8 passeios fora de roteiro para fazer no RJ depois da pandemia

8 passeios fora de roteiro para fazer no RJ depois da pandemia
8 passeios fora de roteiro para fazer no RJ depois da pandemia

Para a maioria das pessoas que nunca tiveram a oportunidade de visitar o Rio de Janeiro, quando se pensa nessa cidade algumas imagens logo vem à cabeça: o passeio de teleférico, a praia de Copacabana, a escadaria da Lapa e outros pontos turísticos são amplamente conhecidos em qualquer parte do mundo.

Mas o Rio tem mais a oferecer. Na lista abaixo, separamos para você um roteiro inesquecível por pontos igualmente interessantes mas pouco conhecidos tanto para turistas de primeira viagem quanto para aqueles que já vieram ao Rio.

Sobre onde ficar, listo abaixo alguns hoteis:

Na  Barra da Tijuca, recomendo se hospedar no chamada Jardim Oceânico. Nessa parte as ruas são menores, dá pra andar a pé, e tem a Rua Olegário Maciel, que concentra  vários barzinhos legais.

No comecinho da Barra, tem o Windsor Oceânico , o Praia Linda (no Pepê) e, duas opções de hostels simpáticos são a Hostel Pousada Barra da Tijuca e a Casa do Mundo.

Leblon e Ipanema são os lugar mais simpáticos pra ficar na Zona Sul. De noite tem sempre um buxixo pelas ruas, e é o bairro onde tudo acontece. O hotel Janeiro, na orla, é um dos mais novos e mais charmosos do bairro.  Em Ipanema, tem o Praia Ipanema, com uma vista lindíssima. Já o B&B Copacabana, no Arpoador, é uma opção mais econômica e mesmo assim bacaninha.

onde ficar no Rio de Janeiro: a vista do Praia Ipanema

 

  1. Mirante Dona Marta

Com uma vista deslumbrante e bem posicionada, o Mirante Dona Marta permite aos seus visitantes o registro fotográfico de imagens extraordinárias dos lugares mais famosos do Rio de Janeiro – e sem cobrar nada por isso ou te colocar em um passeio cansativo como a subida ao Cristo Redentor

Endereço: Estr. Mirante Dona Marta, S/N – Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ

  1. Pedra do Sal

E por falar em roda de samba, não deixe de visitar a que acontece no Morro da Conceição! Cercada de história, a região é considerada o berço do samba carioca e também abriga o Museu do Amanhã. A roda ocorre toda noite de segunda-feira e é gratuita – você só paga o que consumir!

  1. Bar do David

O bairro Leme fica bem ao lado de Copacabana, então o acesso é bem tranquilo e facilitado ao turista. É lá que fica uma das relíquias da cidade, o Bar do Davi e sua aclamada feijoada de frutos do mar. Além da refeição, reserve um espaço para descobrir a caipirinha preparada ali – vista por alguns como a melhor da cidade.

Endereço: Chapéu Mangueira – Ladeira Ary Barroso, loja 03 – Leme, Rio de Janeiro – RJ, 22010-060

  1. Feira do Rio Antigo

Uma grande oportunidade para conhecer a região do Rio Antigo, mais precisamente a boêmia Lapa, a Feira do Rio Antigo (Ou Feira do Lavradio) acontece todo primeiro sábado de cada mês e traz uma infinidade de barracas de artesanatos e antiguidades, roda de samba e, claro, a boa e velha feijoada com caipirinha.

Endereço: R. do Lavradio – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20230-070

  1. Bar Comuna

Pra quem é de São Paulo e sabe bem o que é um passeio alternativo devido à familiaridade com a região da Rua Augusta, o Bar Comuna, em Botafogo, vai fazer você se sentir em casa. Além da boa comida e bebida, o espaço oferece mostras, exposições e ótima música!

Endereço: R. Sorocaba, 585 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ, 22271-110

 

  1. Real Gabinete Português

Para quem é fã da nossa literatura, o Real Gabinete Português é parada obrigatória. Fundada em 1837, a biblioteca traz o maior acervo de livros em português fora de Portugal e recebia visitantes ilustres da nossa história literária, como Machado de Assis. Durante o passeio, você pode se acomodar confortavelmente em algum dos espaços de leitura e abrir seu livro ou simplesmente se deslumbrar com a arquitetura do local.

Endereço: R. Luís de Camões, 30 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20051-020

 

  1. Instituto Moreira Salles

Pensado e desenvolvido por Walther Moreira Salles, um dos mais famosos banqueiros brasileiros, o Instituto que leva seu sobrenome apresenta arquitetura modernista, ícone dos anos 50 e oferece o mais completo acervo fotográfico do país. Além disso, são desenvolvidos ali projetos de artes plásticas, música, literatura e cinema.

 

Endereço: R. Marquês de São Vicente, 476 – Gávea, Rio de Janeiro – RJ, 22451-040

 

  1. Sítio Burle Marx

 

Perfeito para quem gosta de ficar em sintonia com o meio ambiente e se interessa pela riquíssima flora que o nosso país oferece, o Sítio Burle Marx conta com 807 mil m² e traz um dos mais relevantes acervos botânicos do mundo. Além disso, vale a pena completar sua experiência com o passeio guiado que conta a história do paisagista Roberto Burle Marx.

 

Endereço: Estr. Roberto Burle Marx, 2019 – Barra Guaratiba, Rio de Janeiro – RJ, 23020-255

 

Conclusão

Aproveite esse momento de isolamento social para fazer seu roteiro pelo Rio com tranquilidade e, quando tudo isso acabar, não deixe de visitar algumas dessas atrações alternativas e descobrir segredos que a cidade tem a oferecer! E se um dia quiser ficar de vez, vale consultar no Loft apartamento a venda rio de janeiro.

 

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.