O que fazer em Buenos Aires: 22 dicas incríveis

Separamos aqui 20 dicas de Buenos Aires para quem vai viajar para a capital argentina. O destino e perfeito para quem quer viajar para um destino internacional barato, com jeito europeu, mas onde o dólar e o euro não pesem no bolso. Dividimos o post em passeios culturais, históricos, gastronômicos e lugares imperdíveis.

Sobre dica de chip de internet em Buenos Aires, uso sempre chip de internet internacional da Easysim4u. Além de pegar super bem, acho super prático: a gente compra pela web, e ele é entregue pelo correio já configurado. Aí é só colocar no celular e usar.

dicas de Buenos Aires: Parque del Rosedal

dicas de Buenos Aires: Parque del Rosedal

Dicas de passeios em Buenos Aires: Paseo del Rosedal

Localizado no Parque Tres de Febrero, em Palermo, o Paseo del Rosedal é um espaço colorido que conta com mais de 18.000 rosas, e um lago com pedalinhos. O caminho se estende por um calmo jardim e possui também um pátio andaluz, repleto de azulejos coloridos importados de Sevilha. O acesso ao jardim é gratuito e os visitantes podem explorar o local todos os dias entre abril e outubro, das 9h às 18h. De novembro a março, o jardim está aberto das 8:00 às 20:00.

Jardim Japonês

Outro jardim encantador para visitar em Buenos Aires. O lugar representa um parque típico japonês, então não poderiam faltar os característicos lagos e cachoeiras com pontes coloridas decorando por todo lugar. Existe um restaurante e uma casa de chá operando no espaço do jardim, um verdadeiro passeio completo. É um passeio para família toda, mas os pequenos em especial irão adorar alimentar os peixes do lago. O ingresso para o Jardim Japonês custa R$11.

O Jardim Japonês de Buenos Aires

O Jardim Japonês de Buenos Aires

Dicas de Buenos Aires: Cemitério da Recoleta

Pode parecer estranho visitar um cemitério, mas  o cemitério da Recoleta está mais uma galeria de arte do que um espaço fúnebre. Os mausoléus são ornamentados com as mais impressionantes estátuas, quase todas das famílias ricas e influentes de Buenos Aires, mas a fama é devido ao túmulo da Dama Eva Perón, figura política de grande admiração por parte dos locais.

O que fazer em Buenos Aires: cemitério Recoleta

O que fazer em Buenos Aires: cemitério Recoleta

Museo de los Niños

Se a viagem é em família, então não pode faltar uma parada no Museo de los Nikosum lugar de diversas  interativo composto por salas onde as crianças exploram uma miniatura de Buenos Aires. As brincadeiras exploram profissões como médico, carteiro, mecânico e até repórter de TV. O complexo fica no Abasto Shopping Center, acessível pela Avenida Corrientes.

Buenos Aires com crianças: Museo de los Niños

Buenos Aires com crianças: Museo de los Niños

El Zanjón de Granados

El Zanjón, em San Telmo, é um complexo histórico que conta um pouco da história e colonização de Buenos Aires. Do lado de fora o prédio parece uma imensa mansão luxuosa, mas sob a estrutura você terá ao passado da cidade, enquanto atravessa labirintos e tuneis subterrâneos das antigas colônias espanholas. Partes das paredes e pisos foram preservados e há exposição de artefatos antigos encontrados no local. A entrada com visita guiada custa R$45.

El Caminito

Você já deve ter ouvido nesse lugar. É uma das atrações mais conhecidas de Buenos Aires, e não é por menos. As ruas de paralelepípedos rodeadas por casas coloridas e galerias descoladas de arte é um dos pontos mais cool da cidade, que recebem artistas de todo o país para expor seus trabalhos e ainda são repletas de restaurantes típicos e cafeterias charmosas. O melhor horário para ir ao El Caminito é entre 12h e 16h.

Boca Juniors

Pertinho do Caminito está também o estádio do maior time da Argentina, o Boca Juniors. Ele abre diariamente para que os amantes do futebol possam conhecer a história do clube e ainda chegar perto do gramado, que ainda recebe jogos durante o ano. Os ingressos podem ser comprados diretamente na bilheteria do estádio, que abre às 10 horas da manhã.

San Telmo: feira de antiguidades em Buenos Aires

Está entre os bairros mais antigos de Buenos Aires, e tem as suas inúmeras lojas de antiguidade como principal atrativo. Cada esquina esconde uma loja, com diferentes artigos e preços baixíssimos. Aos domingos o bairro ainda recebe a feira de rua, reunindo mais de 270 barracas em 13 quarteirões, e muitos artistas de rua. É uma delícia: recomendo muito vir.

