Como largar tudo e viver viajando

      Tailandia: vivendo de viajar

      Cansados do dia-a-dia do trabalho, decidimos largar tudo para nos jogar pel mundo atrás de experiências incríveis. Foi uma decisão difiícil, que demandou coragem e desapego, e que é o sonho de muita gente. Mas como realizar, quais as dificuldades, e como se manter viajando? A gente te conta nesse post!

      Largar o emprego e viver viajando

      Eu sou jornalista, e trabalhava num dos maiores jornais do país. A rotina? Plantões nos feriados, fins de semana, Natal, Ano Novo, Carnaval, cobrindo tiroteio, presídio, milícia. Até que um dia, veio a conta.

      Comecei a sentir uma enxaqueca constante. Nenhum tratamento resolvia. Às dores de cabeça, somou-se um princípio de depressão. E, então, no meio disso tudo, meu pai faleceu. Então olhei à minha volta e percebi a urgência da vida, e percebi que o fundamental era ser feliz. Pedi demissão, peguei meu FGTS e, junto com meu marido, Rico Sombra, e decidimos transformar.

      A família quando viajou pelo Sudeste Asiático

      Menos consumo: uma mudança de atitude profunda

      Primeiro, passamos a consumir menos, vendemos nosso carro, e  junto com a Juju, resolvemos nos jogar no mundo. A ideia era ampliar a mente, conhecendo novas culturas e se relacionando mais com a natureza e com o planeta.

      Aqui, abro um paretênses para falar sobre consumo. Deixar de consumir hoje não é apenas uma escolha de onde colocar a nossa grana: se nas viagens, mensalidade da escola e plano de saúde, ou se em dezenas de roupas de US$5 que vão parar no fundo do armário depois de serem usadas 1 vez.

      O Fast Fashion é movido pelo trabalho escravo – ou em condições análogas. Além disso, a indústria fashion é a segunda que mais polui no planeta, ficando atrás apenas da do petróleo. Genes modificados, agrotóxicos, doenças, lixo. É monstruoso.

      Então, trabalhamos como loucos e torramos nossa grana em sessões de análise e na falsa felicidade desse poder de compra que joga o resto do mundo na sarjeta? Ou cuidamos mais ou dos outros?  Qual a sua resposta?

      A nossa foi resposta foi a segunda. E hoje, juntos, já conhecemos cerca de 50 países. Na conta, estão lugares como Torres de Paine…

      … Grécia…

      … ou África:

       Mas como viver de blog e de viagens?

      Trabalho. Para nós, viagem é um prazer enorme e uma busca de autoconhecimento, mas também é trabalho. E muito trabalho: passo pelo menos 8 horas do dia em frente ao computador escrevendo, quando não estou viajando.

      Nas viagens, estamos todo o tempo gerando conteúdo para nosso instagram, blog, youtube (assinem o canal!) e programa na tevê. Às vezes, falta grana. Às vezes é tão cansativo que brigamos. Nem tudo é mil maravilhas todo o tempo, mas isso é a vida, e vale muito à pena.

      E a cada clique no nosso blog, a cada acesso direcionado para parceiros, nós monetizamos.  Para isso, ser verdadeiro é fundamenta: falar a verdade, e indicar o que realmente é bom, e apontar onde não ir e o que não fazer.

      Como conseguir isso tudo?

      Acreditar que é possível e ter coragem são os primeiros pontos. No entranto, é preciso planejamento e muito trabalho. É como uma carreira, uma profissão qualquer: você precisa estudar as estratégias, se dedicar, e trabalhar muito. A gente investe em fotografia, em escrita para blog, em equipamentos.  Então e minha dica é essa: fé na ideia, e muito trabalho.

      E aí, se inspiraram? <3

      2 Comments

      • Alex Sava disse:

        Vocês são fonte de inspiração, não apenas pelas viagens e dicas incríveis… talvez, e muito mais, pelo estilo de vida consciente, ético e de amor pela vida.
        Parabéns pelas matérias, fotos incríveis e textos deliciosamente bem escritos!!
        Nós adoramos vocês… sigam em frente, que uma legião de leitores os seguirão também.

        • admin disse:

          Puxa, Alex!! Que bom mesmo escutar isso! E obrigada por estar aqui. Estamos todos juntos nessa caminhada por um mundo melhor!

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado.