Roteiro Flórida: das ilhas Key a Crystal River

      roteiro florida: a linda Dry Tortuga
      roteiro florida: a linda Dry Tortuga

      Viagens e o Coronavírus. Com a pandemia, a hora é de ficar em casa, mas isso não quer dizer a gente não possa começar a planejar para o futuro. Embora ainda não haja previsões de quando quando a quarentena acabará e as fronteiras serão reabertas, uma boa forma de ocupar o tempo ocioso agora é começar a escolher destinos e o que fazer em cada um deles. Até porque, quando tudo passar, nós vamos querer viajar, e muito. Pensando nisso, montamos aqui um roteiro delicioso pela Flórida, com compras, praias, ilhas isoladas, nascentes e cidades bacanésimas – mas nem tão conhecidas.

      Como chegar na Flórida:

      O estado da Flórida tem 3 principais aeroportos de entrada internacional que são Miami, Orlando e Fort Lauderdale. Para esse roteiro, recomendamos chegar por Miamo e ir embora por Orlando.

      Eu sempre opto por comparar os preços das passagens no site Skyscanners e pelo Google Flights, que mostram as melhores tarifas de passagens para a data da viagem.

      Vale lembra que para entrar no Estados Unidos são necessários os seguintes documentos:

      • Passaporte com mais de 6 meses de validade.
      • Visto Americano.
      Para esse roteiro, recomendamos voar para Miami, e voltar por Orlando

      Para esse roteiro, recomendamos voar para Miami, e voltar por Orlando

      Quais cidades visitar na Flórida:

      Além das clássicas Miami e Orlando, selecionamos mais 3 destinos imperdíveis para conhecer: Ilhas Key, Gainesville e Crystal River. A ordem que montamos aqui é a seguinte:

      Como se locomover pela Flórida:

      O carro é item indispensável em qualquer roteiro pela Flórida. O motivo é que o transporte público local não é o mais eficiente e também não tem acesso fácil à algumas cidades, ou seja, você perdure tempo só de locomoção.

      Por isso, alugue um carro. Eu sempre uso e recomendo os sites rentalcars ou rentcars que reúnem as principais locadoras de veículos e oferecem boas tarifas, principalmente em viagens longas, como é o caso dessa.

      Aluguel de carro Flórida: o caminho pelas Florida Key é lindo.

      Aluguel de carro Flórida: o caminho pelas Florida Key é lindo.

      Distância entre as cidades do roteiro Flórida:

      Aqui mostramos a distância e o tempo aproximado de viagem de uma cidade para outra desse roteiro.

      Miami para Ilhas Key
      e depois Ilhas Key para Miami
      265 km
      idem
      3:20 horas
      idem
      Miami para Gainesville542 km5:30 horas
      Gainesville para Crystal River100 km1:20 hora
      Crystal River para Orlando142 km2 horas

      Quantos dias ficar na Flórida:

      Esse nosso roteiro tem xxxx dias. Pode parecer muito, mas é o tempo ideal para conhecer tudo direitinho, sem correria. Vale lembrar aqui que nosso estilo é de slow travel, e gostamos de aproveitar cada minuto em cada destino.

      Se você não puder ficar todos esses dias, pode ficar menos tempo em cada cidade.

      O que fazer na Flórida: ilhas Key

      As Keys são ilhotas no extremo sul da Flórida, todas ligadas por pontes. A dica aqui é a lugar o carro em Miami e seguir para elas, devolvendo o veículo somente em Orlando, o ponto final da viagem.

      São 3 as que indicamos  visitar: Key Largo, Islamorada e Key West, a cereja do bolo dessa região.

      Para não deixarmos passar nenhum detalhe, vamos falar separadamente de cada uma.

      Key Largo e Islamorada:

      Vamos colocar juntas Key Largo e Islamorada já que elas ficam a apenas 30 minutos de distância uma da outra e as atividades locais são nesse caminho.

      Por aqui, vale ficar dois dias inteiros.

      A estrutura de “cidade” é a mesma para as duas: ambas tem uma avenida central, e não há um centrinho com bares e lojinhas concentrados. Porém, há lugares muito bacanas para visitar nessas ilhas

      No mar, a principal atração aqui é o John Pennekamp Coral Reef State, parque marinho natural com um mar que estoura em azul.

      Com barcos que partem do centro de visitantes, chega-se nos recifes em 40 minutos para fazer snorkel, que custa US$29,95. Para quem tem prática, tem também a opção com cilindro por US$75.

      Roteiro Flórida: o incrível mar de John Pennekamp Coral Reef State, em Key Largo.

      Roteiro Flórida: o incrível mar de John Pennekamp Coral Reef State, em Key Largo.

      Como outra dicas, há uma lista de lugares para comer que amamos conhecer e que indicamos aqui.

      Sundowners é bem típico, com um deck de frente para o mar. Assim como o Robbie’s, em Islamorada, que fica em um píer e tem um café da manhã incrível.

      Viagem Flórida: o charmoso píer do Robbie’s, em Islamorada.

      Viagem Flórida: o charmoso píer do Robbie’s, em Islamorada.

      Para experimentar a famosa Key Lime Pie, vá no Mrs. Mac’s Kitchen, tradicionalíssimo e que carrega a receita original até hoje.

      Flórida dicas de viagem: Mrs Mac Kitchen, em Key Largo, e suas placas antigas por todo o restaurante.

      Flórida dicas de viagem: Mrs Mac Kitchen, em Key Largo, e suas placas antigas por todo o restaurante.

      E um close na delícia que é a Key Lime Pie.

      E um close na delícia que é a Key Lime Pie.

      Por fim, um dos lugares que mais gostamos, o Morada Bay Bar. Vá no fim da tarde, aproveite o pôr-do-sol e pé na areia.

      Roteiro Flórida: o imperdível Morada Bay Bar, em Key Largo.

      Roteiro Flórida: o imperdível Morada Bay Bar, em Key Largo.

      Key West:

      Apesar se ser uma ilha pequena, Key West tem muita coisa para fazer.

      Tenha pelo menos 3 dias inteiros por aqui, e reservando 1 dia somente para Dry Tortuga, que vamos explicar mais para frente.

      Key West é a única das Florda Keys com um vilarejo, e que vilarejo! O centro histórico tem casas em estilo vitoriano, datadas de 1800. Entre as atrações, estão a Ernest Hemingway Home and Museum (onde o escritor viveu),e  Audubon House & Tropical Gardens, ambos na proximidade da Duval Street, o coração da cidade.

      Arquitetura vitoriana de Key West, na Flórida.

      Arquitetura vitoriana de Key West, na Flórida.

      Roteiro Flórida: museu e casa de Ernest Hemingway, em Key West.

      Roteiro Flórida: museu e casa de Ernest Hemingway, em Key West.

      Eles todos podem ser conhecidos de uma maneira bem diferente, que é passeando de bicicleta. O aluguel da magrela é comum na cidade e facilita bastante a locomoção, tanto que há varias locadoras perto do píer principal, como modelos até para crianças pequenas. As diárias são a partir de $13 por pessoa.

      A Duval Street é outra atração em Key West: a rua principal é linda, e as casas vitorianas aqui são ocupadas por lojas, bares e bistrôs. De noite, a boemia reina.

      A Duval Street, em Key West

      A Duval Street, em Key West

      Para quem quer pegar uma praia, recomendo as Rest Beach, Higg’s Beach e a Smathers Beach.

      Roteiro Flórida: a paradisíaca Fort Zachary Taylor Beach, em Key West.

      Roteiro Flórida: a paradisíaca Fort Zachary Taylor Beach, em Key West.

      Em meio a tantas atividades, ainda tem o Mallory Square, que é o deck principal da cidade.

      Nele, acontecem apresentações de música independente, há barraquinhas de comida e também muitos restaurantes com vista para o mar. Esse local fica super movimentado e de quebra tem um pôr-do-sol lindíssimo.

      Roteiro Flórida: o visual da Mallory Square, em Key West.

      Roteiro Flórida: o visual da Mallory Square, em Key West.

      Para economizar: o Vacation Pass, que funciona como um passe livre para varias atrações. Nesse caso, ainda inclui atividades como parasailing, andar de trolleys e até de helicóptero. O valor é de US$49 por pessoa e vale a pena para quem vai ficar os 3 dias na cidade e quer fazer tudo.

      Dry Tortuga:

      Dry Tortuga é um dos lugares mais paradisíaco de praia que você conhecerá na Flórida.

      Trata-se de uma ilhas dentro de um parque marinho, mais perto de Cuba que de Miami, e que impressiona pela tonalidade do mar azul. A água é tão cristalina e límpida que em muitos pontos se vê fácil o fundo, mesmo não sendo raso.

      Viagem Flórida: como não se apaixonar pelo mar de Dry Tortugas, em Key West.

      Viagem Flórida: como não se apaixonar pelo mar de Dry Tortugas, em Key West.

      O acesso é por ferry, que sai todos os dias as 8h da manhã e retorna as 15h, ou de hidroavião.

      Nós fomos de ferry, e custa $180 para adultos e $125 para menores de 17 anos, incluindo café da manhã e almoço. A reserva deve ser feita diretamente pelo site do Dry Tortugas National Park.

      A ilha tem basicamente um forte abandonado que data de 1800, e por ser uma área de proteção ambiental, não há construções, nem vendedores nem nada. Somente a tranquilidade e beleza da natureza. É imperdível.

      Roteiro Flórida: o forte de Dry Tortuga, em Key West.

      Roteiro Flórida: o forte de Dry Tortuga, em Key West.

      Tem como não se apaixonar por esse visual de Dry Tortuga?

      Tem como não se apaixonar por esse visual de Dry Tortuga?

      Onde se hospedar em Key Largo e Key West:

      • Em Key Largo, que recomendamos fazer base e dividir os dias com Islamorada, recomendamos o Ocean Pointe Suites at Key Largo, onde ficamos. A estrutura é simples, de apartamento, mas é um hotel muito organizado, limpo e que tem um ótimo atendimento.
      • As opções mais upscale são o Playa Largo Resort & Spa (do Autograph Collection e, para quem quiser trocar a base, o hotel boutique Casa Morada, em Islamorada.
      • Já em Key West, tanto o centrinho quanto os arredores são ótimos para se ficar, principalmente por se tratar de uma cidade pequena e de fácil locomoção. Se preferir o centro, recomendamos o castelo colorido de Southernmost House Hotel ou o casario de Simonton Court Historic Inn & Cottages.
      • Nossa opção foi ficar nos arredores, no Oceans Edge Key West. Adoramos a estrutura e localização, o serviço e principalmente por estar de frente para a praia (que amamos). Ele tem o selo daPreferred Hotels e é um dos mais luxuosos da região.

      Roteiro pela Flórida: rumo a Miami

      Muito além das compras, Miami é uma cidade vibrante, que respira arte e cultura. Por mais que seja tentador passar horas dentro dos malls, nossa proposta para esse roteiro é incluir passeios diferentes e muito divertidos para fazer com toda a família.

      O ideal é ficar aqui 2 dias, aproveitando museus, galerias de arte e o clima tropical típico da Flórida.

      No primeiro dia, você pode passear por Downtown Miami, onde ficam os museus Pérez Art Museum Miami,o Pamm, ou o Viscaya Gardens.

      O que fazer em Miami: o Pamm é um museu de arte contemporânea com um lindo projeto de arquitetura

      O que fazer em Miami: o Pamm é um museu de arte contemporânea com um lindo projeto de arquitetura

      Depois, se perca pelo moderno Design District e pelas ruas grafitadas de Wynwood, onde fica o Wynwood Wall, onde há  trabalho de street arte de artistas do mundo todo, inclusive do brasileiro Cobra.

      Essa região fica ainda mais vibrante no fim da tarde e noite, quando dezenas de restaurantes e cafeterias ganham luz e cores.

      Como sugestão de lugares para comer, fica o Ella e o Swan Miami, descolados como esses dois bairros.

      Roteiro Flórida: paredes grafitadas de Wynwood, em Miami.

      Roteiro Flórida: paredes grafitadas de Wynwood, em Miami.

      Cidades para visitar na Flórida: entrada para o Wynwood Walls, em Miami.

      Cidades para visitar na Flórida: entrada para o Wynwood Walls, em Miami.

      No segundo dia, você pode visitar South Beach, depois emendar em compras ao ar livre, para terminar o dia em Brickell. 

      South Beach é a praia onde fica Ocean Dribe – o calçadão com os prédios art dèco – e os famosas postos de salva-vidas.

      Flórida dicas: família reunida em South Beach, Miami.

      Flórida dicas: família reunida em South Beach, Miami.

      Roteiro Flórida: prédios art decó na Ocean Drive, em Miami.

      Roteiro Flórida: prédios art decó na Ocean Drive, em Miami.

      De lá, você pode ir a pé ate a Lincoln Road, um enorme mall aberto com várias lojas de departamento, restaurantes e cafeterias. Fique atento sempre às promoções, que não são poucas, mesmo não sendo uma região de outlet.

      Para comer, vá no cubano Milos ou no Havana 1957 Ocean Drive. Um ótimo italiano é o Caffe Italia.

      Ali perto também fica a Espanola Way, uma rua linda, que de noite ganha vida, iluminada e com muito restaurantes fofos, como o Numero 28 Ristorante.

      Dicas de Flórida: compras na Lincoln Road, em Miami.

      Dicas de Flórida: compras na Lincoln Road, em Miami.

      Nesse mesmo, você pode terminar seu dia no  Brickell, o distrito financeiro da cidade, onde estão localizados vários restaurantes de alta gastronomia e um charmoso shopping a céu aberto chamado Mary Brickell Village (901 S. Miami Avenue).

      Como opção de restaurantes, indicamos o Dolores but you can call me Lolita e o Cure Café.

      Roteiro Flórida: prédios modernos em Brickell, em Miami.

      Roteiro Flórida: prédios modernos em Brickell, em Miami.

      Onde se hospedar em Miami:

      Nós já temos aqui no blog, vai lá conferir, um post falando dos 10 melhores hotéis em Miami, onde contamos tudo de cada um deles.

      Mas deixamos aqui  também a sugestão do The Betsy Hotel e do Loews Miami Beach Hotel, ambos em South Beach, de frente para praia.

      Lugares diferentes Flórida: Gainesville

      De Miami, pegue a estrada e rume para o interior da Flórida. A partir daqui, prepare-se para conhecer um lado diferente do estado, pouco explorado pelo turismo, mas cheio de surpresas. Nascentes cristalinas, santuários de peixes-boi e pequenas cidades históricas marcam o roteiro daqui em diante.

      Em Gainesville – recomendo pelo menos 3 dias aqui -, a natureza toma o lugar dos parques de entretenimento e dos shoppings. Pra começar, Gainesville tem um centro histórico lindo (recomendo se hospedar nele; falo mais à frente das pousadas), com casas desses tipo.

      O Sweetwater Branch Inn, em Gainesville: o hotel fica no centro histórico, onde todas as casas são assim

      O Sweetwater Branch Inn, em Gainesville: o hotel fica no centro histórico, onde todas as casas são assim

      E, saindo do centro histórico, a natureza é surpreendente. Começando com a Devil’s Den Spring, uma caverna pré-histórica que com um lago em seu interior.

      Flórida viagem: não deixe de conhecer a Devil’s Den Spring, em Gainesville.

      Flórida viagem: não deixe de conhecer a Devil’s Den Spring, em Gainesville.

      O valor da entrada é a partir de US$15, e depende do tipo de atividade que será feita. Você pode entrar apenas com um snorkel e nadar pela superfície, ou fazer um mergulho mais profundo de cilindro. Ambos valem à pena.

      Olha a água cristalina de Devil’s Den Spring, em Gainesville.

      Olha a água cristalina de Devil’s Den Spring, em Gainesville.

      Também é por aqui que fica  Ginnie Springs  (a cerca de 40 minutos de carro do centro), um complexo com três nascentes interligadas por cavernas subterrâneas.

      Cidades para visitar na Flórida: o azul intendo das Ginnie Springs, em Gainesville.

      Cidades para visitar na Flórida: o azul intendo das Ginnie Springs, em Gainesville.

      Para terem ideia da beleza desse lugar, Jacques Custeau esteve aqui nos anos 70, e descreveu as águas de Ginnie Springs como águas de “visibilidade infinita”. Para mergulhadores avançados, é possível fazer de cilindro o circuito dessas cavernas.

      Quem não mergulha pode apenas nadar na nascente. Há ainda a possibilidade de alugar caiaque, SUP e boia. A entrada custa US$14 por pessoa, fora a locação dos equipamentos.

      Dá para acreditar na impressionante visibilidade das Ginnie Springs, em Gainesville?

      Dá para acreditar na impressionante visibilidade das Ginnie Springs, em Gainesville?

      Como se não fosse suficiente, há ainda o pitoresca Micanopy, com uma única rua, na verdade um charmoso bulevard histórico. Todas as construções são antigas, mas muito bem preservadas. Vale um passeio à tarde.

      Roteiro Flórida: Parece que Micanopy parou no tempo, né?

      Roteiro Flórida: Parece que Micanopy parou no tempo, né?

      Além disso, as noites em Gainesville se dividem entre ver o por do sol em Payne Park e acompanhar a revoada dos morcegos, que ficam em “casas” no campus da universidade.

      Lá fica a maior colônia de morcegos das Américas.

      Não pense em perder nenhuma delas.

      Férias na Flórida: são mais de 250 mil morcegos nessa revoada em Gainesville!

      Férias na Flórida: são mais de 250 mil morcegos nessa revoada em Gainesville!

      O que fazer ma Flórida: pôr-do-sol em Payne Park, Gainesville.

      O que fazer ma Flórida: pôr-do-sol em Payne Park, Gainesville.

      Para comer, indicamos para almoço o Blue Highway, que fica no caminho de Micanopy. Outro restaurante ótimo, agora em Gainesville, é o Satchel’s Pizza, de culinária americana. Já no jantar, The Top, muito badalado (a reserva é bem vinda).

      Onde ficar em Gainesville:

      Gainesville é uma cidade histórica e justamente por isso o bacana é ficar em pousadas no estilo B&B. Nossa hospedagem foi no Sweetwater Branch Inn e adoramos. A propriedade é uma graça, com piscina, chalés, bicicletas disponíveis para os hóspedes e um excelente café da manhã.

      Além dele, indicamos também o Magnolia.

      Cidades para visitar na Flórida: Crystal River

      Próxima é Crystal River, o único lugar onde nadar com peixes-boi é permitido. Sublinho aqui que eles vivem livres num emaranhado de rios e nascentes (nós não vamos em locais com animais presos), e que é preciso respeitar as regras de preservação e não tocar nos animais.

      Essa experiência foi uma das mais linda que já tivemos e não foi por menos. O habitat natural é preservado e o controle das autoridades é feito para que os animais circulem livremente e sem intervenção humana.

      Roteiro Flórida: peixes-boi nas nascentes em Crystal River.

      Roteiro Flórida: peixes-boi nas nascentes em Crystal River.

      A atividade é assim: você sai em barcos para os pontos onde é permitido mergulhar com os manares, e há sempre um instrutor acompanhando os grupos. O nosso passeio foi direto com o hotel e custou US$99 por pessoa no semiprivado (que leva até 6 pessoas). Saímos antes das 7h da Kings Bay e retornamos as 10h. Você pode ir descansar um pouco e seguir para o centrinho na parte da tarde.

      O que fazer na Flórida: mergulhas com os incríveis manatees.

      O que fazer na Flórida: mergulhas com os incríveis manatees.

      O nosso passeio foi direto com o hotel e custou US$99 por pessoa no semiprivado (que leva até 6 pessoas). Saímos antes das 7h da Kings Bay e retornamos as 10h. Você pode ir descansar um pouco e seguir para o centrinho na parte da tarde.

      Roteiro Flórida: área da nascente de Three Sisters Springs, em Crystal River.

      Roteiro Flórida: área da nascente de Three Sisters Springs, em Crystal River.

      Além dos passeios, é possível nadar com eles na Three Sisters Springs,, que é uma nascente pública.

      Estima-se que há cerca de 3 a 4 mil manares em Crystal River, número que aumenta durante a migração. Isso porque, como a temperatura da água em Crystal River é sempre a mesma, entre 20 e 22 graus,  ela atrai os animais que fogem do inverno do Golfo do México

      Flórida dicas: centrinho de Crystal River.

      Flórida dicas: centrinho de Crystal River.

      Mais da charmosa cidade de Crystal River, na Flórida.

      Mais da charmosa cidade de Crystal River, na Flórida.

      Na parte da tarde ou noite, deixa para caminha pelo charmoso centrinho de Heritage Village, quem tem lojas e restaurantes fofos. Para almoço, indicamos o Highlander Cafe e o Amy’s on the Avenue. Já no jantar, vá ao Seafood Seller & Cafe, em King’s Bay.

      Roteiro Flórida: nossa passeio de Airboat do Captain Tim Baxter.

      Roteiro Flórida: nossa passeio de Airboat do Captain Tim Baxter.

      Paisagens do passeio de ariboat em Crystal River.

      Paisagens do passeio de ariboat em Crystal River.

      O que fazer na Flórida: vimos golfinhos no Golfo do México, em Crystal River.

      O que fazer na Flórida: vimos golfinhos no Golfo do México, em Crystal River.

      Outra atividade muito bacana é o fazer o Airboat do Captain Tim Baxter (Gypse Sea Adventure), que passar pelo Golfo do México. O barco é grande, com hélices maiores ainda, que atinge 100 km/h. O melhor de tudo é que há a chance de ver golfinhos no mar.

      Onde se hospedar em Crystal River:

      Crystal River é uma cidade com pouca estrutura, por isso não espere hotéis de luxo e nem muitas opções de hospedagem. O nosso hotel foi pelo Plantation on Crystal River, em King’s Bay, que tem sua própria agência de passeios e fica pertíssimo das nascentes

      Outra indicação é o Best Western Crystal River Resort, que mantém o mesmo padrão do nosso e igualmente bem localizado.

      Seguro Viagem nos EUA:

      Para entrar nos EUA não é necessário fazer a contratação de seguro viagem, mas nós sempre recomendamos ter um em mãos, pois imprevistos acontecem e os gastos, principalmente médicos, são uma fortuna na terra do Tio Sam. Nós optamos pelo seguro da GTA Assist, que é muito bem colocada no mercado e tem uma ótima cobertura.

      Mas se quiser compara mais preços, uso o site Seguros Promo, que mostra a relação dos melhores pacotes e custo beneficio para a sua viagem.

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado.