por lá, num solar mês de de outubro, tudo foi calmaria.

      Outra singeleza de Caraíva é que aqui, o melhor lugar pra pegar uma praia é… n0 rio. Posto isto, há dois melhores lugares no rio:  na prainha (rio acima; pegue um passeio de canoa até lá) ou na barra (quase no encontro com o mar). Outra diversão é descer o rio de bóia. Nesse caso, pergunte pelo Petróleo, e faça o passeio com ele (tem a opção de vir ao sabor da correnteza, ou puxado pelo barco dele).

      • De noite, tem quase sempre música ao vivo no Bar do Porto, que também serve uma pizza super gostosa e feita no forno à lenha. Depois, mais tarde, se for sexta ou sábado, tem forró ali mesmo ou então no  Ouriço e o no Pelé (esses dois estavam fechados agora, fora da temporada).
      • E se tiver mais tempo, faça um passeio até Corumbau e Satu (leia mais aqui), ou estique até o Espelho.
      • E baleias! Quem não adora? Abrolhos é o lugar mais conhecido por suas baleias jubartes, mas é em Porto Seguro que estão os passeios de observação dessas lindonas. Quem faz é o pessoal do Baleia à Vista, e pra saber mais, é só ir aqui no facebook deles. O período é de julho e outubro.

       

      o que fazer caraiva: beira-rio é uma delicia

      o que fazer caraiva: beira-rio é uma delicia

      destinos para ir com família na bahia

      o que fazer em caraiva: juju tomando banho de rio

      juju na trip em caraiva

      o que fazer caraiva: mais uma da beira-rio

      IMGM2999

      dicas de caraiva: boia cross

      dicas de caraiva: boia cross para descer o rio

      juju na trip em caraiva

      Onde comer em Caraíva

      Aliás, aqui, a beira-rio é mais legal do que a beira-mar. E no fim da tarde, o melhor lugar pra estar é na rua dos restaurantes, que fica – claro – nessa beira-rio. É onde você vai descobrir as histórias de Caraíva. Depois, vá ver o pôr-do-sol no João de Barro ou no Boteco do Pará , saboreando uma porção de pastéis ou um bobó de camarões fresquinhos.

      Também gostei do Aquarium, onde comemos um peixe servido na grelha que tava estalando de fresco. No Bar do Porto, come-se uma boa pizza. E no Principado, tem sushi, pizzas e risotos.

      Fora da rua dos restaurantes tem o restaurante vegetariano Cantinho da Duca, que também vendo o clássico Nega Maluca, um doce com banana e chocolate delicioso.

       

      onde comer em caraiva: restaurante joao de barro

      onde comer em caraiva: restaurante joao de barro

      boteco do para: onde comer em caraiva

      Onde comer em caraiva: boteco do Pará

      pausa pra um lero

      Como chegar em Caraíva

      Caraíva fica 120 km ao sul de Porto Seguro; sendo que os últimos 40 km são de terra. Quem vem de condução própria deixa o carro no estacionamento na margem norte do rio e atravessa de canoa para o centrinho da vila. De ônibus, saindo de Porto Seguro custa R$ 16. E o transfer desde o aeroporto de Porto Seguro sai entre R$250 e R$300.

      Onde ficar em Caraíva

      Nós ficamos hospedados na pousada San Antonio. Eles têm duas pousadas, uma na Rua Cajueiro e outra de frente pra praia. Ficamos na San Antonio Praia, que tem bangalôs lindos, super espaçosos e bem transados, e fica com a porteira na praia. O café da manhã é caprichadíssimo, com tapioca, frutas, pães, bolos, ovo. Super indicamos!

      Também gosto muito da Pousada lagoa , que fica na beira da praia e do rio. Com uma decoração tipicamente praiana, a Casa da Praia tem essa localização privilegiada! E é linda. Existem acomodações em bangalôs e suítes na casa principal.

      Onde ficar em cara;íva: pousada san antonio

      Onde ficar em cara;íva: pousada san antonio

      pousada san antonio: onde fica em caraiva

      Onde ficar em Caraiva: pousada San Antonio

      Compras em Caraíva

      Caraíva não é um roteiro de compras. Mas há alguns ateliês muito fofos na rua dos restaurantes. O Mulheres de Caraíva vende almofadas e luminárias bordadas pelas mulheres da comunidade. O Clauleone tem azulejos e porcelanas pintadas. E o Território Sustentável tem artesanatos bem bonitos.

      artesanato em caraiva

       

      7 Comments

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado.