Dicas de Púcon: o que fazer com crianças

Vai pro Chile e quer a dica de um destino absolutamente incrível?

Púcon é uma cidadezinha típica de  pé de montanha, pequena e acolhedora. Não tem como não gostar. Me lembrou muito Calafate, sem o imenso Glaciar Perito Moreno, mas com a  paisagem igualmente incrível e imponente dos vulcões e da natureza selvagem da chamada região das Araucanías. Aos pés do ainda ativo Villarica, Púcon  tem lagos, trekking no gelo, rafting, canoagem, canyoning, cavalgadas. Ok, ok. Prefere um mood mais off e calmo? Púcon também tem:  boa comida, chocolates, contemplação, tardes em ofurôs e spas.

E isso tudo não muito distante de Santiago:  Púcon está a 1h de avião com voo direto ou 5h30m de carro.

rues-de-pucon-au-chili

decouverte-de-pucon-et-du-volcan-villarica

alerta-volcanica-1

alerta-volcanica-3 rues-fleuries-a-pucon

O verão em Púcon é uma delícia, e ideal para praticar esportes náuticos como windsurfe, canoagem e kitesurfe. Nessa época, os lagos e rios se convertem em balneários, com gente pegando sol nas “playas” de areia que se formam pelo lado (a Playa Grande é a mais disputada). Quando o inverno chega, a atração principal é a estação de esqui que atrai praticantes de todo o mundo. Pode não ser o complexo com mais estrutura que você terá ido, mas descer as encostas de um vulcão fumegante é uma onda e tanto, e isso vale mais que tudo.

pucon trekking vulcao villarica

Nós fomos em outubro, numa semana de feriado emendado e depois de passar por Torres del Paine e Chloé, e encontramos uma Púcon animada na medida certa. Ficamos no Hotel Vira Vira (clique aqui e leia o review sobre o hotel), que é realmente incrível, e tem um grupo de guias super experientes que nos levou para fazer passeios e atividades.

pucon vira vira IMGM5130

 

RAFTING!

As águas agitadas e cristalinas o rio Trancura são sensacionais para fazer um rafting, tenha você experiência ou não, esteja você com crianças ou não. Há vários níveis de dificuldade, com descidas em corredeiras mais ou menos radicais. Nosso rafting  começou com uma mini aula, e em seguida fomos para o rio. Foi nosso primeiro rafting, divertidíssimo, e seguro!!! O guia do barco conhecia super bem o trajeto, um outro guia acompanhou com um caiaque, além de todos os equipamentos de primeira linha. Ao final, uma mesa com biscoitos, chocolate e bebidas quentes no esperada.
rafting pucon rio trancura

rafting pucon rio trancura rafting pucon rio trancura rafting pucon rio trancura rafting pucon rio trancura

 

FLUTUAÇÃO
Para os que não podem ou não querem o rafting, há uma opção (indicada para quem viaja com crianças menores ou idosos) que á de descer o rio Licura de canoa. Esse rio é liso e calmo, e tem uma paisagem linda no entorno.
TREKKING NO VULCÃÃÃO
Fazer trekking no gelo, já é, em si, uma atividade e tanto. Agora o que dizer se além do gelo, a caminhada for num vulcão ativo? A sensação é máxima! Obviamente, o vulcão é monitorado e esse tipo de atividade só é feita quando não há nenhuma risco de erupção.
Em Púcon, esse trekking é feito no Vulcão Villarrica. Seu cume está a cerca de 2800m de altitude e a  neve permanece na parte alta do vulcão durante todo o ano. Você pode escolher fazer toda até a cratera, ou optar por desbravar rotas mais leves, que foi o nosso caso.
Fizemos um tour exclusivo que o Vira Vira montou, onde o guia nos acompanhou até onde achamos viável. Essa é uma das vantagens de estar nesse hotel: sempre que possível, os tours são personalizados. E isso foi muito encorajador, porque fazer esse tour com mais gente e não ter como voltar na hora em que estivéssemos cansados seria impossível com a Juju.

Caminhamos cerca de 40 minutos por bosques no meio do gelo e áreas mais abertas , e terminamos num platô com vista pro topo do vulcão, onde o guia montou um picnic. Na volta, escorregamos de trenó pelo gelo. Impagável!!

IMGM5221

IMGM5483 IMGM5496IMGM5386 IMGM5242IMGM5672

chile pucon vulcao villarica

IMGM5757

DCIM100GOPROG0213849.IMGM5786

CACHOEIRAS

A Ojos del Caburgua é um conjunto de quedas d’águas azuladas a cerca de 20km de Pucón. Além das cachoeiras, o complexo conta ainda com a Laguna Azul. Só que o lugar é apenas para contemplar: o banho não é permitido.

Se quiser um mergulho, tem o salto El Claro, que fica dentro de uma propriedade privada, mas que pode ser visitado. É uma queda d´água poderosa com 80 metros de altura,  numa clareira na mata e tem uma água super gelada. Dá pra chegar de carro, bicicleta ou caminhando (cerca de 5km a partir da estrada principal).  Olha que linda!

Ojos Del Caburgua 100_4337

EFEITO GULA

Não saia de Púcon sem comer as empanadas do Marmohni. Localizada no primeiro piso de uma casa, vende empanadas inesquecíveis! Fica na Calle Equador 175.  Outro bem tradicional é o Trawen (O´Higgins 311).

empanadas

CULTURA MAPUCHE

Isso é muito legal. Há vários passeios de inserção na cultura Mapuche, os índios que originalmente ocuparam essa região de Araucanía. Desde aulas de gastronomia a dias inteiros com eles, onde a gente tem a experiência

PRA RELAXAR

Sem dúvida, o melhor dos mundos era voltar de todas essas atividades e relaxar na hidro quentinha na varanda do  nosso quarto no Vira Vira.

35-Senior-Suites-Terrace

 

INFOS ÚTEIS:

 

    •  Pesos Chilenos
    •  800-360-220 (Entel) ou 800-800-272 (Telefônica)
    •  Não é necessário
    •  Para entrar no Chile, nenhuma vacina é obrigatória

 

 

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.