Teatro Colón: melhores atrações em Buenos Aires

O Teatro Colón é uma das casas de apresentações mais famosas do mundo e mais antigas da América Latina. Sua inauguração foi em 1857, passando por restaurações em 1905. Dá para visitar os sete andares do local com visitas guiadas (ingressos R$50), que começam a cada 15 minutos, ou assistindo alguns dos shows de ópera, ballet ou de orquestras que acontecem a noite.

O teatro Colón, em Buenos Aires

O teatro Colón, em Buenos Aires

Onde ver show de Tango em Buenos Aires

Se você procurar por shows de tango em Buenos Aires, o primeiro lugar que aparecerá na lista é o Café Tortoni. Sim, as apresentação do local são ótimas, mas não é o único da cidade. Duas opções que valem a pena conhecer são:

  • o tradicional Tango Porteño, que encena a dança como um espetáculo da Broadway
  • e o Madero Tango, quem além da dança tem vista especial de Puerto Madero.

Museu de Arte Latino Americana: o Malba

O MALBA (ingressos R$14) fica em um edifício moderno, localizado no bairro de Palermo, que abriga coleções históricas e contemporâneas de arte de artistas latino-americanos, incluindo a famosa Frida Kahlo. Confira obras políticas e sociais, bem como as seções de surrealismo, pop art e exposições itinerantes.

Melhores bairros de Buenos Aires: Palermo Soho

Palermo Soho é um bairro dos nossos bairros preferidos em Buenos Aires, junto com a Recoleta. É descolado e merece algumas horas de caminhada. Aliás, vale de hospedar por aqui. Além das ruas arborizadas e pequenas praças, há inúmeras lojas de marcas locais, galerias de arte, e cafeterias. Aos finais de semana também acontecem as feiras de Plaza Serrano e Artesanal de Palermo Viejo.

Melhores bairros de Santiago: Palermo Soho

Melhores bairros de Santiago: Palermo Soho

Graffitimundo

O Graffitimundo não é um museu, mas sim um tour por todos as paredes grafitadas de Buenos Aires. O objetivo do passeio, que dura em média 3 horas, é mostrar a evolução da cidade através dessa arte, reunindo artistas do mundo inteiro e ainda conhecendo lugares não tão turísticos. A contratação do tour é feita diretamente pelo site, custando $20 dólares por pessoa.

O que fazer em Buenos Aires: programas diferentes. Faça um tour e um workshop de grafite

O que fazer em Buenos Aires: programas diferentes. Faça um tour e um workshop de grafite

El Ateneo Grand Splendid

A livraria El Ateneo Grand Splendid abriu como um teatro em 1919 e mais tarde foi convertida em um cinema, que apresentava os primeiros filmes sonoros da Argentina. Hoje, os afrescos no teto e os assentos das varandas ainda estão intactos, assim como o palco, que abriga um pequeno café para os visitantes.

Dicas de Buenos Aires: El Ateneo

Recoleta

É o bairro que dá o título de “Paris da América Latina” a Buenos Aires. A arquitetura clássica francesa, as boutiques, os hotéis luxuosos e as ruas de paralelepípedos explicam essa influência européia. Andar sem rumo é a melhor pedida para o bairro, explorando cafeterias, como a La Biela, a mais antiga da cidade, e as lojas locais.

Dicas gastronômicas em Buenos Aires: Doce de Leite

O doce de leite argentino está entre os mais gostosos do mundo (perdendo só para o uruguaio), e não pode ficar de fora da lista de delicias para comer em Buenos Aires. Dá para experimentá-lo em tortas, sorvetes doces variados e até puro. Recomendamos:

  • A torta rogel, mil folhas de merengue e doce de leite da padaria Como en Casa na Recoleta
  • E os alfajores do Nucha, ambas na Recoleta.

Onde comer as melhores empanadas de Buenos Aires

Outra delícia tradicional argentina. A massa, apesar de ser simples, mistura a crocância das bordas com a maciez dos recheios, quem podem ser dos mais variados. O de carne é a mais comum delas, mais ainda sim encontra-se vegetarianas, com queijos e até de frutas.

As melhores da cidade são as do Guërrin, com massa frita, e as do La Fachada,  com versão também abertas, lembrando esfirras.

Asado ou”Churrasco” Argentino

Pense no asado como o churrasco brasileiro, não dá para voltar de Buenos Aires sem comer. Os cortes mais comum são o bife de chorizo, bife ancho, conhecidos mundialmente. Aproveite para beber um vinho argentino e comer papas fritas (as batatas fritas infladas). Recomendamos três lugares com boa comida e bons preços, Don Julio, La Cabrera e Cabana Las Lilas.

Medialuna

A medialuna é uma espécie de croissant, só que menos folheada e mais macia. Ela é muito encontrada nos café da manhã dos hotéis, mas algumas padarias fazem versões mais saborosas e diferenciadas. Existe dois tipos, as medialunas de manteca, que geralmente são doces, e as medialunas de grasa, mais crocantes e geralmente salgadas.

Dois lugares que têm as melhores da cidade:

Choripán argentino

É o clássico pão com linguiça. Pode parecer simples, mas o saber é totalmente diferenciado, e não há ninguém que releve o segredo da iguaria. É a pedida para lanches rápidos entre um passeio e outro, ou até mesmo como um jantar leve no final do dia. Você vai encontrá-lo em todas as parte de Buenos Aires, sempre com preço amigos. Os melhores são os do Chori e do La Cabrera, em Palermo.

Choripan argetino

Onde comer o choripan argentino

Melhores restaurantes de Buenos Aires

Olsen (Rua Gorriti 5870) é imperdível. Além de comida deliciosa,  ainda tem um super jardim. Outro muito bom é o Casa Mua, um tudo-ao-mesmo-tempo: lojinha, padaria, casa de chá egaleria.

Melhores restaurantes de Buenos Aires: o Olsen, em Palermo

Melhores restaurantes de Buenos Aires: o Olsen, em Palermo

Compras em Buenos Aires

Buenos Aires também tem um roteiro de compras bem bacana. Fiz aqui um listinha:

  • Papelaria: Gosto da Origamiteca,  uma loja com mil papéis e  objetos feitos de dobraduras. Na Malabia 2069.
  • Decoração: Se você gosta de objetos retrôs também na decoração, vai mar a Bartolomea. Na J.F Segui 3720.
  • Suba pelas paredes – Essa é pra quem gosta de estampar paredes. A Picnic tem papéis de parede gráficos e tecidos lindíssimos! Sou louca por essa loja. Na Nicaragua 6080
roteiro compras em Buenos Aires

roteiro compras em Buenos Aires: a loja da PicNic

Onde ficar em Buenos Aires:

Os bairros que mais gostamos de ficar em Buenos Aires são Soho/Palermo e Recoleta. Em ambos os bairros as ruas são tranquilas, cheias de lojinhas e café charmosos o melhor, têm estações de metrô e pontos de ônibus, facilitando a locomoção pela cidade e pontos turísticos.

Nosso preferido é o Nuss Buenos Aires Soho, um hotel boutique super charmoso e descolado no bairro Soho. Os quartos são decorados no estilo espanhol, com banheiros amplos e alguns com varanda privativa. O café da manhã é incluído nas diárias e tem wi-fi gratuito em todos os cômodos.

Outro hotel ótimo no bairro de Palermo é o Palermo Soho Loft, que fica em um prédio clássico no estilo francês, mas com o interior moderno e equipado. Os quartos possuem varanda, cama queen, frigobar e, em algumas unidades aquecimento e música ambiente. O Wi-fi e café da manhã são serviços gratuitos.

O último de Palermo é o 1555 Malabia House Hotel, bem próximo de uma área com muitos restaurantes e lojas. Os quartos são amplos, com vista para a rua ou para o jardim da propriedade, equipados com frigobar, televisão, camas grandes e wi-fi gratuito. Há serviço de translado para o aeroporto mediante solicitação.

Se preferir uma experiência de luxo, escolha o Palacio Duhau, da rede Park Hyatt, que fica na Recoleta. A propriedade foi inspirada nos casarios franceses, com decoração clássica, salas de leitura e um extenso jardim para tomar café ou relaxar. Todos os quartos oferecem vista panorâmica, são equipados com frigobar, controle de temperatura e wi-fi.

A última recomendação é o Alvear Palace Hotel, também na Recoleta. Há opções de quartos clássicos, com decoração vitoriana, ou opções mais modernas, com móveis de metal. Independente da escolha, os espaços são amplos, com amenidades no banheiro, serviço de quarto e wi-fi gratuito. No terraço há piscina externa e bar.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.