As dez cidades mais lindas da Áustria e da Suiça

Áustria e  Suíça? Esses são dois roteiros fáceis de conjugar e com pitstops incríveis. Cidades lindas, chocolates, natureza, ski, história e arte. E para ajudar a escolher onde ir, aqui vai uma lista das cidades mais lindas dessa rota- Inspire-se em nossa galeria e escolha o próximo destino!

viena

Viena: é a capital da Áustria e um dos nove estados austríacos, com mais de 1,8 milhão de habitantes. Entre tantos museus, um dos locais mais bacanas pra conhecer é o Historic Center of Vienna. Além de lindo, o Historic Center tem um clima cinematográfico e muita história para contar. Vale fazer o passeio pelo centro histórico andando, para não se perder  nenhum detalhe.

Como chegar: Existem duas opções de trem, o mais rápido e confortável é o CAT, City Airport Train. Leva 16 minutos sem paradas até a estação Landstrasse/Wien Mitte. A passagem de ida custa 11 euros; ida e volta, 17 euros (com Vienna Card: 10 euros ida, 16 euros ida e volta). O primeiro trem sai do aeroporto às 6h05; o último, às 23h35. Do centro da cidade, o primeiro sai às 5h38 e o último às 23h08, sempre de meia em meia hora.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Viena.

hallstatt-

Hallstatt:  é uma aldeia em Salzkammergut, Alta Áustria. Está localizada perto do lago Hallstätter See e tem aproximadamente 946 habitantes. Tente imaginar um lugar perfeito: uma vila pequena, com casinhas rústicas, com vista para um lago tranquilo e cercada por alpes cobertos de neve. É isso!

Como chegar: é preciso acordar cedo para pegar o primeiro ônibus na Estação de Salzburg. A estação de ônibus fica em frente a estação de trem da cidade. Você deve pegar o BUS 150 que vai sair da estação às 08h15.A passagem pode ser paga direto para o motorista e custa na faixa de 10 euros (somente ida). O trajeto de ônibus leva quase duas horas, mas a paisagem compensa o caminho. Você vai descer em Bad Ischl e pegar o trem até Hallstatt.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Hallstatt.

 

Innsbruck

Innsbruck: Innsbruck (“Ponte do rio Inn”) é a capital do Tirol, na Áustria. A cidade, imperial, é a segunda mais importante do país, só perdendo para Viena. É uma graça de cidade, e impressiona pela sua animação (é uma cidade universitária) e pelas inúmeras atividades que oferece ao visitante. Em dezembro, há ainda os mercados de Natal. A decoração e a iluminação são lindas, incluindo até uma árvore de Natal da Swarovski

Como chegar: De trem, Innsbruck está a 1h40 de Salzburg, 1h45 de Munique, 3h20 de Füssen, 3h30 de Verona, 3h35 de Zurique e 4h10 de Viena. A cidade também tem um pequeno aeroporto que recebe voos regulares (de cias. como Lufthansa, Austrian, Air Berlin, British e easyJet) e fretados. Dá para chegar voando de Frankfurt, Viena, Berlim e Londres, entre outras capitais. O aeroporto internacional com voos diretos do Brasil mais próximo é o de Munique, a 2h20 de trem.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Innsbruck.

Klagenfurt

Klagenfurt: mais uma na Áustria. Capital do Estado da Caríntia, tem cerca de 93.571 habitantes, e é a cidade é sede da diocese de Gurk e da Universidade Alpen-Adria, além de ser conhecida como um balneário de verão por conta do lago Wörthersee. Uma curiosidade: Klagenfurt tem a temperatur mais quente da Europa. Passeando por lá, descobrem-se fascinantes pátios renascentistas, que hoje abrigam modernas boutiques, lojas de design e autênticos terraços para se tomar um café. Os amantes da bicicleta encontrarão ciclovias bem cuidadas e, para os corredores, existe a bela rota de aventura “Halbmarathon Erlebnislaufroute”, de Klagenfurt. Para os interessados em literatura, basta seguir as pegadas de Robert Musil e Ingeborg Bachmann.

Como chegar: Você pode ir para Klagenfurt saindo de Viena, Salzburgo e Villach. Melhor preço e tempo de viagem abaixo.De Viena, o trem parte às03h46 e custa 56 euros. De Salzburgo, 50 euros e de Villach, 10 euros.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Klagenfurt.

Salzburgo

Salzburgo: ou Salisburgo, é uma cidade da Áustria localizada às margens do Rio Salzach, localizada no centro-oeste do país, próximo a fronteira com o estado alemão da Bavária. Por lá, visite a residência e local de nascimento do compositor Mozart, depois, explore a Altstadt (Cidade Antiga), mergulhando na arquitetura barroca. Você vai se impressionar.

Como chegar: Os trens são a forma mais conveniente de chegar a qualquer cidade e vilarejo da Europa. Todas as principais cidades possuem uma estação de trem. Ao chegar na estação ferroviária tem um guichê de informações turísticas onde você pode pegar  um mapa da cidade com a explicação dos principais pontos turísticos.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Salzburg.

zurique

Zurique: Com mais de 50 museus e 100 galerias de arte espalhadas pela cidade,  Zurique oferece uma mistura única de atrações, as centenas de lojas de grifes luxuosas e uma famosa e uma badalada vida noturna faz com que a cidade seja considerada “metrópole das experiências”. A maior cidade da Suiça também possui uma ótima localização com uma maravilhosa vista para os Alpes. Além disso, é lembrada por seus chocolates, fundues, canivetes e relógios-cucos, suas paisagens de montanhas nevadas e lagos azuis também são de encantar. Vamos a elas:

Como chegar: Bem perto do aeroporto Airport Center fica a estação de trem Bahnhof SBB Zurique Flughafen. De lá você pode partir para Haupfbahnhof (HB), o ticket de ida e volta de 24 horas, segunda classe, custa 13,40 e o trajeto demora cerca de 10 minutos.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Zurique.

Luzern_old_part_of_town

Lucerna: Localizada as margens do lago, Lucerna é considerada a porta de entrada para a Suiça Central. Por estar próxima as montanhas Rigi, Pilatus e Stanserhorn, Lucerna torna-se um ótimo destino para praticantes de esportes de aventura e ecoturistas. A cidade é uma graça, e vale passear pelos lagos. São cenários lindíssimos no verão e no inverno.

Como chegar: Saindo de Zurique você pode ir de trem – a cada 30 minutos há um trem em direção a Bahnhof (Estação principal) de Lucerna. Se comprar os tickets com antecência você pode encontrar ótimos preços, na hora ele sai em média 35 francos por pessoa, para viagens de segunda classe.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Lucerna.

resized_1024x418.920730183_orig_interlaken_winter_keyvisual

Interlaken: como o próprio nome sugere, é uma cidade que fica “entre dois lagos” o Thun e o Brienz, ambos de uma cor azul de tirar o fôlego. Cada lado banhado por um rio ganhou um nome: Interlaken West e Interlaken Ost, procurada por aventureiros, um dos destinos favoritos de quem visita a região é Jungfraujoch, um caminho que leva os turistas até a estação de trem mais alta da Europa com um cenário composto de três montanhas: os picos Eiger com 3.970 metros de altura, Mönch com 4.099 metros e Jungfrau com 4.158 metros.

Como chegar: você pode ir para Interlaken saindo de Zurique, Basiléia e Lucerna. A última é  a maneira mais econômica de chegar (37 euros) e o trêm parte  01h05.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Interlaken.

_i54298263

St. Moritz: é uma pequena cidade localizada no “teto da Europa” e cercada pelos Alpes, famosa por suas badaladas estações de esqui. Nos meses mais quentes, o lugar é palco de competições de vela e com esportes aquáticos para toda a família. Para climas mais frios, mas sem neve, golfe, bikes elétricas e cavalgadas montanhas acima são atividades bem-vindas.

Como chegar: St. Moritz possui o aeroporto de maior altitude da Europa. O Aeroporto de Engadin é super moderno e além disso, por possuir recursos alfandegários, não acomoda só voos nacionais, como também voos internacionais sem escalas, provenientes até mesmo do Brasil.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em St Moritz.

berna

Berna: É pequena, agradável, com uma população muito afetuosa que não vive aquela correria predominante de um grande centro comercial. O centro de Berna é um dos patrimônios históricos da Unesco. Por lá você encontra fontes históricas, torres com relógio, igrejas e edifícios da idade média e ruas cobertas

Como chegar: O acesso para Berna é bem fácil. Há trens partindo de várias cidades Suíças com destino a Berna, e também há alguns trens internacionais que chegam ali diretamente. Por avião há vôos internacionais, ainda que vôos provenientes do Brasil aterrisam primeiro em Zurique e depois fazem uma conexão local para Berna. Zurique é o centro mais próximo de Berna, fica a 1 hora de trem.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis.

Stein.am.Rhein.original.28180

Stein am Rhein: é uma comuna da Suíça, no Cantão Schaffhausen, com cerca de 3.110 habitantes. A cidade se caracteriza por estar bem na parte onde o lago Constança termina e se torna o rio Reno. Seu pequeno centro histórico à beira do Reno é formado de casas medievais no estilo enxaimel, com as fachadas pintadas artisticamente, o que dá um ar colorido e especial à cidade (foto de Tom Fear).

 

Como chegar: Para quem pretende fazer um bate e volta a partir de Zurique, é possível chegar facilmente de carro ou de trem em Stein am Rhein em cerca de 1h20. Um bilhete de trem de ida e volta custa cerca de 25 francos. A partir da cidade de Constança na Alemanha se chega em Stein am Rhein de trem em cerca de 37 minutos. O centro histórico de Stein am Rhein está há cerca de 10 minutos de caminhada a partir da estação. É bem tranquilo e fácil de se encontrar por lá.

Onde ficar: Veja aqui a lista de hotéis em Stein am Rhein.

Chip internacional

A gente sempre usa o chip da EasySim4u (T-Mobile). Pega em todos os lugares, e é o plano mais barato levando em conta que é internet ilimitada: custa US$35 para 5 dias. E tem uma vantagem que acho sensacional: você compra pela internet, e o chip chega na sua casa já configurado. Daí é só desembarcar e usar, sem perda de tempo nas lojas para comprar e ativar.

Que seguro viagem internacional contratar

A gente aprendeu que não dá pra viajar sem um bom seguro de viagem internacional, todo mundo está sujeito a sofrer acidentes e imprevistos como extravio de mala e cancelamento de passagem. Pra saber qual seguro se adapta melhor às suas necessidades e ao seu orçamento, a gente indica o Segurospromo. Um buscador que apresenta os preços e coberturas de todas as seguradoras de viagem internacional, e assim você consegue comparar e escolher a melhor opção para a sua viagem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.