5 destinos baratos na Europa

      Nem todos os destinos da Europa são caros. Algumas cidades e capitais têm preços bem acessíveis, com hotéis baratos, restaurantes fartos e atrações muitas vezes gratuitas. Nesse post separamos 5 destinos baratos na Europa sem gastar muito e ainda damos dicas de como escolher o melhor seguro viagem internacional, item obrigatório para entrada em todos esses países.

      1 – Porto: Portugal

      Um dos destinos mais procurados pelos brasileiros também é um dos mais baratos para se visitar na Europa, em especial a cidade do Porto, histórica, tradicional e com vinhos maravilhosos. Os hotéis por lá são mais baratos , com diárias a partir de R$350 por casal, e compensa também os valores dos restaurantes  (um bacalhau que dá para duas pessoas custa em média 20-27 euros) e pontos turísticos.

      (e leia aqui nosso roteiro de dez em dias em Portugal)

       

      viagem barata europa

      Prédios coloridos do Cais da Ribeira

      2 – Praga: República Tcheca

      Assim como outros países do leste Europeu, a República Tcheca não faz parte da zona do euro, o que faz com que a moeda local seja desvalorizada. A conversão acaba deixando a viagem pelo país mais barata do que outros da Europa, e isso acaba sendo uma vantagem na hora de escolher a capital Praga como destino. A conversão é de 1€ equivalente a 26 coroas tchecas, então comer, se hospedar e passear saem em conta. As diárias aparecem a partir de R$215 e uma refeição é em média R$20.

      A capital Praga é o destino mais procurado no país, e não é por menos. O centro histórico é riquíssimo, mesclando diferentes arquiteturas e estilos artísticos. Lembrando Paris, o rio Moldava é cortado por diversas pontes, uma mais linda do que a outra. Nossa dica é explorar a pé, entrar em diferentes ruas e descobrir os encantos que cada uma delas tem.

      países mais baratos da Europa

      Vista da cidade de Praga: cidade está entre as mais baratas da Europa

      destinos baratos na Europa

      Ruas históricas do centro de Praga

      3 – Budapeste: Hungria

      Budapeste é uma das capitais mais baratas para se conhecer na Europa e também uma das mais bonitas. Construções como o Parlamento, a Catedral principal, e o Castelo de Buda estão entre os principais pontos de visita, e os valores das entrada são bem baixos. A moeda oficial da Hungria é o Florin, que tem uma conversão de 320 florins para cada 1€. Os passeios custam em média 4€ por pessoa, aproximadamente 1200 florins.

      Justamente por essa conversão é que Budapeste se torna um destino barato. Hospedagens na cidade, com café da manhã, para um casal é a partir de R$400 em alta temporada. Esse valor diminui para R$200 em meses menos movimentados. A gastronomia por lá também é muito elogiada e barata. Um dos pratos típicos é o goulash, um ensopado de carne com diferentes especiarias, vendido por uma média de 2500 florins o individual (menos de 8€). Vale a pena conhecer e aproveitar!

      dicas para economizar na Europa

      O parlamento de Budapeste

      lugares baratos na Europa

      A Colina Gellért Hill em Budapeste: viagem barata para a Europa

      4 – Cracóvia: Polônia

      O centro histórico de Cracóvia é considerado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO e isso mostra o quão rica é a cidade polonesa. Os estilos arquitetônicos medieval e clássico se misturam, em construções imponentes, sendo um verdadeiro museu a céu aberto no leste europeu. O melhor de tudo é que a viagem para conhecê-la é mais barata, mesmo durante a alta temporada.

      A Polônia faz parte da União Européia, mas a moeda usada no país não é o euro e sim o zloty. A conversão aproximada é de 4,20zt para cada 1€ (a conversão com o real é praticamente 1 para 1), e é justamente isso que faz a viagem pelo país ser mais barata comparada com outros da região. Os hotéis na Cracóvia tem diárias a partir de R$150 para duas pessoas e o custo com alimentação é de mais ou menos R$30 por dia (por pessoa).

      destinos baratos na Europa

      O Castelo Real de Wawel na Cracóvia

      países baratos na Europa

      A Praça do Mercado na Cracóvia

      5 – Zagreb: Croácia

      A Croácia é muito conhecida pelo seu litoral esplêndido, de águas cristalinas e mar calmo, mas essa não é  a viagem mais barata pelo país. Conhecer a capital Zagreb é igualmente encantador e muito mais barato do que o resto da Europa. Um quarto de hotel de quatro estrelas é, na alta temporada do verão, R$250 por casal. Comer é igualmente barato. Doces como o kremsnita e o orehnjača, típicos do país saem em média por 28 dunas (4€), a moeda local.

      O rio que corta Zagreb é o Sava e quase todos os pontos históricos e turísticos ficam ao norte, próximos da Catedral da cidade. A igreja de St. Mark, o Museu dos Relacionamentos Terminados e o Museu de Arte são alguns dos lugares mais bonitos e legais para se conhecer por lá.

      destinos baratos para conhecer na Europa

      Catedral de Zagreb

      5 destinos baratos na Europa: Zagreb é barata e com muitos atrativos, como a Igreja de St. Mark

      5 destinos baratos na Europa: Zagreb é barata e com muitos atrativos, como a Igreja de St. Mark

      Seguro viagem para a Europa: tudo o que você precisa saber

       

      Ao contrário dos Estados Unidos, o seguro viagem internacional é obrigatório na Europa, principalmente para os países que fazem parte do Tratado de Schengen. A cobertura mínima do Seguro Viagem para a Europa é 30 mil euros (ou valor equivalente em dólares) em assistência médica. Isso significa que é necessário ter esse documento,a apólice da seguradora, durante toda a viagem pelo velho continente, pois pode ser solicitado na imigração.

      Os países que fazem parte do Tratado são: Alemanha, Austria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Polônia, Portugal, República Checa, Romênia e Suécia. E também quatro que não fazem parte da União Européia: Islândia, Noruega, Listenstaine e Suíça. 

       

      A gente sempre viaja com seguro viagem internacional: prevenir é melhor que remediar, ainda mais com crianças

      A gente sempre viaja com seguro viagem internacional: prevenir é melhor que remediar, ainda mais com crianças

      Como encontrar o Seguro Viagem certo para a Europa?

      O mais importante é ficar atento ao valor de cobertura médica do seguro que se deseja contratar. Eu recomendo fazer uma pesquisa no Assegura sua Viagem, um buscador de seguros que funciona como os de passagens aéreas. Basta colocar os dados da viagem, destino e datas de ida e volta para aparecer uma listagem com todas as principais empresas do mercado. E aí você pode comparar o que cada uma oferece, e comprar online. É prático e seguro, já que a Assegura tem 17 anos de atuação ininterrupta na Argentina, Chile e agora no Brasil.

      Quanto custa um Seguro de Viagem Internacional para a Europa?

      Os valores variam de acordo com o período da viagem, com o destino e com a idade, caso a pessoa tenha mais de 70 anos (por considerarem o risco de fatalidade maior). Mas no geral, seguro viagem não costuma ser um item caro. No caso da Europa, o seguro básico para uma viagem de 15 dias custa em média de R$180 reais por pessoa a R$240.

      Se compararmos com os valores médicos cobrados em países Europeus, esse custo é muito baixo. Só uma consulta pode chegar aos 400 euros, o que daria mais do que o triplo do valor do seguro viagem cobrado para duas pessoas por 15 dias. Ou seja, mesmo que não fosse obrigatório valeria a pena.

      Além disso, o seguro cobre também itens como atraso e cancelamento de voos ou extravio de bagagens.

      1 Comment

      • Gislene disse:

        O seguro viagem não é só pesquolisar o melhor valor da assistencia medica, tem outras coisas tao importantes quanto, bem como repatriacao sanitaria traslado caso nescessario, cancelamento de viagem, extravio de bagagem, procure um corretor de seguros ou um agente de viagens, com estes sites de busca na internet, todo mundo virou especialista em tudo e não é bem assim

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado.